Início Site

Cadela corre por quilômetros atrás de van que levava os seus filhotes para abrigo

Os socorristas tentaram resgatar a mãe, mas ela não aceitou que eles se aproximassem, e mesmo assim, ela não pôde abandonar os seus filhotes e resolveu segui-los até o destino final.

O amor de uma mãe pelos seus filhos, é um dos sentimentos mais fortes e verdadeiros que existe. Mãe de cinco filhotes, a cadela Hinsoona vivia sem recursos em um canteiro de obras e em um local onde é comum o consumo da carne de cachorros, na Ilha de Jeju, na Coréia do Norte.

Dois professores americanos John e Karlee souberam do caso e que foram até o local para resgatá-los, mas chegando lá, só encontraram os filhotes, que foram resgatados. Eles voltaram no outro dia para buscar a mãe, mas ela se mostrou brava com a aproximação e não deixou que eles chegassem perto. A tentativa de resgate durou cerca de uma semana, com guloseimas e tentativas de carinho, mas nada disso atraiu Hinsoona.

A solução encontrada pelos voluntários de atrair a atenção da mãe canina, foi colocar a gaiola com os filhotes no trailer de uma van para levá-los ao abrigo, localizado a vários quilômetros de distância.

Eles estavam certos, ao ver que os filhotes estavam sendo levados por eles, a cadela começou a correr atrás da van durante todo o trajeto. Um carro que estava logo atrás filmou todo o percurso e que demonstrou a insistência da cadela em não perder de vista os seus filhotes.

Após a viagem, todos chegaram seguros no abrigo e em seguida foram transportados para Nova York, onde não demorou para que todos os filhotes fossem adotados.

Já Hinsoona, passou por uma verdadeira transformação no abrigo, como os voluntários dizem: “Nós a reabilitamos há várias semanas e foi uma experiência incrível assistir Hinsoona florescer: ela cresceu de um cão feroz para uma companheira que quer deleites, atenção e carinho! Podemos imaginá-la com uma família que se comprometerá a continuar com o treinamento de reabilitação necessário e valorizará sua companhia para sempre.”

Temos certeza que isso não irá demorar para acontecer, afinal, ela é uma cadela realmente especial e merece receber todo o amor que ela já demonstrou que é capaz de dar.

Acompanhe a trajetória dessa guerreira e os seus filhotes:

Sorocaba registra mais 148 recuperados da covid-19 em apenas 24 horas

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), registrou mais 134 novos casos da Covid-19 nesta quarta-feira (27). Com isso, a cidade chegou ao total de 828 casos.

Deste total, 31 estão internados (14 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação passou de 608 para 756. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 41.

A cidade também passou de 150 para 122 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados.

Entre todos os suspeitos, 47 estão internados em hospitais da cidade, sendo 16 em UTI. Os óbitos em investigação aumentaram para cinco.

O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.635.

Em apenas 24h, Sorocaba registra 134 novos casos do novo coronavírus

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), registrou mais 134 novos casos da Covid-19 nesta quarta-feira (27). Com isso, a cidade chegou ao total de 828 casos.

Deste total, 31 estão internados (14 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação passou de 608 para 756. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 41.

A cidade também passou de 150 para 122 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados.

Entre todos os suspeitos, 47 estão internados em hospitais da cidade, sendo 16 em UTI. Os óbitos em investigação aumentaram para cinco. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.635.

Comércios e shoppings já poderão reabrir a partir de segunda (01) em Sorocaba

A Prefeita de Sorocaba Jaqueline Coutinho, disse durante coletiva, que seguirá o plano de reabertura das atividades econômicas do estado de SP, onde Sorocaba, se encaixa na fase 2, deste plano, onde comércios de rua e shoppings poderão reabrir já a partir do dia 01 de junho, porém com algumas restições e precauções.

O Governo Estadial permitiu para as cidades que estão na fase 2, a reabertura de 20% da capacidade de shoppings, lojas de rua, concessionárias, escritórios em geral e atividades imobiliárias.

Porém, Jaqueline vai propôr no dia ao governo que encaixe Sorocaba na fase 3, onde mais flexibilizações de forma responsáveis estão disponíveis para mais atividades (veja abaixo). Esse pedido deve ocorrer já no dia 28. Caso o governo negue Sorocaba na fase 3, a prefeitura seguirá na fase 2. Confira a coletiva de imprensa da Prefeita Jaqueline Coutinho:


Veja como funciona o plano de reabertura estadual:

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou hoje que estenderá até o próximo dia 15 de junho a quarentena no estado como medida de combate ao novo coronavírus. A partir da próxima segunda-feira (1º), porém, disse o governador, haverá uma flexibilização do isolamento social, com a retomada de atividades econômicas em fases escalonadas.

A nova fase recebeu o nome de “Retomada Consciente”. Apesar de anunciar o retorno das atividades em algumas áreas, Doria afirmou que a medida será avaliada diariamente e que pode a retomar atitudes.

A primeira fase é de “alerta máximo”, a segunda é de “controle”, a terceira é de “flexibilização”, a quarta é de “abertura parcial” e a quinta recebe o nome de “normal controlado”.

O que pode funcionar em cada fase?

Fase 1
Construção Civil
Indústria não essencial

Fase 2
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias (aberto com restrições)
Concessionárias (aberto com restrições)
Escritórios (aberto com restrições)
Shopping Center (aberto com restrições)
Comércio (aberto com restrições)

Fase 3
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias
Concessionárias
Escritórios
Shopping Center (aberto com restrições)
Salão de beleza (aberto com restrições)
Bares, restaurantes e similares (aberto com restrições)
Comércio (aberto com restrições)

Fase 4
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias (aberto com restrições)
Concessionárias (aberto com restrições)
Escritórios (aberto com restrições)
Shopping Center (aberto com restrições)
Salão de beleza (aberto com restrições)
Bares, restaurantes e similares (aberto com restrições)
Comércio (aberto com restrições)
Academias (aberto com restrições)

Fase 5
Espaços públicos
Teatros e Cinemas
Eventos que promovam aglomerações, incluindo os esportivos
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias
Concessionárias
Escritórios
Shopping Center
Salão de beleza
Bares, restaurantes e similares
Comércio
Academias

Quais regiões podem flexibilizar as medidas?

Fase 1
Grande São Paulo
Baixada Santista
Registro

Fase 2
São Paulo (capital)
Araçatuba
Campinas
Marília
Franca
São José do Rio Preto
Sorocaba
São João da Boa Vista
Ribeirão Preto
Piracicaba

Fase 3
Araraquara/São Carlos
Barretos
Bauru
Presidente Prudente

A flexibilização consta do Plano São Paulo, que é o protocolo de reabertura gradual do comércio. Foram priorizados setores com menor potencial de contágio, os que empregam mais e aqueles que correm mais risco de falência.

“O vírus afetou fortemente a economia do Brasil e obviamente afetou fortemente a economia do estado que lidera a economia, que é São Paulo. Mesmo assim, São Paulo decidiu, com base na ciência, manter 74% das atividades em funcionamento do estado. E aqui cabe também aqueles que do setor privado souberam seguir as normas para proteger seus colaboradores. E temos certeza que isso continuara pela consciência coletiva”, disse o governador.

Sorocaba flexibiliza uso de máscaras para autistas e pessoas com outras deficiências

A Prefeitura de Sorocaba alterou na semana passada o decreto 25.754, que dispõe sobre o uso obrigatório de máscaras faciais no município, tornando-o facultativo a pessoas com algum tipo de deficiência intelectual e com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O pedido atende uma reivindicação do vereador Anselmo Neto.

Apesar de opcional, a recomendação a pais ou responsáveis por pessoas nessas condições é o exercício como forma de convencimento, de modo a se evitar ao máximo que fiquem expostos em locais e situações que ofereçam risco de contágio com a doença. Além disso, a saída do ambiente doméstico continua sendo incentivada enquanto forma de prevenção de propagação da Covid-19.

Exceto por essa mudança pontual, o decreto mantém a obrigação do uso de máscaras para quem sai às ruas e circula por espaços públicos; no transporte público coletivo, transportes por aplicativos e táxis, em estabelecimentos comerciais e repartições públicas da cidade.

O descumprimento previsto neste decreto se traduz na imposição das penalidades previstas na Lei Municipal nº 4.412, de 27 de outubro de 1993, incluída a aplicação de multas, ou suspensão de licença sanitária, ou de funcionamento, sem prejuízo de responsabilização nas esferas cível e penal.

É importante lembrar que o uso de máscara também não é recomendado para crianças menores de dois anos, pois há risco de sufocamento.

Japão pagará metade da viagem de turistas estrangeiros que visitarem o país

O programa de subsídios criado pela a agência de turismo do país foi anunciado nesta semana

OJapão pretende fazer uma proposta mais do que interessante aos estrangeiros que queiram passar férias por lá após a pandemia: pagar metade dos custos de viagem de cada visitante.

O programa de subsídios criado pela a agência de turismo do país foi anunciado nesta semana, com orçamento de 12,5 bilhões de dólares e previsão de início em julho.

A estratégia para trazer os viajantes de volta ao país faz frente à dramática queda no turismo no país. Em abril deste ano, apenas 2.900 turistas visitaram o Japão — uma redução de 99,9% em relação ao mesmo mês no ano anterior.

Em 2019, o país recebeu 31,9 milhões de turistas, e a expectativa para este ano, quando ocorreriam as Olimpíadas, era de 40 milhões de visitantes. A forma como poderá ser realizado o subsídio aos turistas estrangeiros ainda não está detalhada.

Sorocaba poderá reabrir shoppings e comércios com algumas restrições

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou hoje que estenderá até o próximo dia 15 de junho a quarentena no estado como medida de combate ao novo coronavírus.

A partir da próxima segunda-feira (1º), porém, disse o governador, haverá uma flexibilização do isolamento social, com a retomada de atividades econômicas em fases escalonadas.

A nova fase recebeu o nome de “Retomada Consciente”. Apesar de anunciar o retorno das atividades em algumas áreas, Doria afirmou que a medida será avaliada diariamente e que pode a retomar atitudes mais restritivas se necessário.

“Se tivermos que darmos um passo atrás e retomar medidas, não hesitaremos em fazê-lo para proteger vidas”, disse em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Como funcionará o plano?
O plano de reabertura foi dividido em cinco fases que ficam mais flexíveis de acordo com a situação de casa local. No momento, nenhuma região de São Paulo está em condições de ter todas as atividades em funcionamento normal.

A primeira fase é de “alerta máximo”, a segunda é de “controle”, a terceira é de “flexibilização”, a quarta é de “abertura parcial” e a quinta recebe o nome de “normal controlado”.

O que pode funcionar em cada fase?

Fase 1
Construção Civil
Indústria não essencial

Fase 2
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias (aberto com restrições)
Concessionárias (aberto com restrições)
Escritórios (aberto com restrições)
Shopping Center (aberto com restrições)
Comércio (aberto com restrições)

Fase 3
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias
Concessionárias
Escritórios
Shopping Center (aberto com restrições)
Salão de beleza (aberto com restrições)
Bares, restaurantes e similares (aberto com restrições)
Comércio (aberto com restrições)

Fase 4
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias (aberto com restrições)
Concessionárias (aberto com restrições)
Escritórios (aberto com restrições)
Shopping Center (aberto com restrições)
Salão de beleza (aberto com restrições)
Bares, restaurantes e similares (aberto com restrições)
Comércio (aberto com restrições)
Academias (aberto com restrições)

Fase 5
Espaços públicos
Teatros e Cinemas
Eventos que promovam aglomerações, incluindo os esportivos
Construção Civil
Indústria não essencial
Atividades imobiliárias
Concessionárias
Escritórios
Shopping Center
Salão de beleza
Bares, restaurantes e similares
Comércio
Academias

Quais regiões podem flexibilizar as medidas?

Fase 1
Grande São Paulo
Baixada Santista
Registro

Fase 2
São Paulo (capital)
Araçatuba
Campinas
Marília
Franca
São José do Rio Preto
Sorocaba
São João da Boa Vista
Ribeirão Preto
Piracicaba

Fase 3
Araraquara/São Carlos
Barretos
Bauru
Presidente Prudente

A flexibilização consta do Plano São Paulo, que é o protocolo de reabertura gradual do comércio. Foram priorizados setores com menor potencial de contágio, os que empregam mais e aqueles que correm mais risco de falência.

“O vírus afetou fortemente a economia do Brasil e obviamente afetou fortemente a economia do estado que lidera a economia, que é São Paulo. Mesmo assim, São Paulo decidiu, com base na ciência, manter 74% das atividades em funcionamento do estado. E aqui cabe também aqueles que do setor privado souberam seguir as normas para proteger seus colaboradores. E temos certeza que isso continuara pela consciência coletiva”, disse o governador.

Flexibilização foi decidida em reunião

São Paulo está em quarentena desde 24 de março, e a flexibilização das regras foi anunciada no começo da semana. Ontem, todos os 645 municípios do estado mandaram dados de saúde que computaram o impacto do megaferiado. Estas estatísticas foram analisadas por especialistas para determinar em quais áreas poderia haver afrouxamento do isolamento social.

Em reunião com o governador no final da tarde de ontem, os prefeitos que representavam 14 das 16 regiões administrativas de São Paulo pediram a retomada de pelo menos parte das atividades. As duas exceções foram a Grande São Paulo e a Baixada Santista.

São Paulo é o epicentro da covid-19 no Brasil

A cidade de São Paulo é considera o epicentro nacional da covid-19. Até a primeira semana de maio havia um entendimento de que seria necessário recorrer ao lockdown porque as UTI se aproximavam de 90% de ocupação. A prefeitura tentou bloqueio de vias, um rodízio ampliado e a antecipação dos feriados para criar seis dias de comércio fechado foi descrita como “última cartada” pelo prefeito Bruno Covas.

O entendimento é que as medidas deram certo – apesar de o rodízio ampliado e os bloqueios terem sido revogados. A capital alega que a taxa de contágio está em 1,1, ou seja, cada indivíduo infectado transmite o coronavírus para mais 1,1 pessoa.


Nova quarentena: serão levados em conta, a redução no número de casos, e a disponibilidade de leitos para tratamento dos pacientes infectados pelo covid-19. Respeito ao isolamento social será mantida, segue a obrigatoriedade do uso de máscaras.

O Estado vai ser dividido em cinco fases, são chamadas as BANDEIRAS, e as cidades foram categorizadas por cores, por exemplo as cidades que ficaram no estado em VERMELHO, fica do jeito que tá, nesta condição vermelha precisam evoluir para começar a flexibilização. Cidades como é o caso da capital e da maior parte das regiões do Estado vão começar a flexibilização a chamada fase LARANJA e vão começar a brigar com restrições para não cair novamente ao VERMELHO.

Mobiliárias, escritórios, concessionárias de veículos, shoppings e os comércios, benefícios do município que passaram para a fase AMARELA, também vão poder abrir com restrições, bares, restaurantes e salões de beleza.

Na fase VERDE poderão ser abertas as academias com restrições e na fase AZUL começam a parte de abertura geral e sem restrições.

Desses serviços, ainda não há previsão para a retomada, aulas, eventos públicos e o que inclui por exemplo eventos esportivos, abertura de parques e outros espaços de lazer.

Segue abaixo a condição que estamos no momento em nosso estado.

Regras válidas a partir de 01 de Junho de 2020
As fases AMARELAS começam a valer apos 15 dias, se a região ou cidade conseguir se manter naquela fase e não cair novamente.

Respeitando também as regras de cada município.

Fonte: Governo do ESTADO DE SÃO PAULO.

Brasil perde mais de 860 mil empregos formais em abril

De janeiro a abril foram 4.999.981 admissões e 5.763.213 demissões

AGÊNCIA BRASIL – As demissões superaram as contratações com carteira assinada em 860.503 postos de trabalho, em abril. Foram 1.459.099 desligamentos e 598.596 contratações. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados hoje (27).

Segundo o Ministério da Economia, os dados mostram que a queda no número de contratações contribuiu de forma expressiva para o saldo negativo de empregos formais.

Enquanto as demissões tiveram um incremento de 17,2%, as admissões caíram 56,5% na comparação com abril de 2019. Em valores nominais, São Paulo teve o pior desempenho, com saldo negativo (mais demissões do que contratações) de 260.902. O estado é seguido por Minas Gerais com 88.298 demissões; Rio de Janeiro, 83.626, e Rio Grande do Sul, 74.686 demissões.

De janeiro a abril de 2020 foram 4.999.981 admissões e 5.763.213 demissões no país, com resultado negativo de 763.232. As admissões caíram 9,6% e as demissões subiram 10,5% no período.

O salário médio real de admissão no Brasil passou de R$ 1.496,92 em abril de 2019 para R$ 1.814,62 no mês passado.

Manutenção de empregos
Desde 1º de abril, data da edição pelo governo federal da Medida Provisória 936/2020, que criou o Programa Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, foram preservados mais de 8,1 milhões de empregos no país, informou o Ministério da Economia. O programa prevê que os trabalhadores que tiverem jornada reduzida ou contrato suspenso e ainda auxílio emergencial para trabalhadores intermitentes com contrato de trabalho formalizado receberão o Benefício Emergencial de Preservação da Renda e do Emprego (BEm).

Mudanças
É a primeira divulgação do Caged após o preenchimento de informações da base de dados passar para o Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Com a mudança, o cumprimento de 13 obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas fica centralizado em um só sistema.

Uma inovação do Caged é o agrupamento de setores da economia. Até dezembro passado, eram oito: comércio, serviços industriais de utilidade Pública (SIUP), extrativa mineral, administração pública, agropecuária, construção civil, indústria de transformação e serviços.

Com a reformulação do Caged, os dados estarão na mesma divisão feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São eles: comércio, serviços, indústria geral, construção civil e agricultura. No intervalo de janeiro a abril de 2020, a agricultura teve saldo positivo de 10.032 empregos, resultado de 275.464 contratações e 265.432 demissões. O resultado da construção civil ficou negativo em 21.837. Comércio teve saldo negativo de 342.748, serviços resultado negativo de 280.716 e indústria também negativo, em 127.886.

Trabalho intermitente
A modalidade de trabalho intermitente teve, no período de janeiro a abril, 49.228 admissões e 35.105 demissões em 2020, o que resultou em saldo positivo 14.123. Já o regime de trabalho parcial registrou 71.044 contratações e 63.334 desligamentos, com resultado de positivo de 7.710 postos de trabalho com carteira assinada.

Somente no mês de abril, o trabalho intermitente chegou ao saldo negativo de 2.375, com 7.291 admissões e 9.666 demissões. No mesmo período, houve 4.881 contratações e 14.029 desligamentos na modalidade de trabalho parcial, com saldo negativo de 9.148.

Calendário
Após a primeira divulgação do Novo Caged, o ministério definiu um calendário para os próximos dados do emprego formal no país: as informações de maio serão divulgadas no dia 29 de junho; em julho serão divulgados os dados de junho e assim por diante.

Doria flexibiliza quarentena no interior de SP; saiba mais

Comércio de rua e shoppings são abertos na maior parte dos municípios, com capacidade e horário reduzidos

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira uma nova etapa do plano de combate ao coronavírus no estado, a partir da próxima segunda-feira. Doria flexibilizou a quarentena em cidades do interior com baixos índices de contaminação, mas manteve sistema mais rígido para a capital e região metropolitana.

O estado foi dividido em cinco zonas de risco, avaliadas a partir de indicadores como capacidade hospitalar pública e privada, além da evolução da doença. De acordo com os critérios, cada município pode ser enquadrado entre: zona de risco (ocupação de leitos de UTI acima de 80%), zona de controle (entre 60% e 80%), de flexibilização (abaixo de 60%), de abertura parcial (abaixo de 60% e baixa incidência de novos casos) ou normal controlado.

— É uma retomada segura e consciente. Estaremos acompanhando dia-a-dia a evolução do processo. Se tivermos que dar um passo atrás, não hesitaremos — disse o governador, defendendo a manutenção de medidas de prevenção à doença.

No atual momento, todas as cidades estão enquadradas nas três primeiras zonas de atenção. A atualização dos dados será semanal.

— Nosso compromisso é com a vida, e não o erro. Respeitamos a ciência e a medicina — completou o governador paulista.

O plano de flexibilização já havia sido anunciado em meados de maio, mas foi abortado devido ao aumento do número de casos confirmados no estado, um dos mais afetados pelo coronavírus em todo país. Até a noite desta terça-feira, eram mais de 86 mil casos confirmados e 6,4 mil mortes causadas pela doença.

Nas regiões metropolitana de São Paulo e no sul do estado, incluindo a maior parte do litoral, estão mantidas as restrições atuais, como a proibição de acesso a espaços públicos, atividades imobiliárias, escritórios, comércio de rua, shoppings, academias, salões de beleza, teatros e cinemas.

Em regiões da zona de controle – que abarcam a maior parte do estado – estão autorizados o funcionamento de comércio de rua, shoppings, atividades imobiliárias, concessionárias e escritórios, sempre em horários reduzidos e com 20% da capacidade. Indústria e construção civil também podem atuar.

Em regiões da zona de flexibilização, que inclui cidades do oeste paulista e área de Ortolândia e Franca, 40% da capacidade pode ser alcançada. Foi incluído entre as atividades autorizadas o funcionamento de bares, restaurantes e similares, com mesas ao ar livre.

Setores de educação e transporte ainda terão regras definidas, de acordo com o governo.

Doria afastou a possibilidade de enrijecer as medidas de isolamento por meio de lockdown, dias depois de o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), ter cogitado publicamente a possibilidade.

— A quarentena em São Paulo vai salvar 65 mil vidas — estimou o governador paulista.

De acordo com projeções do governo, o estado teria alcançado 950 mil casos do coronavírus se não tivessem sido aplicadas medidas de isolamento desde março deste ano.

João Doria anuncia ‘retomada consciente’ a partir de 1º de junho

Medida valerá por 15 dias, mantida a quarentena, mas com flexibilização parcial e retorno de atividades definidas pelo governo estadual

O governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (27) o que chamou de “retomada consciente” da atividade econômica no estado de São Paulo em coletiva que está sendo realizada desde 12h no Palácio dos Bandeirantes, na zona sul da capital. Conforme já havia sido mencionado a flexibilização ocorrerá de forma gradual e heterogênea, de acordo com a evolução da pandemia em cada região.

“Hoje é um dia particularmente importante para São Paulo e para os 46 milhões de brasileiros de São Paulo. É o dia em que estamos anunciando a retomada consciente a partir do dia 1º de junho”, afirmou o governador. “A partir de 1º de junho por 15 dias, manteremos a quarentena, porém, com uma retomada consciente de algumas atividades econômicas no estado de São Paulo.”

O anúncio pode ser acompanhado ao vivo aqui:

Com pandemia, Brasil fecha 860 mil postos de trabalho em abril
Terapia com anticorpos e vacinas: as possíveis curas para a covid-19
Shoppings e centros comerciais reabrem hoje no Distrito Federal
França proíbe hidroxicloroquina no tratamento da covid-19
O estado adotou a quarentena no dia 24 de março. A medida foi prorrogada duas vezes e estava prevista para ser encerrada no dia 1º de junho, mas seguirá em vigor no estado enquanto acontece a retomada econômica. “Quero alertar, no entanto, que a retomada consciente parte do princípio da colaboração de todos e da ajuda conjunta. Mas parte também do princípio de que nós estaremos monitorando dia a dia a evolução do processo e o respeito à ciência e à medicina”, declarou Doria.

Doria agradeceu aos moradores do estado que aderiram ao isolamento social e e afirmou 65 mil vidas serão salvas no estado pela quarentena. “Tivemos êxito por conta desse esforço coletivo e principalmente pelo esforço da população do estado de São Paulo. Como exemplo, os feriados prolongados, foram seis dias de feriado prolongado aqui em São Paulo. […] Conseguimos um isolamento social que, na média, subiu 2%. Pode parecer pouco, mas não é. 2% significam 880 mil pessoas que ficaram em suas casas em isolamento social”. disse o governador.

Segundo Doria, a pandemia teve forte impacto na economia do estado e mesmo assim, foram mantidas 74% das atividades em funcionamento. “Temos consciência de que é com união e trabalho coletivo que estamos salvando vidas”, afirmou.

O plano da chamada retomada consciente, disse o governador, será realizado em cinco fases, que ainda serão detalhadas durante a coletiva. “Não é um relaxamento aos cuidados à vigilância e à proteção da vida, mas um monitoramento, um ajuste fino voltado para as realidades regionais”, disse o governador. “Ela será possível nas cidades que tiverem redução consistente do número de casos e tiverem também disponibilidade de leitos nos seus hospitais públicos e privados e também que estiverem obedecendo o distanciamento social nos ambientes públicos, além da disseminação e uso obrigatório de máscaras.”

Plano São Paulo

A definição da retomada das atividades é estabelecida pelo Plano São Paulo. O plano prevê cinco níveis de restrição, calculados com base em cinco critérios. Dois destes critérios são relacionados à capacidade do sistema de saúde: a taxa de ocupação dos leitos de UTI e o número de leitos de UTI a cada cem mil habitantes. Outros três critérios se referem à evolução da epidemia: número de casos, de internação e de óbitos.

As cinco para retomada de atividades consideradas pelo governo estadual são:
– Fase 1 (alerta máximo): fase de contaminação, com liberação apenas para serviços essenciais;
– Fase 2 (controle): fase de atenção, com eventuais liberações;
– Fase 3 (flexibilização): fase controlada, com maior liberação de atividades;
– Fase 4 (abertura parcial): fase decrescente, com menores restrições;
– Fase 5 (normal controlado): dase de controle da doença, liberação de todas as atividades com protocolos).

A cidade de São Paulo se encaixa na fase 2, assim como as cidades da região de Marília, Araçatuba, São José do Rio Preto, Franca, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Piracicaba, Campinas, Taubaté e Sorocaba.

A Grande São Paulo está enquadrada na fase 1, que abrange também as regiões da Baixada Santista e de Registro.

A fase 3 valerá para os municípios da região de Bauru, Presidente Prudente, Barretos e Araraquara/São Paulos. Ainda não há municípios nas fases 4 e 5.

Isolamento

A taxa de isolamento social considerada ideal pelo governo de São Paulo é de 70% e a mínima, de 55%. O número leva em conta a capacidade do sistema de saúde em atender doentes com covid-19.

O índice mais alto alcançado em todo o estado foi de 59%, atingido nos dias 29 de março, 5, 12 e 19 de abril e 3 de maio – um domingo de feriadão.

Na cidade de São Paulo, a taxa máxima alcançada também foi de 59%, nos dias 29 de março e 5 de abril. A capital tentou adotar medidas para ampliar isolamento, como a realização de bloqueios no trânsito, até a adoção de um novo rodízio de veículos, de 24 horas, em toda a cidade, em dias alternados. A medida no entanto, não teve forte impacto na adesão ao isolamento e gerou diversos questionamentos na Justiça.

A última tentativa de ampliar o isolamento foi a antecipação de feriados. Foram antecipados os feriados de Corpus Christi, do Dia da Consciência Negra e de 9 de Julho, criando entre os dias 20 e 25 de maio um novo feriadão. A adesão ao isolamento aumentou e chegou a 57% no domingo (24), e de 53% no sábado (23) e na segunda (25).

João Doria anuncia plano de reabertura para São Paulo; saiba mais – assista

Proposta deve valer a partir de junho e foi antecipada em coletiva à imprensa nesta quarta-feira (27)

Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) fez um pronunciamento hoje (27), para propôr novas regras de isolamento e a retomada gradual de atividades a partir da próxima segunda-feira, 1° de junho. O plano foi divulgado em entrevista coletiva às 12h, no Palácio dos Bandeirantes.

A proposta será dividida em quatro etapas, levando em consideração a gravidade de cada município em relação ao novo coronavírus. Reaberturas comerciais serão possíveis apenas em cidades com taxa de isolamento maior que 55%.

A regiões serão avaliadas pela secretaria estadual da Saúde e pelo Comitê de Contingência para Coronavírus, que verificarão o cumprimento das regras para entrarem em fase de maior relaxamento a cada 14 dias. Caso contrário, as cidades voltarão a uma fase mais restrita a cada 7 dias (ou imediatamente, caso necessário). Os critérios principais são a taxa de isolamento e de ocupação da UTI e o número de casos da doença.

Assista:

Mais da metade dos brasileiros são favoráveis ao ‘lockdown’

Por outro lado, a pesquisa mostra que adesão ao isolamento social vem caindo

Pesquisa Datafolha aponta que 60% dos brasileiros são favoráveis ao “lockdown”, a quarentena mais radical para combater a transmissão do novo coronavírus. Já 36% são contrários, 2% não souberam responder e 1%, se dizem indiferentes.

LEIA TAMBÉM:

Plataforma de pesquisa mostra se na sua rua existe riscos de contágio de covid-19

Prefeitura de Sorocaba divulga gráfico atualizado dos bairros das UBS com mais casos confirmados de Covid-19

O levantamento feito entre segunda-feira e terça-feira mostra que, apesar de apoiar o “lockdown“, o brasileiro vem cada vez menos aderindo ao isolamento social. As informações são da Folha.

O “lockdown” vem sendo alvo de discussão em São Paulo
Os mais ricos, que ganham acima de 10 salários mínimos, são também os mais refratários à ideia –50% são contra, empatados com 47% a favor.

A pesquisa Datafolha aponta ainda que cresceu o apoio à ideia de que pessoas qye não estejam em grupos de risco possam sair, apesar de a doença ter se mostrado bastante democrática no quesito.

Agora, são 52% que defendem isso, ante 46% que acham que todos devam ficar isolados para conter o vírus. Em 27 de abril, os índices eram exatamente inversos.

COVID-19: Confira os bairros em Sorocaba com mais casos confirmados

Regiões do Cerrado e Márcia Mendes estão no topo da lista; já Habiteto e Carandá são as regiões em Sorocaba com menos casos de covid-19 – veja a lista completa

A Prefeitura divulgou nesta terça (26), um novo gráfico, que mostra os bairros de Sorocaba com maiores números de casos de covid-19 confirmados.

Segundo os dados fornecidos pela Prefeitura de Sorocaba nesta terça-feira 26, as regiões dos bairros com maiores casos confirmados de coronavírus em Sorocaba são (em ordem): Cerrado, Márcia Mendes, Vila Haro, Aparecidinha, Sorocaba 1, Rodrigo, Escola, Wanel Ville, Laranjeiras, São Guilherme, Mineirão, Maria do Carmo, Vila Hortência, Parque São Bento, Nova Sorocaba, Brigadeiro Tobias, Simus, Ulisses Guimarães, Vila Santana, Vitória Régia, Vila Fiori, Éden, Paineiras, Maria Eugênia, Barcelona, Angélica, Cajuru, Nova Esperança, Vila Barão, Sabiá, Carandá e Habiteto.

Confira abaixo:

Ainda de acordo com a prefeitura de Sorocaba, pessoas entre 30 e 39 anos são as que mais se contaminam com coronavírus na cidade, seguidas pelas pessoas entre 40 e 49 anos. Entre os óbitos, a média é de 67 anos.

Até a data de ontem (26), Sorocaba apresentava 694 casos confirmados de Covid-19 e 41 óbitos. 608 pacientes que contraíram o vírus, já estão recuperados.

Mapa mostra o risco de contaminação por covid-19 na sua rua; Confira!

Plataforma te ajuda a pesquisar se a área onde você mora está infectada; Confira!

Muita gente já deve ter se perguntado, desde que começou a pandemia do novo coronavírus, se a região onde mora – rua, bairro ou cidade – está protegida da doença ou pertence a um dos pólos de maior contágio.

Porém, para tentar encontrar respostas a essa dúvida que paira no ar, profissionais de diversas áreas se juntaram para produzir o ‘Juntos Contra o Covid’, uma plataforma colaborativa que mapeia o risco de infecção em diferentes partes do país.

Criado por Faissal Nemer Hajar, estudante de Medicina da Universidade Federal do PR (UFPR), o site pode ser acessado gratuitamente e possibilita pesquisar qualquer endereço, até por rua.

Contudo, o mapa é elaborado de forma colaborativa, então toda vez que o usuário entra na página é convidado a preencher os dados de sua região para que a plataforma seja atualizada. As perguntas são simples, sobre estado de saúde, contato com pessoas infectadas e viagens recentes ao exterior.

A partir das respostas, um algoritmo validado pelo Ministério da Saúde e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) calcula o risco de infecção em cada área (baixo, médio ou alto).

Confira a plataforma clicando AQUI e faça a sua pesquisa.

Mulher é expulsa de supermercado por não usar máscara; assista

Vídeo compartilhado no Twitter mostra a revolta dos clientes

Uma mulher foi impedida de continuar a fazer compras em um mercado em Staten Islanders, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

O motivo, segundo divulgou a Revista Marie Clarie, seria que ela não estava usando máscara de proteção, por conta da pandemia do novocoronavírus (Covid-19).

Um vídeo compartilhado no Twitter mostra os clientes se revoltando com a mulher. Eles acabaram a expulsando do local.

Pelas imagens é possível repara o momento em que um dos consumidores se manifesta e é ignorado por ela. Em seguida os outros se juntaram e ordenaram que a mulher saisse do local.

Assista abaixo:

Marido perdoa esposa flagrada no motel e compra carro novo pra ela; vídeo

Ele havia destruído o carro da esposa quando flagrou ela com o amante no motel; ASSISTA ABAIXO

Lembram daquele caso de homem indignado, enfurecido, lá na cidade de Horizontina/RS, que destruiu o carro da mulher ao descobrir que ela foi para um motel com outro?

Agora, o marido que foi traído se reconciliou com a amada e perdoou tudo o que aconteceu. Mas claro que para terminar com um final feliz tem que ter um fato marcante.

Ele deu um carro novo. Zero quilometro. E agora eles vão viver felizes para sempre.

Mais uma vacina mostra eficácia em testes humanos contra covid-19

Mais uma esperança! Pesquisadores tiveram sucesso em testes em humanos de uma nova vacina contra a Covid-19.

O resultado foi divulgado nesta sexta, 22, pela revista científica The Lancet. Segundo a publicação, a vacina é segura para o uso humano e foi testada, inicialmente, em 108 voluntários.

A vacina COVID-19 com vetor Ad5 foi desenvolvida pelo Instituto de Biotecnologia de Pequim e pela CanSino Biologics de Tianjin, ambos na China.

Anticorpos

Após 28 dias da aplicação do medicamento, a maior parte dos voluntários tinha gerado respostas de anticorpos e células T para se defender contra Sars-CoV-2 — e é exatamente isso que os especialistas buscam ao desenvolver uma vacina.

“Esses resultados representam um marco importante”, afirmou Wei Chen, um dos pesquisadores, em declaração à imprensa.

“O estudo demonstra que uma dose única da nova vacina (Ad5-nCoV) vetorizada com adenovírus do tipo 5 produz anticorpos e células T específicos para vírus em 14 dias, tornando-a um candidato potencial para investigação adicional.”

“Os desafios propostos pela covid-19 não têm precedentes, e a habilidade de acionar o sistema imunológico não significa, necessariamente, que estaremos protegidos da covid-19.

Grupo testado

O estudo avaliou a vacina Ad5-nCoV em pessoas com idades entre 18 e 60 anos que não tiveram infecção por Sars-CoV-2.

Os voluntários foram divididos em três grupos que receberam uma única injeção intramuscular em dose baixa, média ou alta, e realizaram exames de acompanhamento nas semanas após a aplicação.

Segundo os especialistas, a vacina foi bem tolerada em todas as doses, sem causar eventos adversos graves nos primeiros 28 dias após sua aplicação.

Os efeitos colaterais da formulação foram, na maioria das vezes, dor leve no local da injeção, febre, fadiga, dor de cabeça e dor muscular.

Um único participante, que recebeu a dose mais alta da vacina relatou sintomas como falta de ar, no entanto, essas reações adversas persistiram por menos de 48 horas.

A resposta imunológica criada pelo medicamento, no entanto, ainda não pode ser avaliada, mas os resultados finais dos testes clínicos serão divulgados em seis meses.

Outras vacinas

Entre as vacinas em testes no mundo, se destacam a dos Estados Unidos, que conseguiu produzir anticorpos em humanos e a da Universidade de Oxford, que acabou de convocar milhares de voluntários para as próximas fases de testes.

As duas se mostraram eficazes em testes iniciais.

CRÉDITOS: SNB

Mãe de criação de Jojo Todynho morre de Covid-19: “Eu preciso sumir”

Na manhã desta terça-feira (26), a funkeira Jojo Todynho usou o seu perfil no Instagram para anunciar a morte de sua mãe de criação, dona Maria Helena.

“Eu vou ficar sumida do Instagram. Eu acabei de perder um dos meus amores maior, que me criou. Eu tô sem acreditar que minha mãe Maria Helena me deixou. Eu vou sumir, tá gente? Eu preciso sumir”, disse Jojo chorando muito na web.

Segundo informações da coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, do Rio de Janeiro, a mãe de Jojo morreu vítima do novo coronavírus, fazia parte do grupo de risco por ter mais de 60 anos e ser paciente de hemodiálise.

Assista ao vídeo em que Jojo Todynho fala da morte da mãe na rede social:

Criança prende os dedos em tampa de ralo e é resgatada por bombeiros

Um menino de 1 ano e 10 meses foi resgatado pela equipe do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Mairinque com dedos de uma das mãos presos em uma tampa de ralo.

O incidente aconteceu na residência da criança.

As equipes foram até a casa após recebem a solicitação da família informando que o garoto estava com dedos presos entre os furos um ralo de aço inox com tampa móvel.

Levado ao Pronto Atendimento (PA) de Mairinque, além da ajuda dos enfermeiros, foi preciso acionar uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Uma força-tarefa no hospital foi montada para retirar a tampa dos dedos do menino. A mão e dedos estavam inchados.

O trabalho para a retirada durou cerca de uma hora e teve que ser usada uma furadeira, uma parafusadeira sem fio de baixa rotação e três alicates.

Enfermeiros e o médico plantonista também ajudaram na unidade de saúde. O menino ficou com ferimentos em dois dedos e, após atendimento, foi liberado.

Em primeiro momento foi um desespero, mas, a ocorrência não passou de susto segundo a família.
O menino passa bem.

Créditos/Fotos: São Roque Notícias

Sorocaba tem 41 mortes por Covid-19, 694 casos confirmados e 608 recuperados

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), registrou mais uma nova morte confirmada com o novo coronavírus, nesta terça-feira (26). Trata-se de um homem de 83 anos que não tinha comorbidades.

A vítima estava internada num hospital privado da cidade e faleceu no dia 24 de maio. Os óbitos com a confirmação da doença aumentaram para 41.

Boletim atualizado do coronavírus em Sorocaba

Também nesta terça-feira (26) Sorocaba recebeu a notificação de mais nove novos casos confirmados da Covid-19. Com isso, a cidade chegou ao total de 694 casos.

Deste total, 45 estão internados (16 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação passou de 611 para 608, pois três pacientes tiveram piora do quadro clínico e precisaram ser internados.

A cidade também passou de 175 para 150 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 53 estão internados em hospitais da cidade, sendo 12 em UTI.

Os óbitos em investigação diminuíram para três. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.610.

Festa de PMs durante pandemia acaba com soldado morto a tiros por sargento

Policial Militar de 26 anos chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Um policial militar de 26 anos foi morto a tiros por um sargento da PM, em Araras (SP), durante uma festa em meio à pandemia do novo coronavírus na noite de segunda-feira (25). Paulo Henrique Varuzza Lais morava em Rio Claro (SP), mas atualmente trabalhava no Batalhão de Piracicaba.

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, os policiais participavam de uma confraternização no bairro Olivia Park, em Araras, para comemorar os 5 anos de formatura de alguns PMs. Nenhum deles estava em horário de serviço.

Mas, em determinado momento, houve um desentendimento no local e a vítima teria se exaltado, sacando uma arma. De acordo com o B.O., o sargento da PM interviu e começou a efetuar disparos para se defender. Pelo menos, três deles, atingiram o soldado.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, foi o próprio sargento que acionou a Polícia Militar, relatando os fatos e pedindo apoio. Equipes do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local, mas a vítima já estava sem vida.

Foi feito exame residuográfico no corpo da vítima e também no autor dos disparos. Varuzza apresentava perfurações de arma de fogo no tórax, braço e abdômen.

O sepultamento de Varuzza será às 17h, desta terça-feira (26), no cemitério São João, em Rio Claro.

Investigação

Soldado da PM foi morto a tiros por sargento após discussão em festa, em Araras — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O corpo do soldado foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Limeira. Além da necropsia, também foi solicitado um exame toxicológico.

Por se tratar de um crime envolvendo policiais militares, a Corregedoria da Polícia Militar será a responsável pela investigação que corre sob sigilo.

Em nota, a PM lamentou profundamente o fato ocorrido que resultou na morte do soldado da instituição. “Os envolvidos estão sendo ouvidos. Todas as providências judiciárias militares são adotadas pelo Batalhão e seu conteúdo sigiloso, conforme previsão do Código de Processo Penal Militar”, diz o texto.

A EPTV, afiliada da Rede Globo, questionou a assessoria da PM sobre os policiais estarem realizando uma festa durante o período de isolamento social, mas não obteve resposta.

Moradores denunciam descarte de remédios e seringas em praça de Sorocaba

O vereador Vitão do Cachorrão recebeu denuncias de moradores reclamando que remédios e seringas estavam sendo descartados de maneira irregular em uma praça localizada no Jd. Zulmira em Sorocaba.

O vereador foi até o local e constatou vários medicamentos e seringas no local, e fez um desabafo em suas redes sociais, cobrando os responsáveis por esse ato criminoso; confira abaixo o texto na íntegra publicado por Vitão do Cachorrão.

“ABSURDO: REMÉDIOS E ATÉ SERINGAS JOGADOS EM PRAÇA DO JARDIM ZULMIRA

Mais respeito, por favor, às nossas crianças e moradores que frequentam o local.

Hoje pela manhã fui chamado por moradores e frequentadores da nossa praça que fica entre o Zulmira e a Vila São João com a reclamação que foram descartados medicamentos e até seringas.

Não sei que é o autor, mas peço, por favor, que tenha mais respeito.

Foi nesse local que lutei tanto e consegui o playground e a academia ao ar livre para nosso bairro.” Encerra Vitão.

Homem perde controle e veículo capota na Rodovia Raposo Tavares; veja as fotos

Um acidente na Raposo Tavares assustou quem passava pela rodovia, no final da Serra do bairro do Alto da Serra, o motorista perdeu o controle do veículo gol, vindo a capotar.

O acidente aconteceu na última sexta-feira (22), e o motorista passa bem, o SAMU fez o pronto atendimento no local, a área foi sinalizada pela equipe de segurança do consórcio sp 270

Ainda por volta das 19 horas da noite de sexta, o trânsito era intenso no local, provocando congestionamento de 2 Km entre os bairros do Boa vista até o alto da Serra de Angatuba.

CRÉDITOS E FOTOS: ANGATUBA NEWS

Hospital de Campanha de Sorocaba recebe primeiro paciente nesta terça-feira

Suspeito da Covid-19, homem de 43 anos foi internado nesta manhã

O Hospital de Campanha “Douglas Barbosa de Medeiros”, unidade municipal para tratar pessoas com suspeita e confirmadas da Covid-19, recebeu seu primeiro paciente na manhã desta terça-feira (26).

Trata-se de um homem de 43 anos que ainda é suspeito de contágio pelo novo coronavírus e aguarda o resultado de exame.

Ele foi encaminhado pela UPH Zona Leste, que é a unidade referência para casos respiratórios suspeitos e confirmados da Covid-19, em Sorocaba. O Hospital de Campanha iniciou seu funcionamento nesta segunda-feira (25).

De acordo com a coordenação do HC, neste primeiro momento, o local receberá os casos mais leves de modo a desocupar os leitos de enfermaria da Santa Casa e da UPH Zona Leste. A média de internação no HC é de sete dias. O paciente atendido passa bem.

Crianças em Sorocaba ficam expostas ao risco da covid-19 quando estão na rua

Crianças são levadas pelos próprios pais para brincar nas praças e parques de Sorocaba, quando não, crianças se aglomeram enquanto soltam pipa pelas ruas da cidade

Estamos recebendo várias denúncias de moradores inconformados com a atitude de alguns pais e mães em Sorocaba, onde eles permitem que mesmo nesta pandemia que o país atravessa, deixam seus filhos se aglomerarem em praças, parques e ruas da cidade. Maioria das vezes sem o uso de máscaras.

A maior parte das reclamações chegaram do Jd. Ipiranga, Vila Helena, Laranjeiras, Parque São Bento e Santa Barbara. Onde fotos enviadas mostram várias crianças, em todos os locais citados acima, soltando pipa em parques e praças, jogando futebol, e brincando sem máscaras. Frisamos aqui, que não há nada de mais em crianças brincarem, mas estamos vivendo em uma época de pandemia e os próprios pais que permitem seus filhos fiquem expostos ao risco de contrair a Covid-19, pois as crianças l, além de aglomeradas, não estão usando máscaras. (Não vamos publicar as fotos para não expôr a imagens das crianças).

Casos de coronavírus em crianças até 9 anos sobem 50 vezes em SP no último mês

A Covid-19 avançou por todo o Brasil em todas as faixas etárias entre abril e maio, mas um grupo que até o início de abril era pouco representado nas estatísticas teve um aumento mais significativo no período: o de crianças de até nove anos.

Levantamento de exames feitos em rede de laboratórios privada apontou que o número de crianças de até nove anos com teste positivo para a Covid-19 aumentou sete vezes em um mês. A taxa de positividade foi de 1,4% até 3 de abril para 9,09% desta data até 14 de maio.

A maior concentração dos exames foi no estado de São Paulo (90%), mas foram levantados dados também de Pernambuco e Rio de Janeiro. Do total de exames realizados na rede –71,4 mil, até o dia 14 de maio–, 5% englobavam a faixa de 0 a 29 anos.

Em todo o estado de São Paulo, até o dia 3 de abril eram 15 os casos de Covid-19 na faixa etária de 0 a 9 anos. Já em maio, 755 crianças tiveram resultado positivo para o novo coronavírus, um aumento de 50 vezes.

Para comparação entre outras faixas etárias, até abril havia 40 jovens de 10 a 19 anos com confirmação do coronavírus e 580 casos entre 20 e 29 anos. Em maio, os casos entre 10 a 19 anos e de 20 a 29 anos tiveram um aumento de 25 e 13 vezes, respectivamente, em relação ao mês anterior, com 1.000 casos acumulados para o primeiro grupo e 7.682 casos para o segundo grupo.

O município de São Paulo também viu o número de casos em crianças e jovens aumentar. Até o dia 31 de março, eram dois casos confirmados de crianças de até nove anos, apenas um caso para adolescentes de 10 a 19 anos e 19 casos de jovens de 20 a 29 anos.

Já no balanço de 1º de abril a 8 de maio, o número de casos cresceu 39, 46 e 17 vezes nas faixas etárias de 0 a 9, 10 a 19 e 20 a 29 anos, respectivamente.

Pernambuco foi o que apresentou maior escalada: crianças de 0 a 9 anos passaram de um caso confirmado até 3 de abril para 234 casos no dia 17 de maio, um aumento de mais de 200 vezes. Esse número, porém, pode ser reflexo de um aumento na coleta de amostras, uma vez que no início da pandemia só eram testados pacientes com quadros graves e profissionais de saúde.

Em relação aos jovens de 10 a 19 anos, o número de casos até o dia 3 do mês passado era apenas 3 e aumentou para 173 no boletim de 17 de maio, uma alta de quase 60 vezes.

Já no Rio de Janeiro, no mesmo período o número de casos confirmados cresceu por volta de 5, 7 e 6 vezes, nas faixas etárias de 0 a 9 anos, 10 a 19 e 20 a 29 anos, respectivamente. Essa taxa se manteve praticamente a mesma entre as demais faixas etárias até 59 anos.

As faixas acima de 60 anos tiveram crescimento maior no estado fluminense, com aumentos de 8 a 10 vezes no comparativo com o mês de abril.

A médica Denize Ornelas, integrante da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, diz que há viés nos dados, pois na rede privada qualquer paciente pode fazer o exame, enquanto na pública só são testados os internados com síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em estado grave. “Como estamos falando de testes RT-PCR, existe desigualdade no acesso de quem não está com sintomas graves, mais evidente nas regiões periféricas. Seria muito importante ter esses dados estratificados, pois a minha percepção é que as pessoas estão buscando mais e estão conseguindo fazer o teste”, avalia.

Segundo Ornelas, com o aumento de testes, é natural que exista aumento de casos confirmados em crianças e jovens que são assintomáticos, pois essas faixas etárias não apresentam sintomas e não são hospitalizadas. Por outro lado, no SUS não há testagem de crianças e jovens assintomáticos.

Ornelas diz que outro viés é que até hoje o governo federal não divulgou o número total e a taxa de positividade de todos os testes feitos no Brasil. “Só assim poderemos saber qual o significado dessa incidência”.

Na avaliação da médica, uma taxa de positividade em torno de 5% em crianças e jovens de até 29 anos estaria de acordo com o observado em outros países, onde esses grupos aparecem dentro da parcela de assintomáticos.

Não está claro ainda também como a doença se desenvolve nas crianças, que em geral apresentam menos sintomas, e se elas realmente transmitem menos o vírus.

De acordo com Ornelas, internações de crianças por outras doenças respiratórias, como influenza e virose sincicial respiratória, são comuns nesta época, mas diminuíram em 2020.

“Vimos uma diminuição das internações em UTIs de São Paulo de crianças por esses vírus. Por estarem dentro de casa, a maior probabilidade é de contraírem o Sars-CoV-2 de um adulto que saiu para trabalhar. A etiologia das doenças respiratórias nas crianças nesse momento muda, e por isso estamos vendo casos de Covid-19 nas crianças.”

Nos jovens, no entanto, o contágio esta mais ligado à condição social. O aumento no número total de testados está associado à necessidade de sair para trabalhar, uma vez que esse grupo se expõe mais ao risco de contágio.

No entanto as internações por síndromes respiratórias é que vão dizer se esses jovens representam ou não uma maior preocupação de agravamento de quadro e se o avanço da doença nessa faixa deve ser observado com maior atenção ou não, afirma Ornelas.

“Nos EUA, a hipótese que foi levantada para os jovens é de associação com comorbidades, como obesidade, diabetes e hipertensão. No Brasil, não estamos vendo essa associação com diabetes e hipertensão porque essas doenças são menos frequentes nos jovens, mas pode estar ligado ao sedentarismo ou ao tipo de condição social, e é isso que precisamos investigar.”

Mãe confessa que matou o filho que estava desaparecido; laudo aponta estrangulamento

A polícia encontrou o corpo de menino desaparecido há 10 dias; mãe confessou o crime; o laudo apontou estrangulamento em morte de menino de 11 anos em Planalto

Corpo de Rafael Mateus Winques foi encontrado na segunda-feira (25) após mãe ter mostrado à polícia onde deixou o cadáver. Ela alega que não teve a intenção de matar, e que deu medicamentos para o filho se acalmar. Laudo foi divulgado na manhã desta terça (26).

O laudo do Posto Médico-Legal de Carazinho concluiu que o menino Rafael Winques, de 11 anos, morreu por asfixia mecânica por estrangulamento em Planalto, na Região Norte do estado. A informação é do Instituto-Geral de Perícias.

A mãe da criança, Alexandra Dougokenski, contou à polícia, na segunda-feira (25), que o filho morreu após dar medicamentos para ele se acalmar. De acordo com o delegado delegado Joerberth Nunes, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), a mulher confessou o crime durante depoimento à polícia.

“Teria dado dois comprimidos de Diazepam para que ele dormisse com tranquilidade. Na madrugada, ela teria acordado e verificado, segundo ela, que a criança estava morta. Como que ela tinha a certeza que a criança estaria morta e não apenas desmaiada? Ela enrolou a criança no lençol, colocou fios em alguma parte do corpo e foi arrastando, segundo ela, até a residência ao lado”, afirma o delegado.

Na manhã desta terça (26), a Polícia Civil informou que investiga a motivação e se mais alguém teve participação no crime. O corpo de Rafael foi encontrado no final da tarde de segunda após a mãe ter revelado onde deixou o cadáver.

“A motivação do crime é uma incógnita. Até o momento, todos os depoimentos coletados, nenhum indica qualquer desavença dessa mãe com esse filho. Isso torna o caso ainda mais complexo, mas certamente a Polícia Civil vai responder todas as perguntas”, disse o delegado.

A mulher foi presa temporariamente, e já está no sistema penitenciário. A Polícia Civil pode pedir a prisão preventiva dela.

‘Muito serena e muito tranquila’, diz polícia sobre a mãe

Rafael estava desaparecido desde o dia 15 de maio. A mãe chegou a dar entrevista à RBS TV dizendo que queria que o filho voltasse para casa.

Nunes contou que a mãe foi ouvida diversas vezes, e algumas questões começaram a intrigar os investigadores.

“Com o número de depoimentos que tínhamos, nós voltamos nosso radar para o comportamento da mãe. Primeiramente, o estado anímico da mãe. Desde o primeiro contato com a Polícia Civil, até o último contato que ela teve no dia de ontem [segunda], uma pessoa muito serena e muito tranquila em relação aos fatos”, explica.

A chefe de Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, disse que, desde o início, a polícia suspeitava da participação de alguém da família, caso houvesse um possível homicídio.

“Homicídio que foi cometido pela mãe, mas que não se pode, até então, afirmar se somente por ela. Temos que apurar ainda vários fatos do que aconteceu na noite do crime”, relata a delegada.

De acordo com o delegado Nunes, uma equipe da polícia faz buscas na casa da mãe para encontrar o medicamento que ela diz ter dado ao menino.

“Como ela teve acesso a esse medicamento? Se esse medicamento existia dentro da casa, quem usava esse medicamento? E a mãe sabia os efeitos desse medicamento no corpo humano? Tudo isso precisa ser investigado”, afirma o delegado.

A polícia informou que viu semelhanças entre a morte de Rafael e o caso do menino Bernardo Boldrini, morto em 2014, em Três Passos. O pai e a madrasta de Bernardo, e mais duas pessoas, foram condenados pelo homicídio no ano passado.

“Começamos a analisar o caso Rafael com o do menino Bernardo. Fizemos contato imediato com a doutora Caroline Bamberg [delegada do caso Bernardo], e na data de hoje ela já estaria se dirigindo para analisar os fatos. Ela disse: ‘Olha, isso é muito similar ao caso Bernardo'”.

Perícia na casa
O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Passo Fundo fez testes com luminol, que revela a presença de sangue, na sexta-feira (22), na residência onde o menino residia com a mãe, na casa da avó dele e também em um carro que estava na casa da mãe.

Conforme a perícia, foram encontrados vestígios do que parece ser sangue no veículo, que foram colhidos e enviados para análise em Porto Alegre, para confirmar se é sangue humano. O IGP e a polícia aguardam os resultados.

O caso
Rafael desapareceu em 15 de maio, quando foi dormir e, na manhã seguinte, não estava mais em casa. A residência onde o menino mora com a mãe e um irmão de 16 anos não possuía sinais de arrombamento no dia do sumiço.

Inicialmente, a mãe disse que havia levado uma coberta para o menino antes de dormir, e pensou que ele havia saído pela manhã.

A polícia ouviu ainda o depoimento de familiares, vizinhos e outras pessoas para compreender a dinâmica familiar e a personalidade do menino. Câmeras de monitoramento da cidade foram analisadas. O celular de Rafael foi levado à perícia para verificar possíveis dados apagados.

.

Casal trans aguarda chegada de filho e quem está grávido é o pai

“A minha luta contra a transfobia se faz pela visibilidade”, afirma a modelo trans e futura mãe, Danna Sultana, nascida na Colômbia

Nascida em Medellín (Colômbia), ela, que também é bailarina e atriz, aguarda pela chegada de seu primeiro filho, Ariel, gestado pelo noivo, o personal trainer Esteban Landrau, 32, um homem trans.

Isolados em Bayamón, Porto Rico, por causa da pandemia do novo coronavírus, Danna e Esteban compartilham nas redes sociais cada fase da gravidez, já aos oito meses. E a reação do público não poderia ser melhor, segundo relata a modelo. “Tivemos uma resposta muito positiva porque motivamos outras pessoas a não sentirem medo de ser trans”, conta.

A relação do casal teve início em 2019 e, de acordo com ela, o ponto alto do amor dos dois é o fato de terem muitas coisas em comum, como o desejo de começar uma família. Por isso, após se conhecerem, em Miami, nos Estados Unidos, decidiram parar com o tratamento hormonal para Esteban conseguir engravidar.

“Eu sou uma mulher trans, meu noivo é um homem trans. Por acaso, nos conhecemos e, a partir desse momento, soubemos que deveríamos ficar juntos. Agora, queremos ampliar a família e temos a oportunidade de fazer isso naturalmente, sabemos que é um caminho difícil em nível social, mas estamos juntos, nos amamos e é o amor que nos guia a educar nossos futuros filhos”, escreveu a colombiana.

Sobre a gravidez de Esteban, natural de Porto Rico, a futura mãe afirma que foi bastante tranquila, sem enjoos e desejos. “O nosso bebê, Ariel, será criado como cisgênero”, enfatiza — pessoas que se identificam com o gênero que lhe foi atribuído ao nascer são consideradas cisgênero ou cis, na abreviação.

Saiba mais sobre a gestação do homem trans no vídeo abaixo:

Transição de gênero e carreira
De acordo com Danna Sultana, sua transição para o gênero feminino começou em 2005, aos 21 anos, no momento em que decidiu alterar seu nome na carteira de identidade. “Sabia o quanto isso seria difícil devido à desinformação da sociedade”, lembra.

À época, em 2005, ela saiu da casa de sua família e mudou-se para Bogotá. Embora tenha crescido com o apoio e o amor da família, sua identificação como mulher trans em um ambiente conservador a fez tomar a decisão de deixar sua cidade e buscar oportunidades de se desenvolver artisticamente.

A carreira da modelo ganhou notoriedade nacionalmente após participar de um famoso reality show na capital, em 2012. Embora tenha sido muito bem aceita pelo público e reconhecida como a primeira pessoa trans a participar de um programa desse tipo, a modelo decidiu deixar o país porque não se sentia protegida. “A Colômbia não se preocupa com os transexuais”, explica.

Depois de várias participações em produções da TV colombiana, Sultana queria continuar crescendo como artista e embarcou para Buenos Aires, na Argentina, atraída pela ampla oferta cultural e pela maior aceitação da comunidade LGBT no país.

Algum tempo depois, voltou à Colômbia para trabalhar na televisão e, assim, surgiu a oportunidade de atuar como artista em clubes de Miami e Nova York, cidade onde vivia até antes da pandemia.

Crédito: Arquivo Pessoal O casal trans vai criar a criança como cisgênero, segundo a modelo

Transfobia NÃO!
Após perceber-se com um gênero diferente do que lhe foi atribuído ao nascer, uma pessoa transgênero passa a enfrentar uma verdadeira luta para viver sua identidade. Especialmente no Brasil, onde casos de transfobia são recorde mundial.

Apesar de transfobia e homofobia não serem a mesma coisa – um diz respeito à violência contra a identidade de gênero e o outro à orientação sexual – a criminalização da homofobia pelo STF, em junho de 2019, se estende a toda comunidade LGBT e também equipara atos transfóbicos ao crime de racismo. Nesta matéria aqui, explicamos como denunciar esse tipo de crime.

Mãe usa seu corpo como escudo para proteger sua bebê de tempestade de granizo

Esta mulher usou o próprio corpo como escudo para proteger o seu bebê de uma tempestade de granizo. Para uma verdadeira mãe, nada é mais importante do que a vida de seu filho.

Durante uma tempestade de granizo na última quinta-feira, 11, Fiona Simpson, uma mãe de Queensland, na Austrália, saiu de carro com a filha e a avó da menina esperando ser mais um passeio normal. Mas infelizmente, as pedras de granizo se chocaram contra a janela traseira do carro, enchendo a bebê de vidro e gelo.

(Foto: Reprodução/Facebook)

Algumas das pedras eram do tamanho de bolas de tênis. Para proteger a filha, Fiona se jogou no banco de trás, o que a fez sofrer graves contusões. “Eu não pude pensar na dor. Apenas me coloquei em cima dela. Não havia tempo para se preocupar com mais nada”, contou a mãe em entrevista ao Tem Eyewitness News.

As costas, braços e cabeça de Fiona ficaram completamente expostos, o que deixou seu corpo muito machucado e com vergões do granizo. Ela decidiu alertar outras mães da região e fez uma publicação no Facebook:

(Foto: Reprodução/Facebook)

“Aprendi a minha lição hoje, nunca conduza em uma tempestade de granizo! Estacionei no lado da estrada quando a tempestade ficou pesada e o gelo estourou as nossas janelas. Cobri a minha filha com o meu corpo para impedi-la de ficar ferida. Por favor, por favor, tenha cuidado nessa época de tempestade”.

Casos de covid-19 em crianças até 9 anos sobem 50 vezes em SP no último mês

A Covid-19 avançou por todo o Brasil em todas as faixas etárias entre abril e maio, mas um grupo que até o início de abril era pouco representado nas estatísticas teve um aumento mais significativo no período: o de crianças de até nove anos.

Levantamento de exames feitos em rede de laboratórios privada apontou que o número de crianças de até nove anos com teste positivo para a Covid-19 aumentou sete vezes em um mês. A taxa de positividade foi de 1,4% até 3 de abril para 9,09% desta data até 14 de maio.

A maior concentração dos exames foi no estado de São Paulo (90%), mas foram levantados dados também de Pernambuco e Rio de Janeiro. Do total de exames realizados na rede –71,4 mil, até o dia 14 de maio–, 5% englobavam a faixa de 0 a 29 anos.

Em todo o estado de São Paulo, até o dia 3 de abril eram 15 os casos de Covid-19 na faixa etária de 0 a 9 anos. Já em maio, 755 crianças tiveram resultado positivo para o novo coronavírus, um aumento de 50 vezes.

Para comparação entre outras faixas etárias, até abril havia 40 jovens de 10 a 19 anos com confirmação do coronavírus e 580 casos entre 20 e 29 anos. Em maio, os casos entre 10 a 19 anos e de 20 a 29 anos tiveram um aumento de 25 e 13 vezes, respectivamente, em relação ao mês anterior, com 1.000 casos acumulados para o primeiro grupo e 7.682 casos para o segundo grupo.

O município de São Paulo também viu o número de casos em crianças e jovens aumentar. Até o dia 31 de março, eram dois casos confirmados de crianças de até nove anos, apenas um caso para adolescentes de 10 a 19 anos e 19 casos de jovens de 20 a 29 anos.

Já no balanço de 1º de abril a 8 de maio, o número de casos cresceu 39, 46 e 17 vezes nas faixas etárias de 0 a 9, 10 a 19 e 20 a 29 anos, respectivamente.

Pernambuco foi o que apresentou maior escalada: crianças de 0 a 9 anos passaram de um caso confirmado até 3 de abril para 234 casos no dia 17 de maio, um aumento de mais de 200 vezes. Esse número, porém, pode ser reflexo de um aumento na coleta de amostras, uma vez que no início da pandemia só eram testados pacientes com quadros graves e profissionais de saúde.

Em relação aos jovens de 10 a 19 anos, o número de casos até o dia 3 do mês passado era apenas 3 e aumentou para 173 no boletim de 17 de maio, uma alta de quase 60 vezes.

Já no Rio de Janeiro, no mesmo período o número de casos confirmados cresceu por volta de 5, 7 e 6 vezes, nas faixas etárias de 0 a 9 anos, 10 a 19 e 20 a 29 anos, respectivamente. Essa taxa se manteve praticamente a mesma entre as demais faixas etárias até 59 anos.

As faixas acima de 60 anos tiveram crescimento maior no estado fluminense, com aumentos de 8 a 10 vezes no comparativo com o mês de abril.

A médica Denize Ornelas, integrante da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, diz que há viés nos dados, pois na rede privada qualquer paciente pode fazer o exame, enquanto na pública só são testados os internados com síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em estado grave. “Como estamos falando de testes RT-PCR, existe desigualdade no acesso de quem não está com sintomas graves, mais evidente nas regiões periféricas. Seria muito importante ter esses dados estratificados, pois a minha percepção é que as pessoas estão buscando mais e estão conseguindo fazer o teste”, avalia.

Segundo Ornelas, com o aumento de testes, é natural que exista aumento de casos confirmados em crianças e jovens que são assintomáticos, pois essas faixas etárias não apresentam sintomas e não são hospitalizadas. Por outro lado, no SUS não há testagem de crianças e jovens assintomáticos.

Ornelas diz que outro viés é que até hoje o governo federal não divulgou o número total e a taxa de positividade de todos os testes feitos no Brasil. “Só assim poderemos saber qual o significado dessa incidência”.

Na avaliação da médica, uma taxa de positividade em torno de 5% em crianças e jovens de até 29 anos estaria de acordo com o observado em outros países, onde esses grupos aparecem dentro da parcela de assintomáticos.

Não está claro ainda também como a doença se desenvolve nas crianças, que em geral apresentam menos sintomas, e se elas realmente transmitem menos o vírus.

De acordo com Ornelas, internações de crianças por outras doenças respiratórias, como influenza e virose sincicial respiratória, são comuns nesta época, mas diminuíram em 2020.

“Vimos uma diminuição das internações em UTIs de São Paulo de crianças por esses vírus. Por estarem dentro de casa, a maior probabilidade é de contraírem o Sars-CoV-2 de um adulto que saiu para trabalhar. A etiologia das doenças respiratórias nas crianças nesse momento muda, e por isso estamos vendo casos de Covid-19 nas crianças.”

Nos jovens, no entanto, o contágio esta mais ligado à condição social. O aumento no número total de testados está associado à necessidade de sair para trabalhar, uma vez que esse grupo se expõe mais ao risco de contágio.

No entanto as internações por síndromes respiratórias é que vão dizer se esses jovens representam ou não uma maior preocupação de agravamento de quadro e se o avanço da doença nessa faixa deve ser observado com maior atenção ou não, afirma Ornelas.

“Nos EUA, a hipótese que foi levantada para os jovens é de associação com comorbidades, como obesidade, diabetes e hipertensão. No Brasil, não estamos vendo essa associação com diabetes e hipertensão porque essas doenças são menos frequentes nos jovens, mas pode estar ligado ao sedentarismo ou ao tipo de condição social, e é isso que precisamos investigar.”

Luiz, de 27 anos, foi a vítima fatal mais jovem da covid-19 em Sorocaba

O vendedor Luiz Ricardo, foi a vítima mais jovem a morrer pela covid-19 em Sorocaba, ele tinha apenas 27 anos e ficou menos de 24 horas internado por conta do vírus.

Luiz trabalhava como vendedor de bebidas em uma loja no Jd. Novo Horizonte, na zona norte de Sorocaba. Ele era casado e não tinha filhos. E segundo a família, os cuidados como máscaras de proteção e álcool em gel eram tomados.

*As informações sobre o caso do Luiz são do site G1, e você pode ver a matéria completa CLICANDO AQUI.

Números da covid-19 em Sorocaba

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), registrou mais oito novos casos confirmados da Covid-19 nesta segunda-feira (25). Com isso, a cidade chegou ao total de 685 casos. Deste total, 34 estão internados (15 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação atingiu 611. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 40.

A cidade também passou de 170 para 175 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 58 estão internados em hospitais da cidade, sendo 13 em UTI. Os óbitos em investigação continuam em três. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.598.

Bebê nasce com mais de 5 kg e 54 cm e surpreende a família: ‘nasceu criado’

Segundo a mãe, ninguém esperava que ele fosse nascer tão grande, pois 12 dias antes do nascimento tinha 3,8 kg. Arthur é considerado do tamanho de um bebê de três meses.

Com mais de cinco quilos e 54 centímetros, o recém-nascido Arthur França Marcante chamou a atenção dos pais dele e da equipe média do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP), em Cascavel.

Arthur é do tamanho de um bebê de três meses, segundo a pediatra — Foto: Káuana França/Arquivo pessoal

“Foi uma surpresa! No dia 11 de maio eu fiz ultrassom e ele estava pesando 3,8 quilos. Ele engordou muito nos últimos dias”, contou a mãe Káuana Vaccari França.

A mãe de primeira viagem disse ainda que toda a família ficou surpreendida com a foto do novo membro.

“Quando contei para minha mãe ela disse: ‘eu esperava um bebezinho, mas ele já nasceu criado'”, relembrou.

Arthur é do tamanho de um bebê de três meses, segundo a pediatra — Foto: Káuana França/Arquivo pessoal

Conforme a pediatra Estela Cristina, casos como o do Arthur são atípicos e, por causa do sobrepeso, ele está sendo monitorado na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI).

Não há previsão de quando o bebê irá para casa, mas a mãe contou que, apesar dos cuidados necessários, ele está bem e esperam receber alta logo.

Grande bebê
Káuana disse que espera que o filho seja grande quando ficar mais velho, não só pela surpresa do nascimento, mas também porque o marido dela, Renato Marcante, tem 1,97 metro de altura.

O tamanho da criança fez com que a mãe optasse por fazer cesárea. Por isso, com os pontos, ela teve dificuldade em segurar a criança.

“Eu mal consegui pegar ele no colo, é bem pesado. A pediatra disse que o tamanho dele é considerado para um bebê de três meses.”

Encontrado corpo de menino desaparecido há 10 dias; mãe confessou o crime

Ele foi localizado às 17h30. Segundo a Chefe de Polícia Civil, Nadine Anflor, Alexandra Dougokenki confessou ter dado medicamento a Rafael Mateus Winques, de 11 anos.

A Polícia Civil encontrou o corpo de Rafael Mateus Winques, de 11 anos, que estava desaparecido desde o dia 15 em Planalto, na Região Norte do estado. Ele foi localizado por volta das 17h30 e, segundo a Chefe de Polícia Civil, Nadine Anflor, a mãe do menino, Alexandra Dougokenki, confessou o crime.

De acordo com a delegada, ela teria dado um medicamento para o filho, considerado por ela um menino nervoso.

“A primeira versão é de um homicídio culposo. Mas agora vai ser apurado. Ela está sendo ouvida. Vamos representar agora”, diz Nadine, que informou que pediu a prisão preventiva da mulher à Justiça.

A informação também foi confirmada pelo delegado Joerberth Nunes, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), e pelo Conselho Tutelar de Planalto.

Conforme a polícia, o corpo estava enrolado em um lençol em uma antiga casa da família próximo à casa dele.

Rafael desapareceu 15 de maio, quando foi dormir e, na manhã seguinte, não estava mais em casa. Conforme a polícia, nenhuma linha de investigação foi abandonada e o caso foi tratado como prioridade.

A casa onde Rafael mora com a mãe e um irmão de 16 anos não possuía sinais de arrombamento no dia do desaparecimento. Inicialmente, a mãe disse que havia levado uma coberta para o menino antes de dormir, e pensou que ele havia saído pela manhã.

A polícia ouviu ainda o depoimento de familiares, vizinhos e outras pessoas para compreender a dinâmica familiar e a personalidade do menino. Câmeras de monitoramento da cidade foram analisadas. O celular de Rafael foi levado à perícia para verificar possíveis dados apagados.

Doria vai mudar e prolongar quarentena em SP a partir de 1º de junho

Regras de flexibilização do isolamento social serão diferentes de acordo com o grau de contaminação das cidades e regiões

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta segunda-feira, 25, que irá decretar um novo prolongamento da quarentena a partir de 1º de junho, quando se encerra o prazo definido por ele para paralisação das atividades não essenciais em todo estado e anunciado em 8 de maio.

Em entrevista ao canal Globonews, Doria disse que o próximo período de quarentena será heterogêneo no estado, de acordo com o grau de contaminação de cidades e regiões. Os detalhes serão apresentados em entrevista coletiva marcada para a manhã desta quarta-feira, 27. “Evidentemente que vamos ter uma nova quarentena, mas de forma inteligente e não de forma homogênea, como vem sendo feita”, disse.

O tucano já havia anunciado um plano de flexibilização da quarentena, que teve a sua implantação adiada no início de maio devido ao aumento da curva de casos confirmados no estado. Entre as medidas de retomada das atividades que seriam anunciadas pelo governo sob o projeto batizado de Plano São Paulo – e válidas para todo o estado -, estão a reabertura de salas de cinema com limitação de assentos a partir da técnica “tabuleiro de xadrez” (alternando poltrona ocupada com poltrona vazia), sistema de escaneamento de ingressos para evitar o contato com funcionários e venda de bebidas e alimentos somente em pacotes fechados. Nos parques, as medidas restritivas incluem permissão para atividades físicas de forma individual ou em grupos de pessoas que vivem na mesma casa.

O uso de bancos será proibido. Nos salões de beleza, as reaberturas serão com quadro reduzido de funcionários e uso obrigatório de mecanismo de limpar sapatos com hipoclorito de sódio antes de entrar no estabelecimento. Nas academias de ginástica, será restringida a entrada de um cliente para cada 4m². As regras tiveram como inspiração práticas estabelecidas em países como Estados Unidos, Alemanha e Dinamarca. O plano de retomada está sendo gerido pela equipe econômica de Doria e liderada pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen.

Para aumentar o índice de isolamento social, foi decretado feriadão de seis dias consecutivos na capital paulistana com a antecipação de três datas comemorativas — duas municipais e uma estadual. A medida foi criada na expectativa de aumentar os índices de isolamento em todo estado, que estão por volta de 50%, abaixo, portanto, dos 70% preconizado pelas autoridades médicas necessários para achatar a curva de novos casos. O feriadão, porém, refletiu pouco no isolamento social, que atingiu o ápice de 56% neste domingo, 24, segundo dados do governo estadual.

