Comerciante que morreu como herói será velado amanhã em Sorocaba

Edson Rachid tentou defender o filho durante um assalto na mercearia da família no Jardim Magnólia em Sorocaba

O velório do comerciante Edson Rachid, de 63 anos, acontecerá será na Ofebas nesta quinta-feira (14) das 09h às 13hs.

Seu Rachid de 63 anos morreu após ser baleado ao tentar defender o filho durante uma tentativa de assalta no começo da tarde desta terça-feira (12).

Edson Rachid tinha 63 anos e faleceu após levar um tiro no peito durante tentativa de assalto no Jd. Magnólia em Sorocaba
Edson Rachid tinha 63 anos e faleceu após levar um tiro no peito durante tentativa de assalto no Jd. Magnólia em Sorocaba

A dupla de moto matou o dono da mercearia, acertou dois tiros em filho e fugiram após roubar “correntinha de ouro”.

Marginais numa moto vermelha balearam pai e filho, na tarde desta terça-feira (12), na Alameda Celidônio do Monte, no Jardim Magnólia, Zona Oeste de Sorocaba. Uma pessoa morreu.

O crime foi a tentativa de roubo malsucedido a uma mercearia da família. Édson Rachid, de 63 anos, faleceu com dois tiros na região do tórax. O filho dele também foi baleado no ombro e socorrido por vizinhos.

Prisão suspeitos pelo crime

Um dos suspeitos pelo crime foi preso pelo BAEP pouco tempo após matar um comerciante no Jd. Magnólia, na zona oeste de Sorocaba; a população agradeceu a agilidade dos militares na ocorrência e lamentou a morte de seu Edson Rachid

A prisão ocorreu no começo da noite desta terça-feira (12). A dupla matou o comerciante Édson Rachid, de 63 anos, no Jardim Magnólia.

A prisão ocorreu na Zona Leste, na região da Vila Assis, residência dos marginais. A dupla foi levada ao Deic (Departamento de Investigações Contra o Crime).

O filho de seu Edson Rachid segue internado em um hospital de Sorocaba.

Nas redes sociais a população lamentou a morte de seu Édson Rachid e agradeceu ao BAEP pela agilidade na prisão dos criminosos.

“Seu Edson era um homem bom, bondoso e com bom coração, conhecia ele há anos, que descanse em paz”; disse uma internauta nas redes sociais.

“Parabéns BAEP pela agilidade na prisão destes vagabundos, devem apodrecer na cadeia”; disse outro internauta nas redes sociais.

Seu Edson Rachid era muito querido no bairro. Segundo amigos, ele era um homem de bom coração e fará muita falta na comunidade.