Karol Conká pode ser expulsa do BBB 21: “Houve crime”; endossa delegado

Delegado endossa opinião que pode levar à expulsão de Karol Conká: ‘houve crime’

Deputado estadual Bruno Lima afirma que está em contato com familiares de Lucas Penteado para registrar a denúncia.

Nem parece, mas tem apenas uma semana desde o início do ‘Big Brother Brasil 21‘, a mais nova edição do reality show da TV Globo que é sucesso de audiência no Brasil. Entre inúmeras polêmicas que já rolaram, a postura da rapper Karol Conká está dando o que falar na web.

Por comportamentos controversos da cantora, muitos telespectadores, famosos e anônimos, recorreram às redes sociais para exigir que ela seja expulsa da casa. As hashtags #KarolConkaExpulsa e #BoninhoExpulsaKarol estão entre os assuntos mais comentados das redes sociais brasileiras nos últimos dias.

O motivo? O público tem julgado as atitudes da artista dentro da casa como “extremamente preconceituosas e agressivas”.

A expulsão, inclusive, pode realmente vir a acontecer. Pelo menos essa é a opinião do delegado Bruno Lima, que declarou, nesta terça-feira (2), que as atitudes de Karol configuram o crime de injúria racial.

“O Lucas sofreu crime de injúria!! Entraremos em contato com a família dele para orientar quanto ao crime cometido”, escreveu o policial no Twitter. Bruno é conhecido por ser deputado estadual eleito por São Paulo.

Confira:

Na manhã desta terça-feira (2), Bruno voltou a falar sobre o assunto, também pelo Twitter.

Karol Conká pode ser expulsa do ‘BBB 21’

Caso a denúncia do delegado se desenrole em uma investigação, Karol Conká poderá ser intimada a depor enquanto ainda está confinada no ‘BBB 21’.

Se isso vier a acontecer, ela corre o risco de ser eliminada da atração, como já aconteceu em outras ocasiões. Para as regras do programa, qualquer tipo de interferência externa pode justificar uma desclassificação dos participantes.

Marcações: