Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Inversão de valores: Quando foi que o mundo enlouqueceu e passamos a defender pessoas indefensáveis?

O que está acontecendo com o mundo?
Alienação da internet? Da TV? Youtubers com opiniões controversas?
Em que momento da nossa breve vida, começamos a defender o indefensável?

No último domingo a emissora de maior audiência do país exibiu uma matéria sobre o sofrimento de um preso transsexual em um presídio de São Paulo.
Depois de toda a romantização, de humanizarem o preso, de fazerem o Brasil ter pena do condenado, foi descoberto que o mesmo estava em cárcere pois havia cometido um crime abominável.

E não foi a primeira vez que a TV faz isso:
Em 2015 o apresentador Augusto Liberato (Gugu), fez uma matéria com a assassina Suzane Von Richthofen, tentando humanizar a criminosa.
Houve até uma reforma na sela em que ela morava com a antiga esposa, “Sidão”.

Continue lendo após o anúncio

Em ambos os casos a repercussão foi imensa.
Mas vamos nos focar no mais recente, o caso da transsexual Suzy.

A internet se dividiu e por incrível que pareça, há pessoas que defendam os “direitos” da trans, que estuprou e matou uma criança.
E quanto à mãe dessa criança? Alguém foi defender os direitos dela?
Porque um preso por crime hediondo tem toda essa comoção nacional, enquanto a verdadeira vitima de tudo sofre, agoniza, necessita de calmantes para agüentar a perda?

Quando começamos a educar nossos filhos de forma errônea, a ponto de eles defenderem o indefensável?
Talvez os que defendam, nunca passaram e nunca irão passar (graças a deus) por uma tragédia como a da mãe desse menino.

Como defender a moça que planejou friamente a morte dos pais? Como defender a trans que violentou e matou uma criança? Como defender o bandido que assalta e mata um pai de família? Como defender a menina morta no morro, pois escolheu namorar com traficantes?

Não estamos aqui para julgar e nem somos perfeitos, porém temos a ciência de que toda escolha terá uma consequência.

Temos que re-aprender a defender pessoas e valores que realmente merecem a defesa, ou então, nunca sairemos da situação deplorável em que nossa sociedade se encontra.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio