Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

SAAE trabalha em remoção de algas no Parque das Águas

Saae trabalha diariamente na remoção de algas em bacia de contenção no Jd. Abaeté

A Prefeitura de Sorocaba, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), informa que equipes da autarquia trabalham diariamente na bacia de contenção localizada no Jardim Abaeté, junto ao Parque das Águas, fazendo a remoção de vegetação. Por dia, a quantidade média de material retirado do local equivale ao conteúdo de dois a três caminhões cheios, do tipo basculante.

Em janeiro, os trabalhos foram realizados ao longo de duas semanas e tiveram que ser novamente retomados em fevereiro, devido ao crescimento rápido da vegetação aquática, em função das altas temperaturas em conjunto com a umidade.

“Já retiramos de lá mais de 100 metros cúbicos de vegetação e intensificamos esse trabalho, com uma equipe maior de funcionários e o uso de máquinas pesadas para facilitar a remoção. O Saae também está realizando o levantamento de preços para contratação de um trator aquático, a fim de agilizar a remoção dessas algas”, explica o diretor-geral do Saae, Ronald Pereira da Silva.

Continue lendo após o anúncio

Toda a vegetação retirada é levada de caminhão para uma área de depósito de materiais do Saae, nas proximidades do Jardim Abaeté, para agilizar os trabalhos. Depois, o transporte é feito para o aterro de inertes da cidade. “Também estamos muito atentos à questão ambiental e fazemos o monitoramento da água e dos peixes no local”, complementou o diretor-geral do Saae.

Os trabalhos estão concentrados nas proximidades da Estação Elevatória de Águas Pluviais (EEAPs), onde ficam as bombas que fazem o recalque da água da bacia de contenção para o Rio Sorocaba. Mesmo com essa vegetação em quantidade, o Saae informa que não há risco de obstrução das bombas, uma vez que há gradeamento para reter esse tipo de material, sem comprometer o funcionamento desses dispositivos antienchente.

A bacia de contenção do Jardim Abaeté ocupa uma área de 24 mil metros quadrados e tem capacidade para 48 milhões de litros de água, contendo três conjuntos de motobombas com vazão de 500 litros por segundo e gerador próprio, para o caso de falta de energia. Um sistema de comporta controla a vazão da água do rio.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio