Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Sorocaba apresentará ações de Educação Ambiental em encontro nacional no Pará

 

A educadora da Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), Viviane Rachid, está participando nesta semana do II Encontro sobre uso público em Áreas Protegidas, na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém (PA). A servidora apresentará ações de Educação Ambiental desenvolvidas em um dos parques ecológicos de Sorocaba: o Parque Água Vermelha “João Câncio Pereira”.

Organizado pelo Grupo de Pesquisa “Áreas Protegidas da Amazônia: usos e sustentabilidade”, em conjunto com a Faculdade de Turismo da UFPA, o evento tem como objetivo reunir docentes, pesquisadores, discentes, gestores e sociedade civil para discutir o uso público de áreas protegidas na perspectiva da sustentabilidade, do uso turístico e do lazer. O encontro conta com mesas-redondas, conferências, lançamento de livros, apresentações culturais e de trabalhos acadêmicos em uma perspectiva interdisciplinar, além de exposição de produtores locais. 

Continue lendo após o anúncio

Viviane Rachid participará na sexta-feira (22), às 9h, da conferência “Educação Ambiental Não Formal em Áreas Protegidas: (re) conectando pessoas à natureza” e, no período da tarde, apresentará três trabalhos de Educação Ambiental: o Clubinho do Refúgio, o Covaes Kids (Clube Infantil de Observadores de Aves) e o curso de férias sobre os povos indígenas.

A Educação Ambiental é uma das frentes de atuação da Secretaria do Meio Ambiente, que ocorre  durante o ano todo em parques ecológicos e outros espaços públicos de Sorocaba para sensibilizar pessoas de todas as idades, através do conhecimento, a respeito de assuntos relacionados ao meio ambiente.

O Coaves Kids é realizado mensalmente com o objetivo de reunir crianças para observar as aves em seu habitat natural como uma prática divertida e educativa, ensinando a elas um pouco sobre as características de algumas das espécies, suas curiosidades e papel ecológico, além de incentivar o contato com a natureza. A atividade ocorre através de uma parceria entre a Sema e o Clube de Observadores de Aves de Sorocaba (Coaves).

O Clubinho do Refúgio é formado por crianças de 4 a 10 anos que participam da Associação Nova Geração e se reúnem às terças-feiras, durante o ano todo, no Parque da Água Vermelha, para a promoção de atividades que reforçam a importância da conservação natureza, fomentando a sensibilização nos pequenos, além de estreitar as relações sociais e formar agentes multiplicadores das questões ambientais.

Continue lendo após o anúncio

Já o curso de férias apresentado no encontro nacional ocorreu em janeiro deste ano no parque com o tema “Povos indígenas: de olho na floresta”, numa parceria com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). As crianças aprenderam sobre a cultura indígena e em especial a da tribo dos Kuikurus, que é uma das 14 etnias existentes no Parque Nacional do Xingu, suas relações com a floresta e o rio, casa, alimentação, farmácia, brincadeiras de criança, histórias/mitos, vestuários e as diferentes atividades que realizam destacando a sua língua.

O Parque da Água Vermelha foi inaugurado em 1990 e possui uma área protegida com cerca de 20 mil metros quadrados, com lagos e uma área verde onde vivem muitos animais, como cágados, pica-pau e garças. O espaço ecológico está localizado na rua România, 150, no Jardim Europa, e funciona de terça a domingo, das 8h às 17h. A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3221-6643.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio