Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Sorocaba confirma primeira morte por dengue e mais de mil casos da doença

Em um novo Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde (SES) nesta segunda-feira (23), foi confirmada a primeira uma morte desde ano por dengue em Sorocaba. O caso ocorreu no mês de junho.

De acordo com a pasta, a vítima é uma mulher de 54 anos. Além da morte, foram registrados 1041 casos de dengue (886 autóctones, 106 importados e 49 indeterminados), 77 de chikungunya (70 autóctones, quatro importados e três indeterminados) e um caso importado de febre amarela, infectado na cidade de Cajati. Nenhum caso de zika foi registrado.

A Secretaria da Saúde (SES), por meio da Vigilância Epidemiológica Municipal, identificou 33 casos autóctones confirmados de sarampo em Sorocaba. Os casos estão distribuídos em todas as áreas do município e foram confirmados por exame laboratorial.

Continue lendo após o anúncio

É de extrema importância que as pessoas que apresentem febre, exantema (manchas vermelhas no corpo) associados a sintomas respiratórios, procurem atendimento médico e sigam as orientações de afastamento do convívio social enquanto estiverem no período de transmissão (seis dias antes do exantema até dias após).

De acordo com a SES, as crianças entre seis e 11 meses de idade devem ser vacinadas. Após completarem um ano, essas mesmas crianças precisarão se imunizar novamente com a vacina SCR. E, aos 15 meses, deverá ser feita a vacinação da Tetraviral (SCR-Varicela).

O intervalo mínimo entre a vacina SCR aplicada nos menores de um ano de idade e a dose da vacina SCR aplicada a partir de 12 meses, deverá ser de 30 dias.

Além desse público, o esquema vacinal contempla pessoas entre 1 e 29 anos de idade (duas doses com intervalo mínimo de 30 dias) e pessoas entre 30 e 59 anos de idade (uma dose).

Continue lendo após o anúncio

Cidadãos com 60 anos ou mais não precisam ser vacinados, pois essas pessoas já podem ter entrado em contato com o vírus e, por isso, estar imunes ao sarampo. Os indivíduos que não tiverem como comprovar que receberam vacinas recomendadas conforme calendário de vacinação, deverão comparecer nas UBSs para atualização de todas as vacinas, inclusive a de sarampo.

Para consultar o endereço e o horário de funcionamento dessas unidades, basta acessar ESTE SITE .

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio