Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Pais poderão decidir se filhos voltam ou não à escola durante pandemia em SP

Secretários estadual e municipal dizem que há um estudo dirigido a respeito dessa nova medida

A volta às aulas em São Paulo está marcada para o dia 8 de setembro. No entanto, de acordo com o secretário municipal de Educação de São Paulo, Bruno Caetano, haverá resoluções para que os pais possam decidir o rumo de seus filhos em relação à escola na pandemia do novo coronavírus.

Isso quer dizer que os conselhos Municipal e Estadual de Educação poderão emitir deliberações que constando a decisão dos pais e responsáveis. Eles terão o direito de escolher as crianças e os adolescentes frequentarão a escola enquanto não existir uma vacina contra a Covid-19.

“Estamos trabalhando aqui, eu, [com] o secretário estadual [de Educação], Rossieli Soares, para a edição de duas resoluções —uma da cidade e outra do estado— para permitir, durante a pandemia, enquanto não houver vacina, que os pais possam decidir pelo retorno ou não dos seus filhos às salas de aula”, revelou Caetano durante uma live com professores, pais e alunos da rede municipal.

Perguntado pelo portal UOL, o secretário estadual de Educação de SP, Rossieli Soares, confirmou que há um estudo dirigido a respeito dessa nova medida. Segundo ele, a resolução deve ser divulgada no fim de agosto ou início de setembro.

Continue lendo após o anúncio

Requisitos para escolha dos pais

Apesar do direito de escolha mediante a resolução que ainda será emitida, haverá requisitos para que os pais possam manter seus filhos longe no ensino presencial em SP.

Entre as possíveis regras para que seja emitida a autorização é cumprir obrigatoriamente a entrega de atividades na escola toda semana, conforme for solicitado pelos educadores e de acordo com o plano de aulas.

Vale lembrar que as escolas do estado de São Paulo estão fechadas desde o mês de março.

Com o plano de volta às aulas, a partir de setembro, está definido que terá somente uma ocupação máxima de 35% das unidades escolares.

Continue lendo após o anúncio

Para que possa ocorrer a reabertura das escolas, no entanto, todas as regiões do estado devem ter permanecido por pelo menos 28 dias na fase 3 (amarela) do plano de flexibilização da economia – o chamado Plano São Paulo. Nesse plano, o governo estipulou cinco fases – a fase 1 (vermelha) significa a situação mais crítica e a fase 5 (azul), o cenário controlado.

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio