Manga quer que comércio em Sorocaba funcione por até 18 horas diárias para evitar aglomerações

O plano do prefeito de Sorocaba será levado ao governo do estado, que passou Sorocaba para fase laranja, onde o comércio pode funcionar por apenas 8 horas diárias

Durante a tarde desta sexta-feira (08), o Prefeito de Sorocaba Rodrigo Manga anunciou o ‘Plano Sorocaba’ durante coletiva de imprensa.

A ideia do Plano Sorocaba é adequar o Plano São Paulo do Governo de São Paulo para a realidade vivida município.

O Governado do Estado de SP regrediu Sorocaba para a Fase Laranja do Plano São Paulo nesta sexta-feira (08), onde o comércio pode funcionar por apenas 8 horas diárias. A Fase Laranja começa a valer em Sorocaba a partir desta segunda-feira (11).

Já no Plano Sorocaba, os comércios poderão funcionar por até 18 horas diárias, evitando aglomerações, e as lojas poderão revezar seus funcionários de 6 em 6 horas para diminuir o risco de contágio.

Segundo Manga, com mais tempo para frequentar os comércios, assim evitando aglomerações nas lojas.

Manga enviará o Plano Sorocaba para o governo estadual, mas enquanto não houver respostas, a cidade seguirá a determinação da Fase Laranja, que começa nesta segunda-feira (11)

Prefeitura defende Plano Sorocaba de enfrentamento à Covid-19

Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira (8), no sexto andar do Paço Municipal, o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, anunciou que solicitará ao Governo do Estado e ao Ministério Público que o comércio da cidade possa funcionar 18 horas em três blocos de seis horas. A intenção foi divulgada após Sorocaba ser reclassificada para a fase laranja do Plano São Paulo.

Ao lado do prefeito, também participaram da coletiva o médico e secretário da Saúde, Dr. Vinicius Rodrigues, e o vereador e presidente da Câmara Municipal, Cláudio Sorocaba.

Durante a coletiva, o prefeito explicou que o pedido feito é justificado por diversas ações de combate à Covid-19 que foram realizadas desde o início desse novo governo. A primeira foi a contratação de mais 10 leitos de UTI Covid, seguido do aumento da frota dos ônibus para não gerar aglomeração.

“Tivemos redução nos índices de internação nos últimos quatro dias e estamos realizando estudo para implantar o Plano Municipal de Educação e Conscientização sobre a propagação da Covid-19. Devido a essa situação, entraremos em contato com o Ministério Público e com o Estado para fazer essa solicitação. Enquanto a solicitação não for acatada, a cidade respeitará a fase laranja do Plano São Paulo”, destacou o prefeito.

Também participaram da coletiva o médico e secretário da Saúde, Dr. Vinicius Rodrigues, e o vereador e presidente da Câmara Municipal, Cláudio Sorocaba

Plano Sorocaba

A ideia do Plano Sorocaba é que o comércio passe a funcionar seis, doze ou dezoito horas diariamente, à escolha do comércio, com no máximo 40% de sua capacidade, com controlador de acesso. Outra intenção é que o funcionamento dos estabelecimentos seja organizado de forma que seus colaboradores cumpram jornada máxima de seis horas diárias, evitando-se assim a necessidade de cumprimento de intervalo para almoço.

Nova fase laranja do Plano São Paulo

Segundo o Plano São Paulo, na nova fase laranja, todos os estabelecimentos passam a ter permissão de funcionamento. A capacidade máxima passa de 20% para 40% de ocupação para todos os setores. O funcionamento máximo aumenta de quatro para oito horas diárias, respeitando o limite de atendimento até as 20h. Além disso, bares não terão permissão para atender ao público de forma presencial.