Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Torcedor do Flamengo morre por reação alérgica à camarão antes de jogo da Libertadores

TRAGÉDIA.

Diego Rodrigues, de 26 anos, estava com amigos na praia de Copacabana e passou mal após comer camarão pela primeira vez na vida.

A quarta-feira de semifinal da Libertadores foi marcada por um triste episódio. O torcedor rubro-negro Diego Rodrigues, de 26 anos, morreu horas antes do jogo, após ter uma reação alérgica, ao comer camarão na Praia de Copacabana. Ele foi levado ao hospital Copa Star já desacordado e chegou a ser internado na UTI, mas não resistiu.Morador da cidade de Mogi Mirim, Diego veio para o Rio de Janeiro assistir à semifinal com um grupo de amigos. Antes do jogo, os amigos decidiram conhecer a praia de Copacabana, que é um dos principais pontos turísticos da cidade.

Na praia, os amigos decidiram comer espetinhos de camarão, e Diego, que nunca havia provado a iguaria, resolveu experimentar. Instantes depois, começou a sentir uma coceira forte na garganta e foi acudido por amigos, que tentaram lhe levar a uma farmácia. Ao atravessar a rua, Diego desmaiou. Um dos amigos relatou o triste ocorrido e deu detalhes do que aconteceu.

Continue lendo após o anúncio

– O Diego falou que nunca tinha comido camarão. Falei para ele experimentar. Ele comeu só dois (pedaços). Depois de quatro minutos, a voz dele já tinha mudado. Ele falou que a garganta estava formigando, e dois amigos nossos foram com ele procurar uma farmácia. O Diego nem chegou a atravessa a avenida. Acabou desmaiando – afirmou ao site Globo Esporte.

O amigo também relatou que Diego acabou sendo acudido por um vendedor de peixe, que passava no local e resolveu lhe guiar ao hospital mais próximo, já que a ambulância não foi até o local. Leonardo relata que, mesmo sendo internado imediatamente na UTI, o rubro-negro acabou não resistindo.

– Chegamos na porta do Hospital Copa Star, e a equipe logo atendeu ele. Prestaram os primeiros socorros, levaram para a UTI, mas foi tudo muito rápido. Foi um clima muito tenso, eles fizeram o que podiam, mas ele morreu – finalizou.

Fonte: Terra

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio