Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Segurança do shopping é preso após abusar de bebê de 3 anos que se perdeu da mãe

Revolta! Essa é a expressão que mais aparece nos comentários de todas as mídias que publicaram esse terrível caso de abuso dentro de um shopping.

O segurança de uma shopping, identificado como Mohammad Hassan Al Bayati, 30 anos, abusou sexualmente de uma menina de 3 anos de idade e depois discutiu com a mãe da criança.

O crime aconteceu em 2016 no shopping em Sidney na Austrália poucos dias antes do Natal. o segurança aproveitou o momento em que a mãe se afastou das filhas, ela deixou a bebê por um momento com a filha mais velha de 7 anos no parquinho do shopping e foi a uma loja. A pequena se afastou da irmã maior.

Continue lendo após o anúncio

A informação de que uma criança estava perdida no shopping foi o que o segurança usou para pegar a menina pequena e andar com ela pelos corredores, então ele levou a criança para a parte interna das escadas onde ele sabia não ter câmeras e segurança, depois levou a menina de volta ao parquinho e viu que a mãe procurava pela filha.

O homem chamou a atenção da mãe dando uma bronca por ter deixado duas crianças sozinhas. Mais tarde, quando mãe e filhas estavam em casa, a menina contou para o pai o que o segurança fez com ela, ela disse que ela mostrou o pênis, ela chamou e agulha e colocou a mão na calcinha dela e tentou beijar o bumbum da criança. A família acionou a polícia.

A audiência de julgamento do segurança aconteceu na última terça-feira, ele foi condenado a 4 anos de prisão, mas pode recorrer.

“O segurança ter dado um sermão na mãe sobre os riscos de se deixar uma criança sozinha no parquinho, sendo que o maior risco era ele, para mim é revoltante demais”, disse o juiz no julgamento.

Continue lendo após o anúncio

A menina está recebendo acompanhamento psicológico, mas a mãe acredita que ainda vai levar muito tempo para se recuperar. “Nossa família tranquila foi destruída e nunca mais será a mesma. Eu tenho muito orgulho da minha filha por ter conseguido contar para a polícia o que aconteceu, apesar do trauma terrível”, disse a mãe na audiência de julgamento.

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio