Confeiteira invade festa, destrói bolo e agride mulher após tomar calote em Sorocaba

Confeiteira invade festa, destrói bolo e agride mulher após tomar calote em Sorocaba

26/09/2020 Off Por SorocabaniceS

Imagem de capa meramente ilustrativa

A confeiteira que mora no Júlio de Mesquita, zona oeste de Sorocaba, tomou um calote de R$500, mas não deixou barato.

Uma confeiteira moradora do bairro Júlio de Mesquita, na zona oeste de Sorocaba, invadiu uma festa de aniversário no Wanel Ville nesta sexta-feira (26), após tomar um calote de R$500 da irmã da aniversariante.

Segundo a confeiteira, que não quis se identificar, a irmã da aniversariante teria encomendado doces, salgados e bolos pela internet, uma semana antes da festa que aconteceu nesta sexta-feira (26). A encomenda seria para ser entregue na parte da manhã do dia da festa, onde a cliente iria pagar pelo serviço da profissional.

Porém, ainda segundo a confeiteira, a cliente ligou e disse que passaria após o almoço para pegar os produtos e acertar as contas. A profissional concordou, pois tudo já estava pronto e era só retirar.

Por volta das 14 horas, a clientes chegou com um carro de aplicativo na casa da confeiteira, e pegou os produtos com a filha da profissional, pois ela estava no banho e não conseguiria atender no momento. A cliente então entrou no carro e foi embora sem pagar.

A profissional então questionou a filha de 13 anos sobre o dinheiro da encomenda, e a filha respondeu que a mulher disse que já havia transferido para a conta da mãe. Ela então ligou para a cliente para esclarecer o assunto, quando foi informada que a cliente tinha dado o dinheiro para filha dela.

A confeiteira, tinha certeza que a filha não havia recebido o dinheiro, pois segundo ela, a filha nunca mentiu em assuntos sérios. Então ela resolveu puxar nas câmeras de segurança do portão de sua casa. Ela comprovou que a cliente apenas pegou as encomendas e foi embora, sem dar o dinheiro para sua filha.

Revoltada, a profissional tentou ligar novamente para a cliente, mas não conseguiu, ela já não atendia suas ligações. Ela tentou fazer o contato por outro celular, porém dava somente caixa postal.

A confeiteira, que tem mais de um perfil nas redes sociais, começou a vasculhar o perfil da cliente e descobriu o local e o horário em que a festa aconteceria. E não deu outra! Ela foi tirar satisfação com a jovem.

Chegando no local, segundo ela, como quem não quer nada, a confeiteira logo avistou a cliente, e foi tirar satisfação. Na discussão, a cliente dizia que a filha da profissional estava mentindo, pois havia dado os R$500 a ela. Porém, a confeiteira já sabia da verdade, pois havia conferido nas imagens da câmera de segurança, e disse isso para a cliente, que tentou correr para rua.

Ainda segundo a profissional, ela conseguiu segurar a jovem e proferiu tapas contra ela, logo em seguida, ela destruiu o bolo que havia feito com tanto carinho. A aniversariante, irmã da cliente caloteira, foi tirar satisfação com a profissional que explicou o que estava acontecendo. A irmã da cliente, disse à confeiteira, que sua irmã teria dito que tudo sairia por R$800, e o dinheiro foi alcançado através de uma vaquinha entre a família para realizar a comemoração.

Ainda, antes de sair da festa, a irmã da cliente se propôs a pagar pelos produtos da confeiteira, pois segundo ela, sua irmã é usuária de drogas e sempre dá calote, inclusive na família. A confeiteira disse então que já não precisava receber, pois com a vergonha que a cliente havia passado no meio dos amigos, já estava pago.

Segundo a confeiteira, ela se desculpou com a dona da festa e com os convidados, cerca de 10 pessoas, e foi embora. Todos no local teriam entendido a atitude dela. Tentamos contato com a cliente e com sua irmã para elas passarem a versão delas sobre o fato, mas não fomos respondidos.