Pianista cego e autista de 7 anos se emociona ao conhecer Sandy e Junior em show

Daniel Cardoso é autodidata e visitou camarim da dupla no último sábado. Também cega, a irmã do garoto, Júlia, participou do encontro.

É sentado ao piano que Daniel Cardoso, de 7 anos, expõe as emoções. Autodidata, a criança – cega e autista – se descobriu na música e, por meio dela, realizou o sonho de conhecer a dupla Sandy e Junior, nesse sábado (20), no show da turnê “Nossa história” em Brasília.

Habilidoso com o instrumento, o menino ganhou o mundo pela internet – suas apresentações à frente do piano foram filmadas e divulgadas nas redes sociais. E, cumprindo um desafio proposto pela mãe, Hedrienny Cardoso, o garoto aprendeu a interpretar as 179 músicas de Sandy e Junior.

A paixão pelas canções da dupla pop alcançou a irmã do pianista, Júlia, de 5 anos. Ela, que também é cega, passou a acompanhar o irmão nos vocais. Assim, a família de Águas Claras nutriu, a cada vídeo, o sonho de conhecer os ídolos.

O desejo foi concretizado neste fim de semana, quando eles foram selecionados em uma campanha de Sandy e Junior nas redes sociais.

No camarim, mãe e filhos se emocionaram. “Foi uma mistura de sentimentos. Incrível, inesquecível”, resumiu a mãe. O encontro foi compartilhado pela Hedrienny nas redes sociais (veja vídeo abaixo):

“Ainda mais apaixonada depois de vê-los tratando tão bem meus filhos”.

Na publicação, a mãe diz que Daniel “não queria sair do colo de Junior”. “Com ciúmes”, Sandy pediu: “Faltou o meu abraço, Dan”.

No encontro, os cantores dizem ter assistido aos vídeos dos pequenos na internet. Junior pergunta a Daniel qual música ele mais gosta e, sem perder tempo, o menino responde: “Dessa vez”.

Após o encontro, Hedrienny disse que voltou no tempo. Os cantores Sandy e Junior, que até então estavam nas lembranças de infância dela, passaram a fazer parte da memória recente dos filhos.

“Reviver isso com os meus filhos foi uma viagem muito grande. Com a minha influência, eles começaram a gostar de Sandy e Junior.”

Sandy & Junior em Brasília: casal conta história de amor embalada pela dupla

179 canções

Há dois anos, Hedrienny, fã de Sandy e Junior, usa as redes sociais para compartilhar o talento dos filhos. Em 2018, ela teve a ideia de incentivar Daniel a interpretar toda a obra da dupla.

Assim, a administradora propôs ao filho gravar e postar no perfil da família no Instagram uma música de Sandy e Junior por dia durante um ano inteiro. Em junho, Daniel terminou de registrar todas as canções – a tempo do show que os irmãos fizeram na capital federal.

A motivação da mãe nasceu após o menino ter sido “convidado a se retirar de um curso de musicalização” no ano passado. “Disseram que ele não tinha intimidade suficiente com instrumentos. Mas ele tocava 500 músicas.”

“Depois, admitiram que não estavam preparados para lidar com um aluno cego e autista.”

Segundo Hedrienny, o desafio não foi proposto para provar algo aos outros, mas mostrar para o pequeno Daniel que ele é capaz de ganhar o mundo. Ao lado das crianças, a mãe afirma:

“Tudo isso é para contornar a barreira do preconceito”.

A descoberta

Daniel é o primeiro filho da administradora Hedrienny e do engenheiro Robson Ribeiro dos Santos. Segundo a mãe, desde novinho, ele mostrou interesse pela música.

Daniel nasceu cego, mas o diagnóstico só veio aos dois anos de idade – período em Hedrienny engravidou da segunda filha, Júlia. A menina nasceu com uma doença degenerativa hereditária que causa cegueira infantil.

O terceiro filho do casal, Pedro, de 2 anos, veio ao mundo sem deficiências. Durante os anos de descobertas das crianças, Hedrienny e Robson perceberam que as brincadeiras entre os meninos não despertavam tanto a atenção de Daniel.

Logo, os pais notaram que a música e sons do dia a dia faziam mais sentido para o garoto do que uma luta entre bonecos. E, assim, a reprodução daquilo que ele ouve passou para o piano e, hoje, para as telas dos aparelhos celulares.