Paciente com covid-19 transmite o vírus para até 6 pessoas diferentes em média

Paciente com covid-19 transmite o vírus para até 6 pessoas diferentes em média

12/07/2020 Off Por SorocabaniceS

Fatores como carga viral e tempo de exposição estariam associados e, em alguns casos, número de infectados pode ser muito mais alto

Uma pessoa com covid-19 infecta, em média, de 3 a 6 pessoas, segundo com o infectologista Carlos Fortaleza, da Sociedade Paulista de Infectologia (SPI). Em alguns casos, no entanto, o número de pessoas infectadas pode ser assustadoramente mais alto.

Em Washington, nos Estados Unidos, por exemplo, durante um ensaio de um coral, um homem transmitiu a doença para 53 das 61 pessoas que estavam no ambiente. De acordo com o médico, existem muitas teorias que explicariam o que aconteceu nesse caso.

“Alguns dizem que a pessoa tinha uma carga viral alta, outros acreditam que o fato de ela estar cantando possa ter lançado o vírus mais longe e o ambiente era fechado. Mas uma coisa é certa: quanto mais uma pessoa circula, e consequentemente, expõe outras pessoas, mais ela transmite o vírus”, afirma.

Para o especialista, o número de pessoas que um paciente pode infectar depende de diversos fatores, como a carga viral e o tempo de exposição. “Há pessoas que contraem o vírus e não têm carga viral suficiente para transmiti-lo. Outras têm uma carga viral baixa, e para transmitir o vírus, teriam que ter um contato mais prolongado com outras pessoas.”

Segundo Fortaleza, existem ainda aquelas que estariam menos suscetíveis a contrair o vírus. A explicação para tal ainda é um mistério para a ciência. “Não se sabe por que, por exemplo, em um ambiente com muitas pessoas igualmente próximas umas das outras, algumas se infectam e outras não. Certamente, além da carga viral e do tempo de exposição, deve haver outros fatores, como a genética, que explicariam isso.”

De acordo com o infectologista Alexandre Barbosa, chefe do departamento de Infectologia da Unesp (Universidade Estadual de São Paulo), a transmissão primária da covid-19 se dá por meio de gotículas respiratórias. “Por essa lógica, pessoas que conversaram com pacientes infectados a uma distância inferior a 2 metros de distância seriam as mais sujeitas a contrair o vírus.” Em segundo lugar, estariam aquelas que tiveram contato direto com alguém infectado, como um abraço ou um aperto de mão.

Barbosa afirma ainda que uma pessoa com covid-19 começa a transmitir o vírus com mais vigor a partir do sétimo dia da exposição. O período de incubação da doença, no entanto, pode variar de 1 a 14 dias, de acordo com a OMS (Organização da Saúde) – ou seja, o paciente pode transmitir o vírus até 14 antes do surgimento dos primeiros sintomas.