Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Diarista vence o câncer e se torna campeã de fisiculturismo aos 50 anos

Cristiane é diarista, tem 49 anos, e começou a fazer atividade física depois que se curou de um câncer. De lá pra cá, ela tomou gosto pela musculação, e esse final de semana se tornou campeã da 5ª Copa Norte de Fisiculturismo. “Obrigado senhor por mais essa conquista! Durante 8 meses longo de dieta, treinos pesados, rotinas cansativas do dia a dia, consegui o primeiro lugar. Muito feliz! Agradeço todos que torceram por mim”, disse Cris.

Seja forte como uma mulher! <3

Diretamente de Sarandí, interior do Paraná, vamos te contar a história de uma lutadora. Cristiane Gonçalves, uma diarista de 47 anos, ganhou a 5ª Copa Norte de Fisiculturismo, um campeonato regional da prática na região. Mas antes disso, ela batalhou forte contra o câncer.

Após uma cirurgia e 8 meses de intenso treinamento, Cristiane alcançou o corpo perfeito. Mas ela passou por muitas batalhas até alcançar sua conquista, e, além disso, a motivação para que ela começasse no esporte não foi das mais óbvias.– Serena Williams torna-se a primeira atleta na lista das mulheres mais ricas do mundo

“Obrigado senhor por mais essa conquista! Durante 8 meses longo de dieta, treinos pesados, rotinas cansativas do dia a dia, e com ajuda do meu treinador Diego Satin Pergoeu, consegui o primeiro lugar. Muito feliz! Agradeço todos que torceram por mim”, disse a atleta, em comemoração, nas suas redes sociais.

“Os médicos disseram que precisava fazer exercícios físicos. Procurei uma academia e em pouco tempo de treino, meu treinador disse que eu poderia participar até de competições. Disse a ele que, pela idade, talvez não conseguiria, mas ele me incentivou”, contou Cristiane ao jornal “O dia na cidade”.

Continue lendo após o anúncio

Outras histórias de inspiração

A história de Cristiane lembra de Cristina Ortega, que batalhou contra um tumor na coluna. Após vencer a luta contra a doença, ela voltou a treinar o que mais gostava de fazer: correr. E, alguns anos depois de ganhar a batalha contra a doença, Ortega correu a Maratona de Boston, uma das principais corridas do tipo no mundo.A gente também contou a inspiradora história de Christian Barbosa, o lutador de jiujitsu de apenas 17 anos que vendia balinhas no farol para conseguir competir em um campeonato europeu de luta.

O jovem foi auxiliado por milhares de pessoas e por Felipe Neto, que bancou os custos da viagem e ajudou o atleta a conquistar o seu sonho de atleta.“Eu me dedico ao jiu-jitsu há cinco anos e meu objetivo é viver do esporte. Já conquistei diversas medalhas, tais como: 1º Colocado no Brasil Open; 2º colocado no Campeonato Brasileiro; Campeão Estadual Paranaense e Carioca; 2º Colocado no Word Cup (Rio de Janeiro). Essa trajetória não tem sido fácil, pois os treinos e os torneios geram muitos custos”, afirmou Christian Barbosa.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio