Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Homem com covid-19 é preso após cuspir na mão e espalhar em maçanetas de carros

O vídeo mostra o momento em que um homem com covid-19 cospe na mão e espalha na maçaneta de um carro

O caso aconteceu no Rio Grande do Sul. Assista o vídeo abaixo.

Polícia Civil investiga se homem tentou disseminar a doença intencionalmente. Suspeito foi isolado em casa, mas fugiu e acabou sendo encontrado em cidade vizinha. Prefeitura realizou higienização de veículos após a ocorrência.

Um homem com coronavírus foi detido, na quarta-feira (3), após passar a mão em maçanetas de veículos em Planalto, na Região Norte do Rio Grande do Sul, relatam a Brigada Militar e a Polícia Civil. As informações são do site G1.

Continue lendo após o anúncio

ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO

A polícia chegou até o suspeito após denúncias de moradores e análise de câmeras de segurança (veja vídeo acima). Na cidade, que tem 10 mil habitantes, os vizinhos desconfiaram de atitudes do homem, como cuspir na mão.

Após a abordagem, a BM levou o suspeito a uma unidade de saúde para fazer um teste de Covid-19, que deu resultado positivo, com o vírus em atividade. O homem, que não teve a identidade e a idade divulgadas pelas autoridades, disse não saber que estava contaminado.

Continue lendo após o anúncio

Após o registro de ocorrência na Polícia Civil, o indivíduo foi liberado para cumprir isolamento em casa. No entanto, o suspeito fugiu e foi encontrado, nesta quinta (4), em Iraí, a 33 km de Planalto, onde foi autuado novamente e isolado em um hospital.

O delegado Ercílio Carletti confirma que a polícia apura o caso. “Os crimes ainda estão em análise. Durante as investigações, vamos definir”. A possibilidade do homem ter tentado disseminar, intencionalmente, a doença também é investigada. Em depoimento à polícia, ele afirmou que só falará em juízo. Carletti confirma ainda que o suspeito possui antecedentes criminais, mas não informou por qual crime.

Sargento da Brigada Militar, Jonas Adriano Nicola também diz que o caso ainda é apurado. “Não sabemos se teve dolo ou culpa na conduta dele. A gente não sabe se ele faz algum tratamento psiquiátrico ou se sofre algum distúrbio”, relatou.

O prefeito de Planalto, Cristiano Gnoatto, informou ao G1 que o homem passou por problemas familiares recentemente, mas que não havia a confirmação de algum distúrbio mental.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio