Funcionário de loja de shopping de Sorocaba diz que filmou 8 mulheres no provador

Funcionário de loja de shopping de Sorocaba diz que filmou 8 mulheres no provador

09/09/2020 Off Por SorocabaniceS

O funcionário contou a polícia que filmou 8 mulheres enquanto trocavam de roupas em loja de shopping em Sorocaba

A jovem Isabella Pacheco de 19 anos, moradora do Jd. Saira, abriu um boletim de ocorrência contra uma loja de roupas localizada dentro de um shopping em Sorocaba. Um funcionário do estabelecimento colocou o celular por debaixo da cortina para filma-la.

Isa conta que saiu para fazer compras com a família em um shopping de Sorocaba no último feriado, 07 de setembro, quando resolveu entrar em uma loja de roupas para comprar algumas peças.

Ao entrar no provador, ela percebeu que um funcionário da loja estava com o celular por debaixo da cortina. Ela avisou o pai, que chamou o gerente da loja e solicitou o celular do funcionário.

O gerente da loja, então disse que no aparelho não havia fotos ou vídeos. Neste momento, um rapaz que estava com a família, disse para o gerente verificar na nuvem. Ao entrar na lixeira da nuvem de fotos, segundo Isa, várias fotos e vídeos de diferentes mulheres estavam lá, inclusive o dela.

“Nunca me senti tão humilhada, um passeio que era para ser feliz se tornou um pesadelo”- nos contou Isa

A família então solicitou a Polícia Militar, mas segundo a vítima, nada foi feito em relação ao caso e ninguém foi encaminhado para a delegacia e o celular do jovem não foi apreendido. A família foi orientada a abrir um Boletim de Ocorrência na Delegacia da Mulher.

Isabelle gravou um vídeo em suas redes sociais para falar sobre o caso; assista:

Após a grande repercussão deste vídeo, o rapaz pediu demissão da loja. Ele prestou depoimento na Delegacia da Mulher nesta quarta-feira (09), e contou a polícia que já havia filmado 8 mulheres no provador enquanto elas trocavam de roupas. O celular do jovem foi apreendido e passará por perícia. Os policiais que foram ao local no dia do ocorrido e não apreenderam o celular do rapaz no momento da denuncia prestarão depoimento.

Em nota a loja Pernambucanas disse: “Lamentamos o ocorrido e repudiamos com veemência todo e qualquer ato de desrespeito e de ofensa à privacidade. A pessoa citada já não faz mais parte do quadro de colaboradores da empresa”