Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

Boi de estimação vira churrasco e caso vai parar na polícia

O boi de estimação foi furtado para virar churrasco de aniversário e caso vai parar na delegacia no AC

Laranjinha foi morto após ser retirado de dentro da propriedade do pastor Raimundo Oliveira. Duas pessoas foram para a delegacia.O caso de um furto de um boi foi parar na Delegacia de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, na manhã desta quarta-feira (12). Isso porque o animal foi furtado de dentro da propriedade do pastor Raimundo de Oliveira, na BR-364.

Oliveira conta que sentiu a falta do boi pela manhã quando foi mudá-lo de local. Segundo ele, o animal foi furtado e abatido a 200 metros da casa dele. O pastor lamentou o ocorrido e disse que o boi era criado como um animal de estimação e que, inclusive, era chamado carinhosamente de Laranjinha.“Toda tarde eu trocava ele de lugar e colocava água. Até que hoje de manhã [quinta,13] fui fazer um serviço e não o vi. Rodei o campo vizinho e não achei. Até que peguei a trilha e vi que tinham arrombado a cerca. Dava uns 200 metros da minha casa até onde o boi foi morto”, conta.Laranjinha era um boi de carga e pesava cerca de 270 quilos, segundo o dono do animal. “Um boi muito manso e de estimação. Eu gostava muito dele”, lamenta.

Continue lendo após o anúncio

A Polícia Militar foi acionada após o registro do furto e dois vizinhos do pastor foram conduzido à delegacia. Já a carne foi encontrada em um freezer no bairro Aeroporto Velho, temperada e pronta para ser servida em um aniversário de 15 anos.“A PM foi acionada na BR-364 para atender o furto de um boi, conseguiu colher informações e identificar os autores. Foram presos dois indivíduos e recuperada parte da carne. O furto seria para fazer um churrasco”, conta o tenente Robson Belo, da PM.Mesmo chateado com a morte do animal, o pastor diz que conversou com a família e que quer tirar a queixa, mas só vai fazê-lo se pagarem o valor de R$ 3 mil. Oliveira diz que é uma forma de não ficar no prejuízo e nem atrapalhar a festa da família.“Não tenho nada contra a família, pedi para retirar queixa contra a família e disse que eles seguissem e me pagassem, sempre prego para eles, vão ao culto, sempre vão à igreja. A carne está na delegacia, mas eu prefiro que me devolvam o valor do boi, porque nem tenho como levar toda essa carne”, finaliza.

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio