Mulher grava vídeo para filha se despedir do pai e joga carro contra caminhão

Por um milagre de Deus a menina de dois anos não sofreu ferimentos graves, porém, a mãe está internada correndo risco de morte

Acidente de trânsito ocorrido na tarde desta segunda-feira (17) deixou uma mulher, de 34 anos, e sua filha, de apenas dois, feridas na BR-386, em Lajeado, no Rio Grande do Sul. Momentos antes, a mulher gravou um vídeo com a filha em que dizia ao pai da criança que iriam se matar.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o Fiat Uno invadiu a pista contrária da rodovia e colidiu contra um veículo de carga. Uma caminhonete que seguia pela via também se envolveu no acidente.

Em um vídeo que circula nas redes sociais e que teria sido enviado ao pai da criança, a mãe diz “Onde nós vamos Camile? Vamos se matar?”, então, a criança responde “sim”. A mulher ainda estimula a criança a se despedir do pai e dizer que é a última vez que ele a verá, mas a menina recusa. Assista ao vídeo gravado por ela:

Além da PRF, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Corpo de Bombeiros e Brigada Militar atenderam a ocorrência. A mulher foi socorrida para Hospital Bruno Born, na mesma cidade e posteriormente transferida para o Hospital de Pronto Socorro de Canoas. A criança, que estava na cadeirinha, passa bem.

Conforme a delegada regional de polícia, da 19ª Delegacia de Polícia Regional de Lajeado, Shana Luft Hartz, embora o estado de saúde da mulher seja crítico, que tenha exigido até mesmo a transferência para o HPS de Canoas, ela está com mandado de prisão decretado. “Este mandado refere-se a tentativa de homicídio da filha, uma criança de apenas dois anos que estava junto no veículo”, explica a delegada.

A delegada Shana fala ainda sobre o vídeo que circula nas redes sociais. Na gravação uma mulher fala para uma menina, que está dentro do automóvel que elas irão se matar, e pede para que a menina se despeça do pai. De acordo com a delegada, a mulher e a menina que aparecem no vídeo são as mesmas pessoas envolvidas no acidente. “Existem dois vídeos. Aquele que está circulando nas redes, um que supostamente seria da condutora, andando pela rodovia e logo após as imagens do acidente. Tudo indica que o vídeo é autêntico, sim”, destaca.

A menina de apenas dois anos sofreu apenas ferimentos leves. Os dois motoristas envolvidos – do caminhão e da Tucson – não se feriram. A polícia aguarda agora a recuperação da condutora para dar sequência às investigações.