Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Sorocaba se prepara para a vacinação contra a covid-19

Prestes a receber as novas doses da vacina da Covid-19, a Prefeitura de Sorocaba já iniciou os preparativos para que a campanha de vacinação ocorra da melhor forma à população

Na tarde desta quinta-feira (7), a Comissão Municipal de Vacinação se reuniu para ajustar a organização da campanha com todas as secretarias municipais envolvidas. A reunião ocorreu no auditório da Vigilância em Saúde.

Durante a ocasião, a Secretaria da Saúde apresentou estratégias que possam ser adotadas dependendo do número de doses que serão enviada à cidade. A intenção é que a vacinação ocorra nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e ainda tenha um ponto drive-thru, além da vacinação de acamados.

Segundo o médico e secretário da Saúde, Dr. Vinicius Rodrigues, a estratégia só será definida e divulgada quando as doses chegarem em Sorocaba. “Já planejamos várias estratégias que serão seguidas de acordo com o número de doses. Dependendo do quantitativo, teremos que ajustar nossa logística. Temos mais de um milhão de seringas e 600 mil agulhas que estão reservadas em nosso estoque para essa campanha. Também estamos estudando uma estratégia para que os profissionais da educação possam ser inseridos no público-alvo da campanha”, explica.

Continue lendo após o anúncio

A Comissão Municipal de Vacinação é composta por membros das Secretarias de Governo, Saúde, Educação, Cidadania, Fazenda e Urbes.

Prefeitura de Sorocaba planeja ter Centros de Tratamento Precoce e de Retaguarda da Covid-19

Para que os trabalhos de melhorias durante a pandemia continuem, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), realizou na tarde desta quarta-feira (6) a primeira reunião do Comitê de Avaliação e Combate ao Coronavírus. Entre as principais pautas discutidas durante o encontro, houve destaque para a criação de um Centro de Tratamento Precoce da Covid-19 e o Centro de Transição e Retaguarda da Covid-19.

Sorocaba contra o coronavírus: Pauta foi discutida na primeira reunião do Comitê de Avaliação e Combate ao Coronavírus

A reunião ocorreu no auditório da Secretaria da Cidadania e contou com a participação de representantes dos hospitais da cidade; setores da SES; Associação Comercial de Sorocaba; Conselho Municipal de Saúde; além da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDETTUR).

Durante o encontro, a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Ana Paula Diegues, fez uma apresentação sobre o cenário epidemiológico da cidade. Ela exibiu gráficos com a média móvel de casos, óbitos e internações no decorrer da pandemia. Também foram apresentados mapas de incidência e letalidade com referência à localidade de cada Unidade Básica de Saúde.

O médico e secretário da Saúde, Dr. Vinicius Rodrigues, ficou responsável sobre apresentar medidas futuras e que já foram adotadas no combate à Covid-19. Ele informou que devido ao aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI Covid, foram contratados mais 10 leitos na UPH Zona Leste para que a população não fique desassistida, caso necessário.

Continue lendo após o anúncio

Sorocaba contra o coronavírus: Pauta foi discutida na primeira reunião do Comitê de Avaliação e Combate ao Coronavírus

A novidade ficou para dois projetos que estão em fase de planejamento, o Centro de Tratamento Precoce da Covid-19 e o Centro de Transição e Retaguarda da Covid-19. Segundo o titular da pasta, a intenção é que o Centro de Transição e Retaguarda tenha 20 leitos de baixa e média complexidade, além de cinco leitos de estabilização, para que seja possível dar suporte aos hospitais já conveniados. Essa estrutura deverá ser instalada em um próprio da Prefeitura.

Já, o Centro de Tratamento Precoce da Covid-19 tem o objetivo principal de evitar complicações e internações no município. “Nossa ideia é criar um protocolo de tratamento precoce para COVID-19, que envolva orientações sobre principais sintomas, avaliação médica, considerações sobre exames, terapia recomendada, orientações pós-prescrição e critérios para internação”, explica o secretário da Saúde. Seria algo semelhante ao que foi feito com sucesso na cidade de Porto Feliz, onde registra-se uma das menores taxas de letalidade.

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio