Notícias em Sorocaba

Pai bate em genro que traía e agredia sua filha na zona oeste de Sorocaba

Imagem meramente ilustrativa / Avenida Santa Cruz em Sorocaba – Google Maps

Um homem de 43 anos bateu com um pedaço de madeira no genro de 18 anos após ele agredir e trair sua filha de 16 anos no Central Parque, zona oeste de Sorocaba

O caso aconteceu neste domingo (19), no bairro Central Parque na zona oeste de Sorocaba. As informações foram passadas pela família da jovem e ao nosso portal.

O pai da garota, seu Ezequiel de 43 anos, saiu na tarde deste domingo para ir a uma farmácia comprar medicamentos para esposa, quando viu o genro aos beijos com uma outra jovem que não era sua filha, na Avenida Santa Cruz.

Sem entender, pois a filha já mora com o jovem há 4 meses, o pai ligou para a esposa e contou o que havia visto.

A esposa, mãe da jovem, ligou para a filha e perguntou se havia algo errado com o casal, sem dizer o que seu esposo havia contado.

A jovem então relatou a mãe que pela manhã, o namorado já estava drogado e tiveram uma discussão, pois ele não havia dormido em casa. A discussão ficou acalorada onde ele, (segundo a jovem), a agrediu com empurrões, a fazendo cair no chão e saiu dizendo que não voltaria para casa.

A mãe então ligou para o pai da garota, que contou o que a filha havia lhe dito. O pai, chegou em casa, pegou a esposa e foram buscar a jovem, que mora próximo ao parque Manchester. Segundo a família, os pais da jovem retiraram a garota do local com todas as roupas.

Após chegar com a filha em casa, o pai foi atrás do genro, e o jovem estava no mesmo local e com a mesma garota de minutos atrás.

Ao se aproximar, o pai pegou ripas de madeiras, de um estrado de cama que estava jogada no local, e começoy a discutir com o jovem, que partiu para cima do sogro. O sogro então começou a bater no jovem, que apanhou e ficou com as costas marcadas com as ripas de estrado. Durante a discussão, segundo a família, o jovem havia confessado que estava tendo um caso com moça que estava com ele a cerca de 20 dias. Ainda segundo a família, a moça que estava com o rapaz é casada e no momento da confusão saiu correndo.

Perguntado se a família iria abrir boletim de ocorrência por agressão contra a menor, a mãe da jovem nos disse que não pretende e que agora a filha está em segurança e não voltará mais com o ex. “Minha filha não foi feita para apanhar de vagabundo”; disse a mãe. A jovem passa bem.

Tentamos contato com a família do jovem que levou uma surra do genro, para ouvir sua versão, mas não tivemos retorno.

SorocabaniceS
the authorSorocabaniceS