De acordo com recomendação do Conselho Nacional de Saúde (CNS), estados e municípios devem decretar lockdown, um isolamento social mais rígido, em locais com alto índice de contaminação que não atinjam a marca de 60% da população em casa. Doria afastou a possibilidade de enrijecer as medidas de isolamento dias depois de o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), ter cogitado publicamente a possibilidade. Na mesma entrevista a Globo News, Doria disse que se reuniu com Covas neste domingo e que chegaram a um acordo para evitar o lockdown em São Paulo.

O Estado de São Paulo é um dos mais afetados pelo coronavírus em todo país. Até este final de semana, o estado registrou mais de 83.600 casos confirmados e 6.220 mortes causadas pela doença, o que representa 27% do total de mortes calculadas em todo país.

Polícia Militar apreende várias motos em Sorocaba por direção perigosa e documentação irregular

Na data de ontem (24), uma operação realizada pela Av. Victor Andrews e bairro Boa Esperança/Éden em Sorocaba, foram apreendidas diversas motos em direção perigosa / documentos irregulares.

A Base Comunitária de Segurança João Theodoro, publicou a ação em suas redes sociais:

Quase 90% das pessoas que contraíram covid-19 em Sorocaba já se recuperaram

Para ser mais exato 89,2% das pessoas que testaram positivo para covid-19 em Sorocaba já se recuperaram até está segunda (25), sendo 685 casos confirmados e 611 recuperados

O número é animador, mas ainda, é extremamente necessário que as pessoas respeitem o isolamento social na cidade, pois a taxa de isolamento em Sorocaba está abaixo do recomendado.

Quem puder, precisa ficar em casa, para que o número de pessoas confirmadas com covid-19 não aumentem. Na sexta (22), a taxa de isolamento Sorocaba foi de 42% e no sábado (23), foi de 46%; a taxa estabelecida pelo Governo de SP é de 55%.

Boletim atualizado do coronavírus em Sorocaba

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), registrou mais oito novos casos confirmados da Covid-19 nesta segunda-feira (25). Com isso, a cidade chegou ao total de 685 casos. Deste total, 34 estão internados (15 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação atingiu 611. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 40.

A cidade também passou de 170 para 175 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 58 estão internados em hospitais da cidade, sendo 13 em UTI. Os óbitos em investigação continuam em três. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.598.

Sorocaba chega a 685 casos confirmados de Covid-19, e 611 já estão recuperados

Número de casos confirmados com o novo coronavírus chega a 685 em Sorocaba

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), registrou mais oito novos casos confirmados da Covid-19 nesta segunda-feira (25). Com isso, a cidade chegou ao total de 685 casos.

Deste total, 34 estão internados (15 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação atingiu 611. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 40.

A cidade também passou de 170 para 175 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 58 estão internados em hospitais da cidade, sendo 13 em UTI.

Os óbitos em investigação continuam em três. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.598.

Idosa perde o controle do carro e atinge stand de vendas em Sorocaba; vídeo

NOTA RÁPIDA: Hoje (25) pela manhã, uma motorista de 62 anos perdeu o controle do carro e bateu em um stand de vendas na Av. São Paulo. Segundo Informações, graças a Deus a senhora passa bem. Assista ao vídeo abaixo:

Cura do câncer: Julius de ‘Todo mundo odeia o Chris’ celebra vitória da esposa contra o câncer

O ator Terry Crews é muito querido aqui no Brasil, isso se da em conta de suas participações nas produções marcantes como na série ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, no filme ‘As Branquelas’ e atualmente na série ‘Brooklin 99’. Mas por mais que seja uma pessoa com muito bom humor, esconder sua preocupação com sua esposa estava difícil. Confira essa mensagem que ele mandou para todos os fãs brasileiros:


A esposa do ator, Rebecca King Crews, passou por uma grande batalha em sua vida, e tinha ao seu lado seu marido como principal apoio. Rebecca descobriu no ínicio do mês de março que estava com câncer, e viveram o drama dessa doença junto com os efeitos ocasionados pela pandemia.

“Foi realmente a notícia mais assustadora que eu já recebi”, contou Terry Crews sobre essa descoberta. A esposa do ator passou por duas mastectomias, “Ela é incrível. Está se recuperando tão bem. Mas vou te falar, cara, foi assustador”, continuou o ator durante uma entrevista.

Na última terça-feira, 19 de maio, Terry Crews e sua esposa Rebecca, participaram do Talk Show ‘The Late Show’, que é apresentado por James Corden. Os dois recordaram sobre como foram os passos na batalha contra essa doença, inclusive Rebecca realizou uma cirurgia de reconstrução.”Eu estou bem e curada! E ele maravilhosamente cuidou de mim”, disse a esposa do ator.


Os trabalhos atuais de Terry Crews na televisão incluem o seu papel como policial Terry Jeffords na série Brooklyn Nine-Nine, cuja sétima temporada esteve no ar até o mês passado. Além disso, o ator participa como apresentador do reality show musical America’s Got Talent, que terá uma nova temporada com início no próximo dia 26 de maio.

Reunião evangélica sofre intervenção de fiscais em Sorocaba

A Catedral Evangélica de Sorocaba foi alvo de fiscalização da Prefeitura de Sorocaba na manhã deste domingo (24) em Sorocaba.

Assista abaixo ao vídeo, onde o Pastor Flávio Antônio, falou sobre o ocorrido, nas redes sociais da igreja:


Fiéis e membros de outras igrejas na cidade questionaram a fiscalização na manhã deste domingo, veja abaixo:

Entramos em contato com a Comunicação da Prefeitura de Sorocaba e perguntamos o porquê desta fiscalização na igreja, e recebemos a seguinte nota:

“A Prefeitura Municipal informa que teve conhecimento da ação fiscalizatória na igreja evangélica na manhã deste domingo (24). Ressalta que é do conhecimento público existir normativa legal sobre o formato de atividades religiosas diante da Pandemia do coronavírus que não permite aglomerações para evitar a disseminação da doença. Ressalta que não houve nenhuma medida coercitiva, sendo os responsáveis orientados quanto à normativa. A Prefeitura de Sorocaba ressalta ainda que aguarda a possibilidade de nova regulamentação diante das instruções dos órgãos de saúde a vista da curva epidemiológica e estabilização do sistema público de saúde.”

Com pressão alta, diabetes e câncer de pele, senhora de 94 anos vence Covid-19: ‘Guerreira’

Dona Maria da Mata Mussi, moradora de Nova Granada (SP), também tem marcapasso. Atualmente, ela está morando com familiares e passa bem.

Aos 94 anos, Maria da Mata Mussi comemora ao lado dos familiares o fato de ter superado o novo coronavírus. Moradora de Nova Granada (SP), a idosa é portadora de pressão alta, diabetes, faz tratamento contra câncer de pele e tem marcapasso.

A recuperação dela era uma incógnita para os médicos que a trataram durante os sete dias que permaneceu internada no Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP). Contudo, a aposentada não precisou sequer ser entubada e pôde retornar para casa, onde cumpriu 14 dias de isolamento.

Em entrevista ao G1, a advogada Mariana Eleodoro Mussi contou que a avó viajou em janeiro a São Paulo para fazer tratamento contra o câncer de pele no Hospital das Clínicas. Contudo, as consultas foram desmarcadas por conta da pandemia de Covid-19, e a idosa permaneceu hospedada na casa de um parente.

“Em abril, ela começou a ficar doente, a sentir falta de ar e a tossir. Então, minha tia a levou em um Pronto-Socorro da Barra Funda. Os médicos disseram que era suspeita de coronavírus e colheram o material dela no dia 28 de abril”, relembra a neta de 27 anos.

Dois dias depois, Maria precisou ser levada para o hospital campanha do bairro Anhembi-Morumbi. O resultado do teste rápido ficou pronto em 1º de maio e deu negativo para Covid-19. No entanto, a idosa precisou de oxigênio, porque os médicos constataram que a saturação dela estava baixa.

Região tem mais de 1, 4 mil casos de coronavírus; veja em tempo real
Preocupada com a possibilidade de o quadro da aposentada piorar, a família decidiu trazê-la a Rio Preto. Ao chegar no município do interior de São Paulo, Maria foi levada ao Hospital de Base e fez outro exame. O resultado, dessa vez, foi positivo para Covid-19.

“Ficados desesperados com a notícia. Vemos tantos exemplos de pessoas mais novas que perderam a vida, e a minha avó tem marcapasso, diabetes, hipertensão, câncer de pele e 94 anos de idade. Até os médicos não acreditavam na recuperação dela”, afirma a advogada.

Maria ficou internada do dia 1º até 8 de maio. Os médicos refizeram todos os exames e decidiram que ela poderia retornar para a casa. Ao chegar no imóvel da família, ela precisou ficar isolada durante 14 dias.

“O isolamento acabou no dia 21 de maio. Ela refez o exame e deu negativo para Covid-19”, afirma a neta, que complementa:

“Foi a melhor sensação poder tê-la de volta conosco. Minha avó foi realmente uma guerreira. Atualmente ela está bem, comendo e andando. Os médicos acreditavam que ela teria dificuldades para andar pelo fato de ter um desgaste no quadril e por ter ficado muito tempo deitada, mas ela já pegou o andador e começou a caminhar no segundo dia. Está super lúcida”.

EUA anunciam proibição de entrada de pessoas vindas do Brasil

Segundo comunicado, a ação vai garantir que estrangeiros no Brasil não se tornem fonte adicional de infecções de coronavírus

Por conta do aumento de casos de coronavírus no Brasil, os Estados Unidos anunciaram neste domingo, 24, a proibição da entrada de viajantes vindo do país.

O Brasil ocupa o segundo lugar entre os países com o maior número de contaminados, atrás apenas dos Estados Unidos, que tem mais de 1,6 milhões de casos. O presidente americano Donald Trump já havia indicado que faria o bloqueio há alguns dias.

Neste domingo, o Brasil chegou a 363.211 casos confirmados de covid-19 e 22.666 mortes.

De acordo com comunicado da secretária de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany, a ação vai garantir que estrangeiros no Brasil não se tornem fonte adicional de infecções.

Festa Junina Beneficente de Votorantim neste ano terá início dia 13 de Novembro

Festa Junina de Votorantim divulga nova data

A organização da 105ª Festa Junina Beneficente de Votorantim divulgou, nesta sexta-feira (3), o adiamento do evento, que já tem uma nova data: a festa terá início no dia 13 de novembro e encerramento em 8 de dezembro, no aniversário de Votorantim.

A missão da festa – considerada a maior e mais tradicional festa junina do Estado de São Paulo – é fomentar ações sociais por meio das entidades e, nesta edição, 18 farão parte do evento. O valor arrecadado na festa ajuda as entidades a manter seu trabalho social durante todo o ano. Além disso, o evento fomenta a economia local e regional em diversos setores, como transporte, turismo e alimentação.

Segundo a organização, 90% da grade shows será mantida, com contrato fechado! Os artistas Roberto Carlos e Roupa Nova não estarão presentes na nova data, devido a suas agendas já estarem preenchidas. Em breve a produção divulgará o novo line-up com todas as atrações.

View this post on Instagram

COMUNICADO! ⠀ Seguindo as orientações da autoridades de saúde, a 105ª Festa Junina Beneficente de Votorantim foi ADIADA para as datas de 13/11 a 08/12. ⠀ Grande parte dos artistas e bandas anunciados continuam confirmados, sendo que apenas os shows do Roberto Carlos e Roupa Nova foram cancelados por incompatibilidade na agenda. ⠀ Em breve, teremos atrações SURPRESA que serão anunciadas, trazendo ainda mais alegria e música boa para a nossa festa. ⠀ Os ingressos já adquiridos continuam válidos, então guarde-os! As pessoas que não puderem comparecer nas novas datas, podem solicitar o reembolso pelo site. ⠀ Nos preocupamos com você, fã e fiel seguidor da Festa Junina, e estamos ansiosos para vivermos esta grande celebração juntos! ⠀ #festajuninadevotorantim #votorantim #vivaentretenimento #festajunina

A post shared by Festa Junina De Votorantim (@festajuninavotorantim_oficial) on

Ingressos

Para quem já adquiriu o ingresso e não puder comparecer devido a mudança de data, a organização do evento explica que ninguém será lesado e os valores serão devolvidos para quem adquiriu os ingressos, sem burocracia e nenhum ônus. Apenas acessando o site oficial e pedindo o reembolso.

SERVIÇO

Data: de 13 de novembro a 8 de dezembro

Local: Praça Lecy de Campos, na avenida 31 de Março, Votorantim

Informações: (15) 98800-2222

Redes sociais: Instagram.com/festajuninavotorantim_oficial e facebook.com/festajuninavotorantimoficial

Pizza gigante com 32 pedaços é sucesso nessa quarentena em Sorocaba; fotos

E que Sorocabano que não gosta de uma pizza? Agora imagina uma pizza de 32 pedaços!?

É isso que a pizzaria Bella Rosa oferece, pizzas gigantes com 32 pedaços, que são conhecidas como pizzas TREM, com até 4 sabores diferentes, (exceto sabores especiais) por R$79,90.

O whats é o 15 99105 8291. Essa pizza serve uma família inteira! Confira algumas fotos abaixo:

View this post on Instagram

A maior de Sorocaba venha conferir!

A post shared by Pizzaria Bella Rosa (@pizzariabellarosa) on

Filmes de criança que fazem qualquer adulto chorar até desidratar

Tente não se emocionar com qualquer filme desta lista!

Há um lugar especial para a infância na memória afetiva de um cinéfilo. Seja com fitas de VHS de animações da Disney, nos DVDs de filmes como Shrek, diante da telinha nas sessões vespertinas da TV aberta ou diante do fascínio proporcionado por uma telona nos cinemas, a experiência dos pequeninos com a cultura, e, em especial com os filmes, é muito importante. Além de entreter e divertir, filmes ajudam pessoas de todas as idades, inclusive crianças, a lidar com seus sentimentos.

Algumas produções voltadas para crianças são tão emocionalmente impactantes que nem mesmo os adultos passam incólumes às lágrimas que elas proporcionam. Viva – A Vida É uma Festa é um desses filmes. A Pixar, muitas vezes, deveria recomendar que os espectadores dos filmes do estúdio levassem lencinhos para as sessões de seus filmes, já que eles são especialistas em fazer crianças e adultos se unirem nas lágrimas.

Com a chegada de Viva – A Vida É uma Festa ao Telecine Play, serviço de streaming para assinantes da Rede Telecine com milhares de filmes, o AdoroCinema aproveitou para lembrar de outros filmes de criança que fizeram adultos chorarem até desidratar. Confira a lista abaixo.

Viva – A Vida É Uma Festa

Como já dissemos anteriormente, Disney e Pixar sabem como conquistar suas lágrimas e em Viva – A Vida É uma Festa há uma verdadeira montanha russa de emoções. No primeiro filme do estúdio dedicado à cultura latina com um elenco de vozes condizente com o contexto da trama, aborda-se temas como família, memória e saudade. Vai ser difícil segurar a emoção ao acompanhar a jornada do menino Miguel em busca de suas origens, mesmo que isso envolva transitar entre o mundo dos vivos e dos mortos. O filme venceu o Oscar de melhor canção original (por “Remember Me”) e de melhor animação.

Up – Altas Aventuras

Outro destaque da Pixar é a animação Up – Altas Aventuras, que conquistou os corações dos fãs já no prólogo da produção vencedora do Oscar de melhor trilha sonora e melhor animação. O segmento mostra a relação entre Carl e Ellie, ainda na infância, e narra resumidamente, mas de forma intensa e bem humorada, como eles se tornaram um casal e viveram uma bela vida juntos até ele ficar viúvo e nosso coração se partir junto.

Bambi

A quinta animação da Disney conta com uma das mortes mais chocantes da história das animações, talvez igualada apenas pela morte de Mufasa em O Rei Leão. Trata-se do dramático abate por um caçador da amável mãe do veado Bambi. Quando o pequeno protagonista chama por sua genitora e não recebe resposta é impossível não se abater. O ex-beatle Paul McCartney, um dos ativistas pelos direitos dos animais mais conhecidos do mundo, afirma que o filme o conscientizou, ainda na infância, a defender a dignidade animal.

Túmulo dos Vagalumes

Túmulo dos Vagalumes é um filme tão devastador que vale a pena até se perguntar se a produção é mesmo adequada para crianças, mesmo que a classificação indicativa não impeça que os mais novos vejam o anime. A produção japonesa acompanha o vagar melancólico dos irmãos Setsuko e Seita, que ficaram órfãos após um bombardeio no Japão e precisam sobreviver no país derrotado pós-Segunda Guerra Mundial.

O Gigante de Ferro

Brad Bird (Ratatouille) mostrou em O Gigante de Ferro, sua estreia como diretor, que a amizade vale a pena. O filme acompanha a dedicação e os sacrifícios que envolvem a relação entre um menino e um robô alienígena ameaçado pelo governo.

Vinho mata até 99% das bactérias que causam infecções na garganta; diz estudo

É muita vantagem para quem toma uma taça de vinho!!

Um estudo da Universidade de Pavia, na Itália, divulgado no “Journal of Agricultural e Food Chemistry” descobriu que um dos componentes do vinho possui potencialidade para matar até 99% das bactérias causadoras de infecções na garganta e que são as mesmas que dão origem às cáries.

A substância antibacteriana foi descoberta tanto no vinho tinto quanto no branco. Uma boa notícia para as pessoas que amam o vinho.

“Concluímos que este efeito age contra os estreptococos orais patogênicos e também é ativo na prevenção de cárie e patologias do trato respiratório superior”, assegurou Maria Daglia, uma das pesquisadoras.

“Diversos estudos mostram que o consumo moderado da bebida é benéfico para a saúde humana, como proteção contra doenças do coração e até cancro”, concluiu.

Quem queria um motivo para beber vinho, já o tem. Contudo, vale ressaltar que é somente uma taça de vinho diariamente. Aproveite esses benefícios.

Fotos de ambulância da covid-19 prestando socorro, assusta moradores em Sorocaba

Um homem passou mal no Wanel Ville em Sorocaba neste final de semana com sintomas da covid-19 e uma ambulância com os dizeres “Coronavírus / Covid-19” chegou ao local para fazer o socorro. A imagem assustou os internautas e os moradores da região.

Entramos em contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba, que confirmou o caso e nos enviou a seguinte nota:

“Um senhor de 77 anos , andando pela rua , começou a passar mal com falta de ar de início súbito . Ele pediu ajuda ao estabelecimento próximo, que prontamente acionou o SAMU às 17:40h . Segundo relatório na ficha de regulação, iniciou-se o protocolo de assistência para suspeita da casos respiratórios para possível suspeita de Covid-19 e encaminhada a viatura do SAMI imediatamente.
O paciente foi atendido prontamente e encaminhado ao PA – Zona Leste para dar sequência ao atendimento especializado do mesmo.”

O nome ou estado de saúde do paciente não foram divulgados . A foto foi tirada na esquina entre a rua Ramzia El Hadi e a Avenida Paulo Emanuel de Almeida, no bairro Wanel Ville, zona oeste de Sorocaba, Como visto em uma imagem do Google Maps abaixo:

Covid-19 em Sorocaba:

Mais 19 novos casos do novo coronavírus foram confirmados neste domingo (24) em Sorocaba. Com isso, a cidade chegou ao total de 677 casos. Deste total, 34 estão internados (14 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação atingiu 603. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 40.

A cidade também passou de 189 para 170 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 56 estão internados em hospitais da cidade, sendo 12 em UTI. Os óbitos em investigação continuam em três. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.583.

Homem passa mal e é socorrido pela ambulância da covid-19 no Wanel Ville em Sorocaba

O senhor de 77 anos, passou mal no Wanel Ville em Sorocaba, e com sintomas de Covid-19, ele foi socorrido para o P.A da Zona Leste; a cena assustou moradores da região

Um homem passou mal no Wanel Ville em Sorocaba neste sábado (23), com sintomas da covid-19 e uma ambulância com os dizeres “Coronavírus / Covid-19” chegou ao local para fazer o socorro. A imagem assustou os internautas e os moradores da região.

Entramos em contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba, que confirmou o caso e nos enviou a seguinte nota:

“Um senhor de 77 anos , andando pela rua , começou a passar mal com falta de ar de início súbito . Ele pediu ajuda ao estabelecimento próximo, que prontamente acionou o SAMU às 17:40h . Segundo relatório na ficha de regulação, iniciou-se o protocolo de assistência para suspeita da casos respiratórios para possível suspeita de Covid-19 e encaminhada a viatura do SAMU imediatamente.
O paciente foi atendido prontamente e encaminhado ao PA – Zona Leste para dar sequência ao atendimento especializado do mesmo.”

O nome ou estado de saúde do paciente não foram divulgados. A foto foi tirada na esquina entre a rua Ramzia El Hadi e a Avenida Paulo Emanuel de Almeida, no bairro Wanel Ville, zona oeste de Sorocaba, Como visto em uma imagem do Google Maps abaixo:

Casos de covid-19 em Sorocaba

Mais 19 novos casos do novo coronavírus foram confirmados neste domingo (24) em Sorocaba. Com isso, a cidade chegou ao total de 677 casos. Deste total, 34 estão internados (14 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação atingiu 603. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 40.

A cidade também passou de 189 para 170 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 56 estão internados em hospitais da cidade, sendo 12 em UTI. Os óbitos em investigação continuam em três. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.583.

Em 24h, Sorocaba registra mais 19 casos confirmados de Covid-19 e total chega a 677

Sorocaba registra total de 677 casos confirmados da Covid-19

Mais 19 novos casos do novo coronavírus foram confirmados neste domingo (24) em Sorocaba. Com isso, a cidade chegou ao total de 677 casos. Deste total, 34 estão internados (14 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação atingiu 603. Os óbitos com a confirmação da doença continuam em 40.

A cidade também passou de 189 para 170 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 56 estão internados em hospitais da cidade, sendo 12 em UTI. Os óbitos em investigação continuam em três. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.583.

Pesquisa mostra que pandemia fez número de casamentos cair até 61% no Brasil

Agência Brasil – Pesquisa feita pela plataforma digital Icasei mostra que a pandemia do novo coronavírus causou queda expressiva no número de casamentos no Brasil. Segundo o levantamento, o número de cerimônias, após o dia 11 de março, registrou uma queda de até 61,2% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

A pesquisa mostra também que, como reflexo da quarentena, houve uma queda, após 11 de março, de 87,2% no número de confirmação de presença dos convidados às cerimônias. Segundo o levantamento, foi observado ainda uma queda de 97% no acesso dos convidados à lista de presentes virtual dos noivos, o que indicaria que, por conta do isolamento social, os convidados estão deixando de presentear os noivos.

De acordo com a pesquisa, 32% dos casais com casamento marcado para o período de quarentena disseram que não precisaram mudar a data ou que ainda estão aguardando para decidirem o que vão fazer; 61% responderam que adiaram o casamento; e 3%, cancelaram e ainda não têm planos para marcar uma nova data; 4% não informaram.

Icasei é uma plataforma de sites de casamento e lista de presentes fundado em 2007.

Motorista para o carro, tira a blusa e entrega para morador de rua em Sorocaba

O fato aconteceu no bairro Wanel Ville em Sorocaba e foi visto por motoristas que passavam pelo local; “O morador de rua chegou a chorar de gratidão”; disse uma seguidora

Seguidores entraram em contato com nosso portal para relatarem um ato de amor ao próximo na zona oeste de Sorocaba.

Segundo eles, um morador de rua que pede doações na Avenida Paulo Emanuel de Almeida, pediu ajuda para um motorista, que, vendo o rapaz sem sequer camiseta, tirou a própria blusa do corpo e doou para o morador de rua, que sem saber o que dizer, começou a chorar. O motorista entrou no carro e foi embora.

“Foi linda a cena que acabei de presenciar aqui no wanel, um rapaz deu a blusa e deu para o morador de rua que começou a chorar de gratidão”; disse a seguidora Tabata Martins

“Boa noite Sorocabanices, um homem parou o Audi aqui na Paulo Emanuel no Wanel Ville e deu uma blusa de couro do corpo para um morador de rua que estava sem camisa e dinheiro para comprar algo para comer, eu ia tirar uma foto mais foi rápido demais”; disse o seguinte Guilherme Cardoso.

Gostaríamos que este post chegasse até esse anjo que fez essa boa ação, para agradecer em nome de toda cidade de Sorocaba, nossos sinceros PARABÉNS pela sua atitude!