Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Defesa Civil em Sorocaba retira 16 famílias de apartamentos no Carandá após incêndios

Segundo os moradores, todas as famílias do bloco que foi atingido pelo incêndio, perderam móveis e pertences devido a água usada para apagar as chamas

A Defesa Civil retirou 16 famílias de um bloco no Residencial Carandá, que foi atingido por dois incêndios (no mesmo local) nesta sexta-feira (08). Segundo os moradores, os móveis dos apartamentos dos blocos foram perdidos por conta da água que foi usada para apagar as chamas.

Ainda segundo os moradores, todas as 16 famílias do bloco, tiveram que deixar os apartamentos por ordem e precaução da Defesa Civil. Eles foram orientados de forma emergencial a se acomodarem na escola do bairro, porém, alguns moradores conseguiram abrigo na casa de amigos e familiares.

“Foi uma pressa para tirar os pertences dos apartamentos, tivemos que fazer vaquinhas entre a gente para conseguir o transporte dos objetos, visto que nos deram um prazo muito curto para retirarmos os nossos pertences. Ainda tivemos que nos unir, para retirar toda a água dos imóveis”; contou a moradora Poliana Firmino.

Continue lendo após o anúncio

Apartamentos tiveram que ser evacuados após o incêndio

Ainda segundo a moradora, um prazo de 15 dias foi dado para que as famílias possam voltar ao local. Ela ainda nos contou que o apartamento que pegou fogo passará por uma reforma, e todos os imóveis do bloco passarão por vistoria e terão suas portas trocadas.

Prefeitura interdita apartamentos comprometidos por incêndios no Carandá

Medida visa à segurança das famílias residentes nas unidades vizinhas ao imóvel atingido pelos incêndios; ações sociais e apoio psicológico também estão sendo oferecidos pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cidadania (Secid) e do Fundo Social de Solidariedade (FSS).

Continue lendo após o anúncio

A Prefeitura Municipal de Sorocaba, por meio da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu) e da Defesa Civil, providenciou a retirada de 14 famílias de um bloco de 16 apartamentos do Jardim Carandá. A ação, de caráter preventivo, foi motivada pela constatação de comprometimento das redes elétrica, hidráulica e de gás decorrente dos incêndios ocorridos na sexta-feira (8), em um dos apartamentos. Em dois apartamentos do bloco não havia moradores.

Após a vistoria realizada por agentes da Defesa Civil e engenheiro da Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo), foi determinada a interdição total do Bloco 2B do Condomínio Aroeira. As famílias que tiveram que deixar os apartamentos em situação de risco foram temporariamente abrigadas em casas de parentes.

A manutenção deverá ser realizada por técnicos e, após a sua conclusão, será feita uma nova vistoria pela Defesa Civil para avaliar a possibilidade de liberação das unidades às famílias, com toda segurança necessária.

O secretário de Segurança Urbana, Vitor Gusmão comenta que “a Prefeitura agiu rapidamente para preservar a integridade física e garantir a segurança dos moradores. Nenhuma família deixou de ser assistida. Todas foram amparadas e devidamente orientadas”.

Tanto a Secretaria da Cidadania (Secid), como o Fundo Social de Solidariedade (FSS) estão mobilizados para dar todo o suporte, inclusive, com apoio psicológico às famílias. Além disso, o Poder Público também irá mobilizar a iniciativa privada para a execução das obras de reforma do apartamento atingido.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio