Mulher de 30 anos que foi agredida com martelo pelo irmão morre em Sorocaba

COMPARTILHE

Bruna Aparecida Canno Lopes tinha 30 anos e estava internada no Hospital Regional de Sorocaba.

A jovem Bruna Aparecida Canno Lopes de 30 anos, não resistiu após ser agredida com um martelo e ficar um mês internada no hospital Regional de Sorocaba. A vítima faleceu nesta quinta-feira (27).

O suspeito de cometer o crime é o próprio irmão de Bruna, que foi preso em flagrante e indiciado por tentativa de feminicídio na época em que a agressão ocorreu.

COMPARTILHE