Toyota suspende produção em Sorocaba, Porto Feliz, Indaiatuba e São Bernardo do Campo

Toyota vai suspender a produção a partir desta segunda-feira por conta do agravamento da pandemia

Instantes após decisão da Renault, japonesa suspende suas quatro fábricas no Brasil. Quase todas as montadoras já funcionam em regime reduzido ou suspenso.

A partir de segunda-feira (29) a Toyota suspenderá as atividades em suas fábricas no Brasil. A medida impacta as unidades de São Bernardo do Campo, Indaiatuba, Sorocaba e Porto Feliz (todas em São Paulo) e valerá, a princípio, por até dez dias corridos.

Tal como a Renault, que anunciou medida semelhante minutos antes, a Toyota agiu em acordo com os sindicatos locais, justificando a decisão como um esforço para reduzir “circulação de pessoas no momento mais crítico da pandemia no País, além de atender a antecipação de feriados por parte de autoridades em algumas dessas regiões”.

A decisão da fabricante aproveita a antecipação de feriados em algumas das cidades afetadas, como São Bernardo do Campo. O município do ABC, por exemplo, adiantou quatro dias de folga a fim de formar um “feriadão” junto à Páscoa e Sexta-Feira da Paixão.

A fábrica da Grande São Paulo voltará às atividades no dia 5 de abril, assim como as fábricas de Sorocaba e Porto Feliz. Em Indaiatuba, o retorno acontece no dia 6. Os colaboradores administrativos também respeitarão a antecipação dos feriados.

“A Toyota do Brasil possui um total de 5.600 colaboradores em todo o País e continuará a agir avaliando a situação momento a momento, seguindo as orientações das autoridades locais e, principalmente, colocando a saúde e o bem-estar de seus colaboradores e de seus familiares em primeiro lugar”, afirmou a empresa.

Seja pela pandemia ou falta de matéria-prima, a situação na cadeia produtiva nacional é crítica. No momento, quase todos os fabricantes funcionam em regime de produção reduzida ou interrompida. Só nesta semana, Nissan e Renault se juntaram à fabricante do Corolla e decidiram suspender suas atividades fabris.

COMPARTILHANDO INFORMAÇÕES.