Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Cientistas de diversos países encontram indícios de vida em Vênus

Cientistas anunciaram que encontraram indícios de que existe vida no planeta Vênus, o mais próximo da Terra, que fica a cerca de 41 milhões de quilômetros distante daqui.

Eles anunciaram nesta segunda-feira, 14, a descoberta da presença do gás de fosfina na atmosfera do planeta, o que pode indicar a presença de seres vivos no local.

A fosfina, um gás altamente tóxico, é composto por hidreto de fósforo e é comumente utilizado em inseticidas na Terra, uma vez que não é encontrado em seu estado natural por aqui.

Segundo os cientistas, a fosfina na Terra é produzida por micróbios anaeróbicos (sem oxigênio) e pode ser que o mesmo aconteça no planeta quente, que beira os 462,2º graus celsius.

Continue lendo após o anúncio

“Essa descoberta é muito interessante porque no momento esse composto só é fabricado na Terra via algum ser vivo”, conta Janot Pacheco do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas – IAG da Universidade de São Paulo (USP).

Os pesquisadores

A pesquisa, que envolve cientistas de várias nacionalidades, foi publicada na prestigiada revista científica Nature Astronomy.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas usaram o telescópio James Clerk Maxwell, no Havaí, e o telescópio Atacama, no Chile.

Os pesquisadores são da Universidade de Manchester, Cardiff e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, e também teve a participação da Universidade de Kyoto.

Continue lendo após o anúncio

O que a pesquisa dos cientistas indica é que podem existir micróbios em Vênus, indício mais forte encontrado sobre vida extraterrestre até o momento.

Como

Os astrônomos ainda não coletaram espécimes de micróbios de Vênus e não têm imagens deles.

Eles também não sabem ainda a origem da substância em Vênus e informaram que mais estudos devem ser feitos para garantir a descoberta, que não deixa de ser um marco importante para a ciência.

“Pode ser a mesma coisa que o metano encontrado em Marte. No planeta vermelho, as sondas encontraram algumas concentrações grandes de metano que podiam ter ligação com a vida, mas não descobriu nada ainda”, explica Janot.

Continue lendo após o anúncio

“Em Vênus as temperaturas são extremamente variáveis, então você pode achar um lugar na atmosfera onde a bactéria pode viver. Assim como na Terra. A ideia mais sensacional é que essa bactéria deve viver em uma temperatura de 0 a 30 graus e produz essa fosfina”, afirmou.

A descoberta pode mudar o foco dos cientistas para Vênus, planeta que foi ignorado nos últimos anos por pesquisadores no mundo todo, cujo foco era sempre voltado para Marte.

Com informações da Nature e Exame – Foto: SCIEPRO/Getty Images

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio