Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Mãe e padrasto são presos por abuso sexual e morte de bebê de 1 ano e meio

Conforme Polícia Civil, vítima tinha 1 ano e 6 meses e morreu por hemorragia interna causada por estupro, em Caldas Novas, GO.

Um jovem, de 25 anos, foi preso na quinta-feira (4) suspeito de abusar sexualmente da enteada de 1 ano e 6 meses, provocando assim a morte dela, em Caldas Novas, no sul de Goiás. A mulher dele e mãe do bebê, uma jovem, de 23 anos, também foi detida pelo mesmo crime, mas na condição de ser omissa em relação ao fato. O delegado titular da cidade, Leylton de Arruda Barros, informou que a vítima morreu por causa de uma hemorragia interna causada pelo estupro.

Segundo o delegado, a bebê foi levada para o Pronto Atendimento Infantil (PAI) da cidade já inconsciente e com vários hematomas. A equipe médica tentou reanimá-la, mas não conseguiu. Em seguida, o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames para identificar a causa da morte.

Continue lendo após o anúncio

“Além de lesões físicas, a médica legista apontou lesões na genitália, lesões recorrentes. Ela indicou que a causa da morte seria preliminarmente um abuso sofrido recentemente, entre a noite de quarta-feira [3] e a manhã desta quinta-feira. O ato gerou a hemorragia interna que levou ela à morte”, destacou ao G1.

Ainda conforme o delegado, as únicas pessoas que estiveram com a menina no período em que ela sofreu os abusos foram a mãe e o padrasto. Eles foram à delegacia, mas apresentaram uma versão diferentes dos fatos.

“Eles tinham dito que a bebê caiu da cama, por isso a levaram ao hospital. No entanto, nenhum exame médico apontou lesões por queda”, disse.

O casal foi detido na delegacia da cidade e deve ser transferido para o Presídio de Caldas Novas. O padrasto deve ser indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, qualificado pela morte da vítima. Já a mãe pode responder pelo mesmo crime, mas qualificado por omissão. Se condenados, eles podem ficar presos por até 30 anos.

Continue lendo após o anúncio
FONTE: G1

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio