Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Decreto restringe horários de funcionamento de mercados e postos em Sorocaba

Prefeitura anuncia medidas restritivas para escolas particulares, supermercados e postos de combustíveis

A Prefeitura de Sorocaba anunciou medidas restritivas para escolas particulares, supermercados e postos de combustíveis, como o objetivo de intensificar, ainda mais, as ações de combate à Covid-19, após a confirmação da identificação da variante de Manaus do vírus na cidade.

As novas medidas estão regulamentadas em dois decretos municipais, assinados pelo prefeito Rodrigo Manga e publicados na edição desta quarta-feira (24) do jornal oficial do município.

“Estamos numa constate busca de alternativas que possamos implementar para resguardar vidas e garantir o bem-estar da população. Temos ouvido as experiências de representantes de diversos setores para definir ações emergenciais e que possam fazer a diferença em curto prazo, em paralelo com as medidas já adotadas para a melhoria do atendimento em saúde pública e para que não faltem leitos para pacientes de Covid-19 em Sorocaba”, explica o prefeito Rodrigo Manga.

Continue lendo após o anúncio

Escolas particulares

Pelo Decreto Municipal nº 26.155/21, até o dia 30 de março, ficam suspensas as aulas presenciais nos estabelecimentos de ensino privados de Sorocaba, em todos os níveis e etapas. Já, as atividades administrativas e os serviços essenciais de manutenção de equipamentos de infraestrutura, nessas unidades, deverão ser realizados com escala mínima de profissionais e, quando possível, por meio remoto.

“Essa determinação é temporária e sua continuidade será depois reavaliada, mas, no momento, é uma forma de resguardar as crianças e adolescentes do risco de contágio dessa nova variante do vírus, que é mais perigosa e se dissemina mais rapidamente, inclusive entre os mais jovens”, destaca o prefeito.

A medida leva em consideração, ainda, o estado de calamidade pública decorrente da pandemia e o Decreto Municipal nº 26.141/21, que trata das medidas emergenciais, de caráter temporário e excepcional, impostas para todo o Estado de São Paulo entre 15 e 30 de março.

Postos de combustíveis

O Decreto Municipal nº 26.157/21 estabelece que os postos de combustíveis, incluindo toda a estrutura de serviços localizadas nesses empreendimentos, a partir desta sexta-feira (26), poderão funcionar de segunda-feira a sábado, no horário das 6h às 20h. Aos domingos, não deverá haver atividades nos postos. As medidas restritivas valem até o dia 4 de abril.

Continue lendo após o anúncio

A ação conta com o respaldo de Jorge Pereira e Antônio Rodrigues, representantes da direção do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), que estiveram reunidos na noite desta quarta-feira, no Paço Municipal, com o prefeito Rodrigo Manga, com o vice-prefeito Fernando Martins da Costa Neto e os secretários municipais Paulo Henrique Marcelo (Planejamento), Carlos Eduardo Paschoini (Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico), Robson Coivo (Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo), Luciana Mendes (Jurídico) e Fernanda Burattini (Comunicação).

“Trata-se de uma medida emergencial e todos estamos dispostos a contribuir neste momento crítico. Ainda mais, porque muitos postos, sobretudo, à noite, se tornaram locais atrativos para encontros de jovens e há dificuldade, apesar dos esforços das autoridades, em coibir essas práticas que facilitam a disseminação da Covid-19”, destacou Antônio Rodrigues.

Supermercados e hipermercados

Os supermercados, hipermercados e estabelecimentos congêneres deverão funcionar, também com base no Decreto Municipal nº 26.157/21, todos os dias, em horário diferenciado, das 7h às 22h, no período compreendido entre 26 de março e 4 de abril.

Nos três primeiros dias da nova medida, ou seja, em 26, 27 e 28 de março, a recomendação é que seja limitada a circulação de pessoas nesses locais a um membro por família. A contar do dia 29 de março, o cumprimento dessa medida passa a ser obrigatório.

Continue lendo após o anúncio

A decisão foi tomada pela Administração Municipal em consenso com representantes do setor, em reunião, também nesta quarta-feira, com a participação de Marcos Tozi (Associação Paulista de Supermercados – Apas), Rodrigo Marinheiro (Apas), Márcio Une (Rede Bom Lugar), Jad Zoghaeib (Confiança Supermercados), Luzinete dos Anjos (Confiança), Marcos Covicchiolli (Supermercados São Vicente), Rogério Montolar (Tauste Supermercados), Sebastião Ataíde Júnior (Rede Correia) e Nelson Barbosa (Barbosa Supermercados).

O grupo de empresários se comprometeu em não dispensar seus colaboradores enquanto essa situação emergencial persistir. Também concordaram em elaborar, em conjunto com o Poder Público, uma campanha conjunta de comunicação para orientar os consumidores sobre as medidas restritivas de acesso, bem como sobre a necessidade de cada pessoa adotar hábitos preventivos individuais de combate ao Coronavírus, seja dentro dos estabelecimentos, como no dia a dia.

“Precisamos deixar claro que supermercado não é local de passeio e, sim, um serviço essencial, e que as compras precisam ser feitas de forma objetiva. E, ainda, orientar para que o cliente evite os horários de pico”, disse Marcos Tozi, da Associação Paulista de Supermercados.

O prefeito Rodrigo Manga adiantou que entrará em contato com o Poder Executivo de Votorantim e de outras cidades da região, para apresentar as medidas que serão adotadas em Sorocaba. “É importante estimular uma ação conjunta regional. Vamos sugerir a outras cidades que nos acompanhem nessas propostas, ainda mais devido à proximidade entre os municípios, como forma de evitar o deslocamento populacional”, finalizou.

Continue lendo após o anúncio

Mais leitos Covid

Outra medida anunciada no enfrentamento da pandemia foi uma nova ampliação de leitos Covid. A UPH Zona Norte terá mais 20 leitos, sendo 16 clínicos e quatro com suporte ventilatório avançado. A previsão é que esses leitos sejam ativados na próxima segunda-feira (29). A UPA Éden também receberá reforço de leitos nos próximos dias, serão mais 40, sendo 20 para assistência geral (observação) e 20 clínicos Covid.

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio