Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

SBT terá que pagar 30 mil a cadeirante que participou do “Roda a Roda” por atitude discriminatória

Deu ruim pro patrão!

O SBT foi condenado a pagar 30 mil reais a uma mulher cadeirante por não ter oferecido condições adequadas para a mesma participar do programa Roda-Roda Jequiti. A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo considerou a conduta da emissora discriminatória.

 participante foi convidada para participar do programa, mas a emissora não teria providenciado uma rampa de acesso para o palco. Por conta da falta de acessibilidade, a cadeirante teve que assistir da plateia e convidar uma procuradora para participar em seu lugar. Segundo o site Conjur, a mulher era vendedora da Jequiti, há 7 anos.

Continue lendo após o anúncio

Procurada por equipes de imprensa, a assessoria do SBT informou que não vai se pronunciar em relação ao episódio.

Fonte: MSN

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio