Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Médico e enfermeira são presos após realizarem aborto na mulher errada

Os profissionais de saúde não tiveram o cuidado de checar a identidade da paciente.

Um médico e uma enfermeira foram presos e serão investigados após realizarem um procedimento de aborto na paciente errada. O caso aconteceu em um clínica no distrito de Gangseo, em Seoul, na Coreia do Norte, e foi divulgado pela polícia local nesta segunda-feira.

Segundo a Polícia, a ficha das duas mulheres foi trocada, e os profissionais de saúde não tiveram o cuidado de checar a identidade da paciente. A vítima foi ao consultório para receber apenas algumas vacinas, mas a enfermeira aplicou uma anestesia nela antes mesmo de conferir as informações dela.

As autoridades da Coreia do Sul iniciaram este ano o debate sobre a legalização do aborto e têm até dezembro de 2020 para revisarem a legislação atual. Até lá, a prática permanece ilegal e pode ser punida com até um ano de prisão, com exceção dos casos onde a gravidez é causada após estupro, incesto ou o feto ameaça a vida da mãe.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio