Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Mãe de aluno invade escola e bate em menina de 12 anos por ‘torcer a mão’ de seu filho

Segundo a delegada, o adolescente estaria “brincando de passar a mão no rosto da menina”, que pediu repetidamente para que ele parasse, até que segurou sua mão com força e torceu. A mulher, que também agrediu o professor, responderá por lesão corporal e injúria.

Nesta segunda-feira (22), primeiro dia de aula do segundo semestre letivo na rede pública em Campo Grande (MS), uma confusão na escola municipal Professor José Souza no bairro Buriti acabou na delegacia. A mãe de um aluno invadiu a sala de aula para agredir uma estudante de 12 anos por ter torcido a mão de seu filho em uma briga.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), os pais do menino que estuda no oitavo ano e da menina que está no nono ano, foram chamados pela direção após a briga. A mãe do adolescente saiu da direção, entrou na sala da menina e agrediu a garota e o professor. A Polícia Militar e a Guarda Municipal foram chamadas para conter a mulher e encaminhar as famílias para a delegacia. Ela foi segurada pelos próprios adolescentes que também filmaram a ação.

Segundo a delegada da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Dpca), Anne Karine Trevizan, o menino estava “brincando de passar a mão no rosto da” menina. Ela teria pedido várias vezes para ele parar, momento em que o menino teria pisado no pé dela. A delegada conta que a menina reagiu segurando a mão do colega com força e acabou torcendo-a.

Continue lendo após o anúncio

A Semed informou que “lamenta essa situação e informa que todas as medidas foram tomadas”. A Secretaria ainda analisa quais serão as consequências para os estudantes e aguarda o andamento do processo.

A mãe vai responder por lesão corporal e injúria. O caso também foi registrado na Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaiji). O G1 procura a defesa da mãe do aluno.

A Semed informou que “lamenta essa situação e que todas as medidas foram tomadas”. A Secretaria ainda analisa quais serão as consequências para os estudantes e aguarda o andamento do processo.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio