Querido sambista em Sorocaba, Santão morre aos 69 anos, vítima da Covid-19

COMPARTILHE

Um dos mais queridos e ilustres sambistas de Sorocaba, José Carlos dos Santos, o Santão, faleceu nesta quinta-feira, vítima da Covid-19

José Carlos dos Santos, 69 anos, mais conhecido como “Santão”, morreu de covid-19 em Sorocaba, nesta madrugada de quinta-feira (13).

Santão era presidente de honra da Escola de Samba 28 de Setembro. Ele também comandou a Liga das Escolas de Samba de Sorocaba.

Conforme informações, o sambista morreu devido complicações de covid-19 durante a madrugada. Ele estava internado desde a semana passada e na sexta-feira havia sido encaminhado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Santão deixa as filhas Renata, Regiane e Regina. Seu sepultamento ocorre nesta quinta-feira, às 13h30, no cemitério Memorial Park. Não haverá velório.

Nas redes sociais, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipal, publicou uma nota de condolência; confira abaixo:

“O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba vem a público manifestar o mais profundo pesar pelo falecimento por COVID-19 de José Carlos dos Santos (Santão do 28 de Setembro), 69 anos, ocorrido hoje (13), Servidor Municipal Aposentado, ex-tesoureiro do SSPMS, e um grande representante do Samba e da Cultura na cidade de Sorocaba. Manifestamos, também, à família e aos amigos nosso sentimento de solidariedade e pêsames pela irreparável perda.”

Quem também publicou uma nota de pesar foi a Escola de Samba 28 de Setembro, confira abaixo:

Presidente da SCB 28 de Setembro nos biênios 1990/1991,1996/1997 e 2007/2008. A partir de 2008 assumiu a Escola de Samba 28 de Setembro, onde foi também Presidente e mantinha a posição de Presidente de Honra até os dias atuais junto com sua companheira a incansável Maurina Carvalho.
O Conselho Deliberativo e a Diretoria Executiva nas pessoas dos seus Presidentes Bernardino Francisco e Fábio Isidoro Arruda enviam à família Santos, enlutada as condolências ao Conselheiro Vitalício José Carlos Dos Santos. Representante de nossa Comunidade Negra e com relevantes serviços prestados , sendo que mesmo na sua passagem tinha que deixar marcado a sua história…partiu para a eternidade um dia 13 de Maio. Vá em paz Santão, muita Luz, descanse o corpo, mas o espírito sempre será Luz.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos da vítima.

COMPARTILHE