Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Pai mata filho afogado em bacia na própria casa para fazer ex-mulher ‘sofrer’

Segundo a polícia, ele “relatou com frieza” o caso, que aconteceu em Campo Grande, quinta-feira (19).

Um rapaz de 21 anos foi preso na noite de quinta-feira (19), em Campo Grande, por matar o filho, de 2 anos, afogado em uma bacia, na própria casa. De acordo com a polícia, Evaldo Christyan Dias Zenteno “relatou com frieza” que matou Miguel Henrique dos Reis Zenteno porque foi traído pela mãe do menino e “queria fazer ela sofrer”.

Evaldo foi preso na Santa Casa de Campo Grande após os médicos que atenderam o menino no hospital desconfiarem de situação de violência. Eles chamaram a polícia, o rapaz mentiu sobre o caso e, após se contradizer em versão de assalto e sequestro, confessou o crime.

Conforme a polícia, Evaldo disse que ligou para um amigo e contou que havia sido traído pela mãe do menino, uma jovem de 21 anos, e queria fazê-la sofrer. O amigo então o orientou matar o filho.

Continue lendo após o anúncio

Segundo informações do boletim de ocorrência, na versão de Evaldo, ele falou que não tinha coragem de matar o filho e o amigo falou que faria isso junto com outra pessoa. O pai então foi para casa e lá afogou a criança em uma bacia.

O rapaz levou o filho no próprio carro para a Santa Casa e lá disse que bandidos tinham sequestrado a criança e como não tinha dinheiro para pagar resgate, a jogaram no rio Anhanduí e por isso ela se afogou. Mesma versão dada inicialmente à polícia.

A morte do menino foi constatada uma hora após ter dado entrada no hospital. A roupa que ele vestia – uma camiseta, um short e um par de calçado – foi recolhida pela polícia, assim como a bacia usada para afogá-lo e a toalha que o pai usou para secá-lo.

Evaldo foi autuado em flagrante por homicídio. Ele teve a prisão preventiva decretada em audiência de custódia. O pai dele também está preso.

Continue lendo após o anúncio
Evaldo foi preso pelo Batalhão de Choque da PM de MS — Foto: BPChoque/TV Morena

Segundo a polícia, o pai de Evaldo foi flagrado enquanto estuprava duas crianças de 6 e 9 anos, no município de Aquidauana, região leste do estado. O crime ocorreu no dia 23 de junho de 2017 e as investigações apontaram que ele atraía as vítimas com doces e adesivos infantis.

Fonte: G1

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio