Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Há 39 anos morria o maior artista e cineasta brasileiro, Amácio Mazzaropi

Há 39 anos, o Brasil se despedia de Amácio Mazzaropi, o ator e diretor que imortalizou seu nome em mais de 30 filmes que ainda hoje fazem sucesso. Ele viveu por 69 anos e faleceu, em 1981, vítima de câncer na medula.

Assista ao filme completo de Mazzaropi – Jeca Tatu:

https://youtu.be/tppFAZjPNQE


Mazzaropi nasceu em São Paulo, em 9 de abril de 1912, mas foram suas temporadas na casa do avô materno, em Tremembé (interior do estado), que deram a ele o gosto pela vida no campo. Mais tarde, essa vivência seria a inspiração para a série de filmes cômicos do caipira que carrega seu sobrenome.

Continue lendo após o anúncio

O ator iniciou sua carreira como ator, aos 20 anos de idade, na montagem chamada A herança do Padre. Em 1935 ele viajou com sua companhia de teatro, a Troupe Mazzoropi, em uma turnê que durou os 10 anos seguintes.

O artista estrelou o programa Rancho Alegre, que na década de 1940 ia ao ar todos os domingos na extinta Rádio Tupi. A encenação ganhou as telas da também extinta TV Tupi, em 1950.

Cinema

Em 1952, Mazaaropi iniciaria sua carreira no cinema, arte que o tornaria reconhecido e lembrando. Seu primeiro filme, Sai da Frente, foi rodado naquele ano, e três anos mais tarde ele vendeu sua casa para criar a produtora Produções Amácio Mazzaropi (PAM Filmes). A partir de então, passa a produzir, dirigir e auar em seus próprios filmes, que foram distribuídos para todo o Brasil.

Os filmes do cineasta são frequentemente exibidos na TV Brasil, e costumam registrar audiência mais alta do que o restante da programação da emissora, perdendo apenas para eventos localizados, como o desfile de 7 de setembro ou algumas transmissões do Campeonato Brasileiro. Todos eles mostram o personagem caipira vivendo situações diversas, que vão desde problemas em sua cidade até uma confusão que o leva a Bariloche. Relembre alguns deles:

Continue lendo após o anúncio

No longa “A Banda das Velhas Virgens”, Mazzaropi é um caipira que tem o sugestivo nome de Gostoso. Ele é o maestro de uma hilariante banda feminina formada por senhoras idosas e beatas. Orgulho da pequena cidade, a banda é mantida pelos donativos recolhidos pela igreja.

“Meu Japão Brasileiro”: Em uma comunidade rural nipo-brasileira, Mazzaropi é um agricultor chamado Fofuca que enfrenta a exploração descarada do “seu” Leão, responsável por intermediar os negócios entre os produtores e o comércio na cidade.

Em “Jecão… Um fofoqueiro no céu”, Jecão Espinheiro se vê envolvido com problemas relacionados à sua sorte com dinheiro. Ele e o filho Martinho ganham na Loteria “Espiritiva” e vão para São Paulo para receber seu prêmio.

Em plenos anos 1970, Mazzaropi falou às multidões sobre assuntos importantes como o preconceito racial. No filme Jeca e seu filho preto, o humorista interpreta Zé, o pai de um rapaz que (misteriosamente) é negro

Continue lendo após o anúncio

Seu último filme, “O Jeca e a Égua Milagrosa” mostra a história de dois fazendeiros, Libório e Afonso, que disputam votos para ganharem a eleição para a prefeitura de uma cidade pequena. Eles têm terreiros de umbanda e candomblé, utilizando os espaços para ganharem frequentadores e votos.

O BRASIL NUNCA TERÁ UM ARTISTA COM A GRANDEZA DE MAZZAROPI!

Continue lendo após o anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio