Home Notícias em Sorocaba Gatos e cachorros estão sendo envenenados na zona oeste de Sorocaba

Gatos e cachorros estão sendo envenenados na zona oeste de Sorocaba

0
Gatos e cachorros estão sendo envenenados na zona oeste de Sorocaba
Imagem meramente ilustrativa – Créditos: Varginha Net

Crueldade, essa é a palavra para o que está acontecendo no bairro Wanel Ville e Julio de Mesquita, zona oeste de Sorocaba.

Gatos e cachorros estão sendo envenenados por criminosos crueis que dão salsicha ou outro tipo de alimento para os animais de rua e até para animais que se encontram em garagens de residencias.

Na última semana, o Portal Sorocabanices recebeu 5 denúncias de leitores que tiveram seus animais envenenados, todos eles nos bairros Wanel Ville e Júlio de Mesquita Filho, ambos na zona oeste de Sorocaba.

“Oi Sorocabanices, estão envenenando animais aqui no Júlio de Mesquita. Perdi meus dois cachorros, que morreram com a boca espumando e encontrei um pedaço de salsicha com chumbinho perto de um vaso de planta aqui na minha garagem. Outro vizinho também teve o gato morto por envenenamento no mesmo dia”; disse nossa seguidora Gabriella Souza, em uma das mensagens recebidas pelo nosso portal.

Casos também no bairro Wanel Ville

Uma internauta denunciou um caso de envenenamento nas redes sociais. Ela conta que seu cachorro morreu envenenado e pede a atenção de todos. Confira abaixo:

Imagem: Reprodução Facebook

Projeto que aumenta pena por maus-tratos aos animais foi aprovado no Senado

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) foi o relator da matéria
Marcos Oliveira/Agência Senado
Em sessão remota nesta quarta-feira (9), o Plenário do Senado aprovou projeto que aumenta as penas para maus-tratos a cães e gatos (PL 1.095/2019). O texto foi aprovado na Câmara no final do ano passado e segue agora para a sanção.

Pela proposta, a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação a cães e gatos será punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. Hoje, a pena é de detenção, de três meses a um ano, e multa — dentro do item que abrange todos os animais. O projeto altera a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605, de 1998) para criar um item específico para cães e gatos, que são os animais domésticos mais comuns e principais vítimas desse tipo de crime.

O deputado Fred Costa (Patriota-MG), autor da proposição, acompanhou a votação da sala da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen), de onde são transmitidas as sessões remotas do Senado. Para o deputado, o projeto responde a um problema concreto da sociedade brasileira, que tem se revoltado a cada caso de violência com os animais.