Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Mulher ora todos os dias em frente a hospital onde marido está internado com covid-19

Uma mulher está orando todas as noites abaixo da janela do hospital do marido enquanto luta contra o coronavírus

Se você perguntar a Michelle Gutierrez, não há nada mais poderoso que amor e oração – é por isso que quando seu marido, David, que está lutando contra o coronavírus piorou, ela sabia exatamente o que fazer.

Todos os dias, nas últimas duas semanas, Michelle visita o marido no hospital St. Luke em Houston, Texas. Embora ele esteja em coma e não possa ouvi-la ou vê-la, ela disse à CNN, ela fica no estacionamento sob a janela do quarto do hospital e ora por ele uma hora todos os dias.

“Eu posso vê-lo em minha mente”, disse Michelle. “Eu posso juntar tudo quando estou orando, posso vê-lo naquela cama, e isso coloca um sorriso no meu rosto, mesmo que ele não esteja onde eu quero que ele esteja.”

Continue lendo após o anúncio

David e Michelle

Em 25 de junho, Michelle disse que deu positivo para o coronavírus e David deu negativo. Enquanto se esforçava para superá-lo, David começou a desenvolver sintomas e, em 1º de julho, ela disse que ele deu positivo. Enquanto ela monitorava os sintomas e os níveis de oxigênio de David em casa, a cada dia que passava, eles pioravam.

Em 8 de julho, David foi hospitalizado. Cerca de 10 dias depois, Michelle disse que recebeu uma ligação de uma enfermeira dizendo que ele seria colocado em um ventilador porque seus níveis de oxigênio haviam caído para um nível não saudável.

“Foi um daqueles ‘diga adeus ao seu ente querido porque não sabemos se eles vão sair daqui’ das ligações”, disse Michelle.

“Te amo e até mais” são as últimas palavras que Michelle ouviu de David em 18 de julho.
Quando desligou, Michelle disse que seu primeiro sentimento foi uma sensação avassaladora de medo. Foi quando ela se voltou para a oração.

“Senti uma calma sobre o meu corpo e consegui ficar bem”, disse Michelle. “Adormeci naquela noite, como não sei … mas sei que deve ter sido Deus, porque não havia como eu ter dormido naquela noite”.

É a primeira vez em 10 anos que o casal se separa há mais de uma semana.

Continue lendo após o anúncio

Alimentado pela oração para fazer mais do que escrever cartas

Antes de David ser colocado em um ventilador, Michelle disse que trocariam mensagens de texto para frente e para trás e, ocasionalmente, o FaceTime, mesmo que se tornasse cada vez mais difícil para David falar – Michelle disse que conversaria e David ouviria.

Uma captura de tela de uma ligação do FaceTime entre Michelle e David, antes de ele ser colocado em um respirador.

E mesmo que ele esteja em coma no momento, Michelle ainda mantém o final da conversa escrevendo cartas para ele várias vezes ao dia. Ela envia por fax as cartas manuscritas para o hospital, para que as enfermeiras de David leiam em voz alta para ele.
“Ele terá muito o que ler quando acordar”, disse ela. “Eu mando uma mensagem para ele entre as cartas, para que ele talvez tenha dias de leitura para recuperar o atraso.”

As cartas manuscritas que Michelle escreveu e enviou por fax ao hospital para David.

Continue lendo após o anúncio

“Quando essas enfermeiras leem essas cartas para ele, acredito que ele pode ouvir essas palavras”, disse ela.

Em 22 de julho, quatro dias depois que David saiu de um ventilador, Michelle disse que “só queria estar perto dele”, então foi quando ela decidiu ir ao hospital, mesmo que isso significasse se conectar com David de longe, fora de sua casa. quarto.

Michelle postou sobre sua idéia no Facebook e recebeu outras pessoas para participar também.

“Eu gostaria de fazer isso antes que o coronavírus atingisse minha família, mas nunca é tarde para começar”, escreveu ela no Facebook. “Vocês são todos bem-vindos a se unirem pessoalmente ou em casa para orar”.

Continue lendo após o anúncio

Nas últimas duas semanas, Michelle disse que ela se juntou a estranhos, membros da igreja, enfermeiras e amigos que dizem que todos eles ganharam um pouco de esperança extra em suas próprias vidas por causa de seus esforços.

Na terça-feira, Michelle disse que uma enfermeira a chamou para o hospital para ver David pela janela de vidro do quarto dele.

Ao caminhar até o quarto dele, Michelle disse que não podia conter sua emoção.

“Quando eu o vi pessoalmente através do vidro, ele parecia bem”, disse ela. “Consegui falar com ele pelo interfone e foi uma visita curta, mas foi legal, me senti tão perto”.

Continue lendo após o anúncio

Um aniversário de casamento diferente do resto

Michelle e David se conheceram em 2009 enquanto ela estava fazendo manutenção no carro. Havia uma barreira linguística entre o dono da loja e Michelle, então David interveio para ajudar porque ele é fluente em espanhol.

Uma vez que o casal conheceu e trocou informações de contato, eles começaram a namorar logo depois.

Michelle disse que David disse a ela várias vezes durante o início do relacionamento: “” Você sabe que vai ser minha, sabe disso, certo? “”
Após dois anos de namoro, o casal se casou. Agora, seu aniversário de 10 anos está chegando, no dia 4 de setembro.

Para comemorar, Michelle disse que David tinha planos de levá-la para a praia – um plano que ela disse que o está segurando quando a saúde dele melhorar.

Continue lendo após o anúncio

Para outras pessoas que passam por situações semelhantes com seus entes queridos, Michelle disse que mantém uma atitude mental positiva, satura-se em oração e mantém a esperança.

“Quando for a hora certa, ele (Deus) respirará em seus pulmões e restaurará sua saúde”, disse ela.
E até que isso aconteça, Michelle disse que não vai parar de aparecer e rezar pelo marido, mesmo que isso signifique à distância. – Fonte: CNN – Traduzido por Portal SorocabaniceS

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio