Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Vereador cobra retomada nas escolas de Sorocaba do programa ‘Horta Educativa’

Iniciativa foi criada em 2014, em parceria com o Estado, sendo que Sorocaba até serviu de modelo para outras cidades implantarem o programa. Atualmente, no CEI-54, por exemplo, mato predomina entre os canteiros da horta

O vereador Rodrigo Manga (DEM) protocolou requerimento, na Câmara de Sorocaba, cobrando explicações da Prefeitura sobre a possibilidade de retomada e ampliação do programa ‘Horta Educativa’, nas unidades de ensino da rede municipal.
“Às vezes nem é preciso criar novos projetos, basta dar continuidade àquelas iniciativas públicas que foram interrompidas ou caíram no esquecimento. Uma delas é o ‘Horta Educativa’”, destaca Manga.
Exemplo de abandono ocorre no Centro de Educação Infantil ‘Sonia Aparecida Machado’ (CEI-54), no Bairro dos Morros. Os canteiros utilizados para a horta do programa estão abandonados, invadidos pelo mato, criando ambiente propício à criação de insetos e animais peçonhentos, como escorpiões.

Em 2017, a atual Administração Municipal retomou parcialmente o programa, com atividades aos sábados no Jardim Botânico “Irmãos Villas-Bôas”. A proposta era dar oportunidade à comunidade de participar gratuitamente do cultivo de hortaliças e, segundo a Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), “fortalecer o trabalho educacional voltado à formação de valores sociais, culturais e alimentares compatíveis com a preservação da cultura e do ambiente local e da promoção de hábitos alimentares saudáveis”.
Nas escolas, a meta era ainda maior, relacionada à preocupação com o aparecimento, em idades precoces, de doenças crônicas não transmissíveis, consequência da má alimentação. Essas doenças podem causar obesidade, pressão alta, colesterol alto, doenças cardiovasculares, diabetes e deficiências nutricionais.
“Havia um envolvimento das crianças na sala de aula. Eles cuidavam da terra, faziam a colheita. Até consumiam os alimentos que produziam… Ainda trabalhavam conceitos práticos e teóricos de interdisciplinaridade, incluindo educação ambiental e nutricional”, acrescenta o vereador.
O projeto – A ‘Horta Educativa’ foi idealizada pelo Fundo Social de Solidariedade de São Paulo e, em Sorocaba, começou a ser viabilizado em 2014, por meio de parceria entre o Fundo Social, a Secretaria da Educação (Sedu) e a então Secretaria do Meio Ambiente (Sema). As escolas participantes receberam capacitação e um kit instrumental com pá, enxada, sementes, sementeiras, rastelo e apostilas para a parte teórica.

Continue lendo após o anúncio

Em 2015, Sorocaba se destacou como a cidade do Estado com mais hortas educativas implementadas, em 53 unidades de ensino, envolvendo mais de 120 educadores e 4 mil crianças de 4 a 10 anos de idade. Sorocaba, inclusive, virou modelo na implantação da iniciativa, atraindo a atenção de empresários e gestores de outras cidades como, por exemplo, Cubatão e Ferraz de Vasconcelos.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio