Conecte-se com a gente!

E aí, o que você está procurando?

3ª Marcha da Visibilidade Trans acontece domingo, em Sorocaba

Em busca de direitos, respeito e evidência, acontece neste domingo (26) a 3ª Marcha da Visibilidade Trans em Sorocaba. O início da caminhada está programado para as 16h. Os participantes irão até o bairro do Campolim, zona Sul de Sorocaba.

A concentração será às 13h30 na Praça Frei Baraúna, e o percurso segue pela avenida Barão de Tatuí até a avenida Antônio Carlos Comitre, terminando o trajeto na Parque Carlos Alberto de Souza. A Secretaria de Cidadania (Secid), por meio da Coordenadoria de Políticas sobre Diversidade Sexual, dará o suporte ao evento, por meio da estrutura física.

A estrutura a ser disponibilizada aos participantes envolve banheiros químicos, água potável, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), limpeza do espaço, e profissionais da Urbes Trânsito e Transporte, para orientação do trânsito. A Secretaria de Saúde manterá no local especialistas para dar orientações, informações e testes sobre as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). A Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar, também estarão no evento, para garantir a segurança dos participantes da Marcha.

Continue lendo após o anúncio

“A Marcha Trans vem com a ideia de não ser mais uma parada LGBT+, e sim, uma marcha em busca dos nossos direitos e o respeito enquanto cidadãos e cidadãs”, informa Thara Wells, presidente da Associação de Transgêneros de Sorocaba, organizadora do evento, que está em sua 3ª edição e foi pioneira na criação de marchas desse contexto do Brasil.

Para Rogéria Fernandes, representante da Coordenadoria de Políticas sobre Diversidade Sexual, apesar da força dos estigmas e preconceitos, o principal objetivo desse movimento é tornar visível uma parcela da população que constroi e consolida sua identidade a partir das diferenças de gênero e sexualidade. “A realização da manifestação busca criar um espaço de diálogo e reflexão em torno dessas diferenças, além de promover e defender a garantia dos direitos das pessoas trans, o direito de ser, de existir e ser respeitada”, reforça Rogéria.

Continue lendo após o anúncio

Leia Também:

Faz parte de minha profissão visitar bares e restaurantes, o que, na maior parte das vezes, é um grande barato. Uma das minhas diversões...

Nos do grupo Sorocabanices, resolvemos criar um grupo de auto ajuda, onde os membros poderão postar fotos de pessoas e animais desaparecidos, documentos perdidos...

Um caso chocou o Brasil na última terça-feira (19). Uma mulher foi presa após agredir e raspar a cabeça da filha de 13 anos....

Uma forte chuva atingiu Ilha Comprida, litoral de SP, mais conhecida pelos sorocabanos como praia do “Oi”. Mais de 150 mulheres de Sorocaba que...

Anúncio