Corredor BRT Ipanema e Terminal São Bento começam a operar neste domingo (25) em Sorocaba



São 19 pontos de acesso no eixo Centro-Norte e os passageiros poderão seguir até a região central da cidade, pagando uma única tarifa.

A Urbes – Trânsito e Transporte, por meio do Consor e da concessionária BRT Sorocaba, a partir deste domingo (25/04), inicia a operação completa e assistida do Terminal São Bento (TSB) e do Corredor Ipanema, localizados na Zona Norte. Trata-se da inauguração do segundo, dos três eixos do sistema BRT, que beneficiará, sobretudo, a população que reside ou trabalha nessa região da cidade.

Com o pagamento de uma única tarifa, o passageiro poderá embarcar nas linhas do BRT, a partir do TSB, em uma das 10 estações localizadas na Av. Ipanema ou nos oito pontos de parada distribuídos nos corredores estruturais do Binário (Avenidas Comendador Oeterer e Hermelino Matarazzo).

Nesse novo trecho, uma frota de 37 veículos (sete superarticulados e 30 padron) com ar-condicionado, tomadas USB, wi-fi, monitoramento de câmeras e painéis de informações ao usuário estarão disponíveis. Para atender os passageiros com necessidades especiais, os ônibus possuem elevador e espaços adaptados.

Com a ativação desse segundo Eixo Norte, os usuários devem acompanhar as mudanças. “Informamos com antecedência a população sobre as alterações que aconteceriam, mas sabemos que, nesta fase de adaptação, surgirão dúvidas, o que é natural. Com o decorrer dos dias, acreditamos que todos irão se acostumar. Aos poucos, tanto a operação, como o usuário, estarão em novo ritmo e usufruindo totalmente das melhorias”, explica o diretor-presidente da Urbes, Luiz Carlos Franchim.

Além dos veículos BRT, o TSB unificará os itinerários do Corredor Ipanema e das demais linhas que circulam nos bairros da Zona Norte. A Urbes e a concessionária BRT Sorocaba realizaram testes nessas linhas, nas últimas semanas, para dimensionar fluxos e refinar a operacionalização do sistema.

“Estamos aumentando a capilaridade e reorganizando o transporte, para ampliar a mobilidade do passageiro nos deslocamentos para outras regiões da cidade, com agilidade, previsibilidade, conforto e segurança. Toda operação será monitorada via GPS e câmeras controladas no Centro de Controle Operacional (CCO). Com isso, acompanharemos em tempo real todo fluxo”, destaca o diretor de Operações da Concessionária BRT Sorocaba, Manoel Ferreira.

Tarifa

Para embarcar no sistema BRT, o passageiro pagará o valor da passagem que já é praticado na cidade e poderá fazê-lo de três formas: “Cartão Cidadão”, crédito avulso ou Carteira Digital. Se o passageiro não tiver o “Cartão Cidadão”, ele poderá comprar o crédito de forma digital e receber um QR Code no celular ou impresso (se estiver em um totem de atendimento). Feito isso, é só aproximar o celular ou o ticket com QR Code do validador e a entrada será liberada. Já, a Carteira Digital oferece a possibilidade de comprar, gerar ticket e liberar a catraca somente com o celular.

Integração com Carteira Digital Cittamobi

O passageiro que utilizar a Carteira Digital, ferramenta de embarque nos ônibus acessada por celular e que proporciona uma experiência de pagamento 100% digital, poderá fazer integração exclusiva entre veículos, estações e terminais do BRT em um período de 1h30.

Para chegar ao seu destino, pagará uma única passagem e conseguirá usar o sistema mais duas vezes para completar a viagem, sem a necessidade de um novo pagamento. A integração deve ser feita em 1h30 depois da primeira passagem.

É importante lembrar que esse recurso não funciona na mesma estação. Caso o passageiro passe na mesma estação duas vezes, serão cobrados dois acessos individualmente, cancelando o benefício da gratuidade da primeira. O benefício de integração pode ser realizado até duas vezes por dia.

Na prática, o passageiro deve embarcar no ônibus, estação ou no terminal, abrir o aplicativo Cittamobi, aproximar o celular do dispositivo de leitura, autorizar a compra e a catraca será liberada para entrada. Para ter acesso à Carteira Digital, basta fazer o download do aplicativo Cittamobi, realizar o cadastro, adquirir os créditos e passar na catraca usando apenas o celular.

A partir de domingo (25/04), a organização das linhas fica da seguinte maneira:

Novas linhas operadas no Corredor Ipanema

A linha 62 – São Bento passa a ter a seguinte denominação: E160 – São Bento. Deixa de atender a Avenida Dr. Gualberto Moreira. Virá pela Avenida Vinicius de Moraes até o Terminal São Bento, depois entrará no Corredor Ipanema até o Terminal Santo Antônio.

70 – Novo Horizonte/Nova Sorocaba passa a ser E170 – Nova Sorocaba. Vai até a estação Nova Sorocaba e retorna para o bairro.

81 – Carandá passa a ser E180 – Carandá. Sem alteração de itinerário, percorrerá o Corredor Ipanema até o Terminal Santo Antônio.

81/1 – Altos do Ipanema passa a ser E181 – Altos do Ipanema. Sem mudança de itinerário, seguirá no Corredor Ipanema até o Terminal Santo Antônio.

A linha nova T150 – TSA/TSB ligará os Terminais São Bento e Terminal Santo Antônio.

Linhas do Consor com destino ao Terminal São Bento

A26 – Bom Jesus, A59 – Maria Eugênia, A62/1 – São Bento 2, A69 – Caguaçú, A76 – São Guilherme, 307 – Interbairros VII e a nova linha A62 – Santa Maria (trajeto Jardim Santa Maria x Terminal São Bento. O Jardim Santa Maria deixa de ser atendido pela linha A69 – Caguaçú e passa a ser atendida por esta linha).

As linhas citadas deixam de seguir para o Terminal Santo Antônio e passam a ter como destino o Terminal São Bento.

Linhas do Consor que terão como destino a estação de integração Eco Ipanema

A21 – Lopes de Oliveira, linha nova A70 – Botucatu/Novo Horizonte. Essas linhas deixarão de seguir para o Terminal Santo Antônio e terão como destino a estação de integração.

Locais de embarque

Terminal São Bento

O Terminal São Bento fica situado na Rua Comendador Genésio Rodrigues, 377, e oferece infraestrutura com coberturas, bilheteria, banheiros, assentos, wi-fi equivalente ao 5G, espaços comerciais, monitoramento 24 horas, atendimento de informações aos usuários e acesso facilitado por rampas e piso podotátil, para pessoas com necessidades especiais.

O intermodal segue os mesmos padrões de infraestrutura, tecnologia e funcionalidades do Terminal Vitória Régia, com plataformas de embarque/desembarque, cobertura de estrutura metálica com placas de energia solar, reutilização de água da chuva para jardinagem e limpeza, piso de concreto que possui maior durabilidade e um prédio administrativo que concentrará a operação do fluxo de veículos e usuários do transporte.

Corredor Ipanema

O Corredor Ipanema está localizado na Avenida Ipanema e possui 10 estações bidirecionais, com embarque e desembarque em direção ao Centro-Bairro e Bairro-Centro. Todas elas foram construídas no canteiro central e possuem o acesso em nível da estação com o veículo, ficando a 95 centímetros de altura.

As estações estão identificadas, como: Jardim Botucatu, Jardim Betânia, Novo Horizonte, Eco Ipanema, Nova Sorocaba, Jardim Planalto, Aeroporto, Vila Angélica, Vila Guilherme e UPH.

Todas elas são autônomas, têm acessibilidade com rampas e piso podotátil, plataformas em nível com os ônibus, abertura de portal automática, bancos, lixeiras, totem de recarga rápida de equipamentos eletrônicos, videomonitoramento, climatização adequada (cobertura com isolamento térmico) wi-fi e painéis informativos com dados em tempo real, que oferecerão mais comodidade aos passageiros entre um trajeto e outro.

Corredores Estruturais

Os corredores estruturais são as demais vias identificadas pelo traçado de pavimento de concreto do lado direito da via. Nesses pontos de parada, o embarque/desembarque será feito pela porta da direita, a 28 cm de altura, alinhado com o nível das calçadas nos abrigos de parada. Ao todo, serão 62 pontos de parada para acesso.

Os corredores estruturais não são exclusivos do BRT e neles também circularão ônibus de outras empresas do transporte público, beneficiando, não somente o passageiro que circula no sistema BRT, mas também todos aqueles que utilizam o transporte coletivo na cidade.

Dados operacionais do Corredor Ipanema

– Construção de 6,2 km (duas vias) de pavimento rígido (concreto).

– Recapeamento de 92.000 m² de pavimentos flexível (asfalto).

– Edificação de 10 estações equipadas e prontas para embarque e desembarque. As estações são: Jardim Botucatu, Jardim Betânia, Novo Horizonte, Eco Ipanema, Nova Sorocaba, Jardim Planalto, Aeroporto, Vila Angélica Vila Guilherme e UPH Zona Norte.

– Requalificação de 2 km de calçadas.

– Recuperação de 1,9 km de ciclovia (estrutura, pintura e sinalização).

– Realização de paisagismo e o plantio de 220 novas mudas (segunda fase) de médio porte de espécies nativas da Mata Atlântica.

– Construção do Terminal São Bento, contemplando estruturas metálicas, concreto, pavimento, acabamentos e instalações. O local ocupa uma área de 12.000 m².

%d blogueiros gostam disto: