Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Zoológico de Sorocaba recupera mais de 400 animais silvestres por ano

Cumprindo uma missão de caráter humanitário, o Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema) de Sorocaba, trata de animais silvestres machucados que são encontrados em residências ou apreendidos pela polícia ambiental. Anualmente, a clínica do zoo recebe cerca de 400 animais, que passam por procedimentos cirúrgicos e, após a recuperação, são devolvidos à natureza em áreas protegidas.

Segundo a bióloga Cecília Pessuti, são inúmeras as formas com que os animais se machucam ao chegar em áreas urbanas. “Geralmente, animais como sapos e gambás são encontrados atropelados, aves batem em vidraças ou caem em recipientes com óleo e se machucam, especialmente maritacas e corujas. Filhotes encontrados em lajes de casas também são trazidos para cá”, explica a veterinária. Além desses, há casos de serpentes e aranhas, encontradas em residências e apreendidas pela polícia ambiental.

Apesar de não corresponder às obrigações dos funcionários, a equipe de veterinários residentes do zoo faz o possível para que todos os animais trazidos à clínica sejam atendidos, levando também em consideração a individualidade e o comportamento de cada caso atendido.

Continue lendo após o anúncio

“Como consenso entre os cuidadores de animais (tratadores, biólogos e veterinários), a melhor parte de trabalhar em um ambiente como este é a satisfação de receber o carinho deles, em troca de darmos o melhor nós em cuidar diariamente dos recintos, da saúde e do preparo de suas dietas. Poder observá-los no dia a dia e poder contemplar a natureza do comportamento animal é muito gratificante”, comenta Cecília sobre o comprometimento dos profissionais do zoo.

Vale lembrar que o Quinzinho de Barros também tem toda a atenção voltada para o bem-estar dos animais que lá residem. Hoje, o parque dispõe de um conjunto de técnicas, chamadas de enriquecimento ambiental, usadas em zoológicos modernos com o objetivo de evitar o estresse de animais. A técnica consiste em criar ambientes mais complexos nos recintos, de acordo com o comportamento e o físico da cada espécie. Assim, eles são estimulados a desempenharem seus comportamentos naturais por meio de desafios físicos e mentais.

Sendo uma das maiores referências em pesquisas na área de biologia e veterinária no Brasil, o Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros atrai anualmente mais de 20 mil visitantes interessados em educação ambiental e em conhecimento histórico da região, com o Museu Histórico Sorocabano, situado dentro do parque zoológico.

Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros está localizado na Rua Teodoro Kaisel, nº 883, na Vila Hortência, e está aberto para visitação diarimente das 9h às 16h.


FONTE: Secom

Continue lendo após o anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio