Sorocaba acolhe mais 26 pessoas em situação de rua que passavam frio e fome

COMPARTILHE

O Programa “HumanizAção Inverno” acolheu mais 26 pessoas em situação de rua em Sorocaba, os acolhidos receberam comida quentinha, banho, roupas limpas e abrigo

O programa “HumanizAção Inverno” visitou 17 pontos da cidade, na noite de terça-feira (6), e das 50 pessoas em situação de rua que foram abordadas, 26 aceitaram receber atendimento social no Serviço de Obras Sociais (SOS). A ação teve início às 18h30 e avançou pela madrugada desta quarta-feira (7).

A operação foi realizada pela Controladoria Geral do Município, Secretaria da Cidadania (Secid) e SOS, com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), da Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo) e da Urbes – Trânsito e Transportes.

As equipes estiveram na Praça Coronel Fernando Prestes, Rodoviária, Cemitério da Saudade, Centro de Triagem, Rua Prof. Paulo Monte Serrat e Parque dos Espanhóis. Assim como em 11 pontos da cidade, identificados a partir de informações da população, recebidas via os telefones: (15) 3212-6900 (Secid), (15) 3229-0777 (SOS) e 153 (GCM). São eles: Rua Vasco da Gama, Rua Azevedo Figueiredo, Coreto em Aparecidinha, Rua Darci Landulpho, proximidade da UPH Zona Norte, Rua Nogueira Martins com Rua Coronel Cavalheiros, Rua 15 de Novembro, Rua Maria de Lourdes Ferreira, Av. Américo Figueiredo, proximidade da UPH Zona Oeste e região central.

“Isso mostra que a população está contribuindo muito com o nosso trabalho, apontando locais na cidade onde há pessoas em situação de rua e necessitando de acolhimento e cuidados. Somos muito gratos por esse apoio e nos motiva, ainda mais, a realizar esse serviço”, destaca o coordenador de Políticas de Combate às Drogas da Secid, Marcos Mariano, que integra a equipe do programa “HumanizAção Inverno”.

As pessoas encaminhadas ao SOS têm acesso a abrigo noturno, banho, alimentação e roupas limpas. Além disso, o programa busca promover a reinserção delas à sociedade. Para isso, são tomadas providências, como a emissão da 2ª via de documentos, a orientação para a busca de trabalho, é dado acesso aos cuidados em saúde e, também, a chance de reencontrar a família, sempre que isso é possível e desejado pela pessoa.

Outra maneira de contribuir com a ação é por meio da doação de alimentos não perecíveis, roupas ou cobertores, para serem destinados àqueles que necessitam. Para colaborar, basta entrar em contato com o Fundo Social de Solidariedade (FSS), pelo telefone: (15) 3238-2503.”

COMPARTILHE