Segue internado em Sorocaba o bebê que foi espancado; mãe e padrasto estão presos

A mãe do bebê de um aninho que foi espancado está presa em Votorantim e o padrasto no CDP de Sorocaba

Uma mulher de 21 anos e seu companheiro, de 30, foram presos em flagrante suspeitos de espancarem o filho dela, de uma no e quatro meses, em Salto (SP), e tiveram a prisão convertida para preventiva pela Justiça nesta quinta-feira (5). As informações são do G1.

Segundo a Polícia Civil, a mulher chegou a alegar ao Conselho Tutelar que o filho estava ferido porque se automutilava. Ela mudou a versão na delegacia e confirmou que as agressões foram causadas porque o bebê não parava de chorar.

O pai da criança, que costumava ficar com ele aos finais de semana, assinou um termo de responsabilidade até ser definida a guarda do paciente, que seria trasferido para um hospital de Sorocaba.

De acordo com a polícia, o bebê apresentava várias lesões pelo corpo, como coágulo na cabeça, corte profundo nos lábios e clavícula deslocada.