Mulher é multada em R$ 3 mil por maus-tratos à cão acorrentado em Sorocaba

*Imagem de Capa meramente ilustrativa

Uma mulher foi filmada na zona norte de Sorocaba espancando seu cachorro que estava acorrentado sem acesso à água

Uma mulher pagará uma multa de R$ 3 mil por deixar seu cachorro preso em uma corrente e sem acesso à água. A mesma foi filmada espancando seu cachorro acorrentado, e logo após o prendendo dentro da casinha o deixando com sede e fome. O vídeo em questão foi feito por um prestador de serviços que trabalhava no condomínio.

A Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema), por meio da Seção de Proteção e Bem-Estar Animal, informa que a referida tutora não foi presa, pois não houve flagrante de maus-tratos que justificasse a prisão, porém foi registrado boletim de ocorrência, que será encaminhado à Polícia Civil para prosseguimento das investigações.

A Polícia Ambiental e a Seção de Proteção e Bem-Estar Animal fizeram o resgate do animal, que está agora no Abrigo Municipal. Além disso, a Polícia Ambiental aplicou as sansões administrativas, baseadas na lei federal nº 9.605 de 1998, com multa no valor de R$ 3 mil.

O veterinário que acompanhou as equipes na fiscalização vai redigir o laudo, porém já adiantou que o animal não apresentava sinais físicos de maus-tratos. No momento da vistoria o animal estava preso em corrente e não conseguia acessar o pote de água, mas segundo a tutora ele foi preso dessa maneira para que as equipes pudessem realizar a vistoria.