Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Carro funerário muda caminho para idosa dar adeus ao filho, vítima da Covid-19

Uma idosa de 90 anos pôde se despedir do filho, vítima do novo coronavírus no Amapá, graças ao gesto de uma empresa funerária, cujo veículo aceitou mudar o percurso para passar em frente à casa dela.

O motorista Moacyr Silva, 56 anos, foi a terceira vítima decorrente do Covid-19 no estado. Por determinação da Secretaria de Saúde do Amapá, os velórios não são permitidos neste momento.

A mãe dele, Dona Maria Silva, 90 anos, pediu à funerária para ‘ver’ o filho uma última vez. Sensibilizada, a empresa aceitou. O carro que levava o caixão ao cemitério parou por um momento para a despedida à distância.

Continue lendo após o anúncio

Nesse momento, amigos e vizinhos de Moacyr saíram à rua para aplaudir e fazer uma oração.

“Não tenho nem palavras. Ele era um amigo e irmão. Como existe um procedimento a ser cumprido, do hospital direto para o cemitério, a mãe dele pediu que no momento de levar o corpo, passasse em frente à casa dela. Foi algo inexplicável. Quando o carro entrou na avenida, a sirene foi ligada e todos na rua começaram a aplaudir. Foi muito triste”, disse o pare Paulo Roberto Matias, amigo de infância do motorista. Ele esteve ao lado da família durante toda a despedida.

Moacyr Silva era motorista da Polícia Federal (PF), em Macapá (AP). Levava uma vida normal e conforme conta o padre Paulo, era extremamente precavido, pois “só andava com luva, máscaras e álcool gel na mão”, ciente de suas comorbidades – ele era hipertenso e ex-fumante.

Semanas antes de apresentar os sintomas, Moacyr chegou a desfilar na escola de samba onde era diretor de alegorias, a Piratas Estilizados, em Macapá. Amigos e familiares o descrevem como uma pessoa muito alegre e querida por todos, que vai deixar saudades.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio