Mãe em Sorocaba precisa de ajuda para comprar remédios de alto custo para filha

Maria Lúcia é de Sorocaba e mãe da jovem Ana Giovana de 19 anos, a filha perdeu todos os movimentos do pescoço pra baixo, e ela precisa de ajuda para os medicamentos de alto custo e ítens médicos; pois ela cuida sozinha dos 3 filhos e está desempregada; Veja abaixo como você pode ajudar

Confira abaixo a mensagem enviada para nosso portal:

Me chamo Maria Lúcia, e venho contar episódio mais triste e doloroso de minha vida.

No dia 20/07/2020 como de costume minha filha Ana Giovana de 19 anos levantou pra trabalhar, reclamou de uma dor na cervical próximo ao pescoço, não dei muita importância pensei ser um mal jeito.

Resumindo em menos de 30 minutos ela perdeu todos os movimentos do pescoço pra baixo. E foi assim que começou o nosso martírio.

A minha filha Ana Giovana da Silva Oliveira, tem tido muitos problemas de saúde desde então, devido a perda de movimentos e paralisação dos órgãos internos, teve uma pneumonia bacteriana, uma infecção na bexiga por causa do uso de sondas urinária infecção nos rins.

Devido as infecções ela teve 3 convulsões na última quarta-feira, e por isso estamos no UPA aguardando vaga para poder passar com o clínico neurologista dela no CHS.

Infelizmente não conseguimos vaga até o momento presente. Ela toma medicamentos de alto custo do qual não consegui retirar na farmácia do governo.

Ela está muito triste e abatida, não tenho condições de pagar psicólogo para ela. Sou separada e cuido sozinha dos meus dois filhos desde que eles tinham entre 07 e 10 anos.

Infelizmente o momento não me permite trabalhar pois minha vida virou de ponta cabeça cuidando de minha menina, infelizmente ela necessita de fraldas, sondas e medicamentos de alto custo, tenho feito o possível nestes 45 dias em que apenas 5 passei em minha casa, o restante do tempo de hospital em hospital (PA Cidade Nova, Hospital São camilo em Itu, CHS, Leonor Mendes de barros, PA Éden, Adib Domingos Jatene, etc..)

Faço tudo que posso para amenizar a dor de minha filha, porém não consigo suprir todas suas necessidades sozinha e sem trabalho.

Pois só quem passa ou passou pelo que estou passando sabe como e triste ver uma vida de um filho mudar como a da minha menina mudou!

Não contesto os desígnios de Deus, apenas oro e peço forças para não desanimar.

Hoje dia 05/09/2020 me encontro no UPA do bairro Éden desde quarta-feira aguardando uma vaga no CHS para interna-la.

E esse é o resumo de uma história que o destino nos impôs! Muito triste vê-la sofrendo tanto, me sinto inútil perante tanta dor!

Quem puder ajudar a dona Maria Lúcia, CLIQUE AQUI para acessar a Vakinha que ela fez para poder comprar os medicamentos da filha.