Home Notícias em Sorocaba Orgulho de Sorocaba; BOS comemora 41 anos de história

Orgulho de Sorocaba; BOS comemora 41 anos de história

0
Orgulho de Sorocaba; BOS comemora 41 anos de história

Instituição, que é hoje o maior centro de captação e transplantes de córneas da América Latina, comemora mais de quatro décadas de atividades, sempre visando o futuro.

Criado em 1979, o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS) é uma instituição filantrópica sem fins lucrativos, referência em captação e transplantes de córneas em toda a América Latina e um dos motivos de orgulho para a cidade e região.

Hoje, o BOS é uma marca que extrapola o significado do próprio nome. O grupo ao qual pertence reúne um conglomerado de instituições, reconhecido em todo o país e no exterior pelo desenvolvimento de diversas atividades nas áreas da saúde, pesquisa, ensino e meio ambiente, sendo acreditado e certificado internacionalmente como uma das melhores instituições do Brasil.

Tudo começou há mais de quatro décadas, quando um médico oftalmologista transplantador de córneas, da cidade de São Paulo (SP), propôs uma parceria para aumentar o número de doadores. Com a mobilização de alguns membros da sociedade, começou a captação dos tecidos no Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS). As córneas eram enviadas para serem transplantadas em hospitais da capital paulista.

Por ser um trabalho complexo e que exige uma série de cuidados e procedimentos, o grupo que deu início ao BOS decidiu encerrar as operações. Em 1984, o atual presidente, Sr. Pascoal Martinez Munhoz, chegava à instituição com a missão de dar fim ao projeto. No entanto, ao identificar o enorme potencial da iniciativa, passou a trabalhar para desenvolver e profissionalizar o BOS, que saiu do CHS e passou alguns anos instalado em uma pequena sala da funerária Ofebas, onde igualmente eram coletadas as doações.

Com o crescente número de captações, espalhou-se a notícia de que em Sorocaba havia muitas córneas e começaram a chegar pessoas vindas de diversas regiões do país, em busca de atendimento oftalmológico e transplantes. “Hoje, olhando para trás, tenho a certeza de que o crescimento do BOS estava nos planos de Deus. Tudo que fizemos nesse tempo todo de trabalho foi pensando no bem-estar e no melhor para as pessoas. Fizemos tudo isso com carinho e amor e o retorno que recebemos do trabalho realizado é muito positivo. Contribuir para que alguém possa voltar a enxergar é gratificante além do que se pode explicar. É por isso que sempre buscamos mais e oferecer o que existe de melhor para a população. Que essa linda história continue sendo contada por muitos e muitos anos”, destaca Pascoal Martinez Munhoz, presidente do grupo BOS.

Maior centro de captação e transplantes de córneas da América Latina

O BOS, desde o início de suas atividades, já captou quase 182.000 córneas, provenientes de mais de 90.000 doadores. Pré-pandemia, cerca de 1.000 córneas eram captadas mensalmente e processadas nos dois laboratórios do BOS, sendo um em Sorocaba e outro em São Paulo.

Inaugurada em 2007, a unidade do BOS na capital paulista foi criada com o objetivo de suprir a demanda por córneas na Grande São Paulo. O Banco de Olhos, com atividades de captação, avaliação, processamento, armazenamento e disponibilização de córneas, foi certificado na ISO 9001:2000 pela 1ª vez em fevereiro de 2007, por meio da empresa alemã BRTUV.

Líder em transplantes de córneas

Passam de 38.088 transplantes realizados no centro cirúrgico do Hospital Oftalmológico de Sorocaba (HOS), do grupo BOS. Lá, cerca de 200 médicos oftalmologistas e 50 otorrinolaringologistas integram a equipe responsável por realizar acima de 30.000 atendimentos por mês (pré-pandemia), sendo 70% por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). O alto número de cirurgias de transplante de córneas coloca o BOS como o maior transplantador da América Latina.

Contudo, esse cenário pujante está bem diferente neste momento de pandemia da COVID-19. Edil Vidal de Souza, superintendente do grupo, lamenta a situação de crise instaurada, devido às restrições impostas pelo Governo para captações e transplantes de córneas, desde o final de março deste ano. Ainda assim, ele aposta na determinação e resiliência características do DNA BOS para superar mais esse grande desafio. “Estamos vivendo uma crise de falta de córneas como nunca antes vista. Mas temos a fé, a determinação e a experiência de décadas de trabalho necessárias para reverter essa situação”, declara.

Mais informações podem ser obtidas pelo site: www.bos.org.br ou telefone: (15) 3212-7000. O Banco de Olhos de Sorocaba e o Hospital Oftalmológico de Sorocaba estão localizados na Praça Nabek Shiroma, 210, no Jardim Emília, em Sorocaba (SP).