Notícias em Sorocaba

Para proteger da covid-19, Prefeitura de Sorocaba irá abrigar idosos em hotel

Secid abre credenciamento para hotéis abrigarem idosos vulneráveis; serão cinquenta vagas para os idosos que precisarem deixar suas casas com risco de contaminação pelo coronavírus

A Secid (Secretaria da Cidadania), através da Divisão de Gestão da SUAS (Sistema Único de Assistência Social), publicou no jornal do município na edição desta quinta-feira (25), o credenciamento para os hotéis de Sorocaba poderem abrigar idosos vulneráveis, que precisem se isolar durante a pandemia, mas a residência não possuí condições adequadas.

Nesse credenciamento serão 50 vagas contratadas por noventa dias, podendo ser prorrogado caso haja necessidade.

A Divisão de Gestão da SUAS fez uma pesquisa na rede hoteleira de Sorocaba, constatado que o valor da diária gira entre R$ 170,00 a R$ 295,00. Diante disso estabeleceu a média de R$ 200,00 a diária por pessoa no credenciamento.

Exigências

Para participar do credenciamento, as exigências mínimas são: portaria/recepção para atendimento e controle permanente de entrada e saída; guarda de bagagens e objetos de uso pessoal dos hóspedes; conservação, manutenção, arrumação e limpeza das áreas, instalações e equipamentos; condições adequadas de higiene e infraestrutura; acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida; Apartamento(s) adaptado(s) para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida; serviço de Governança, visando o atendimento às demandas apresentadas pelos hóspedes, preferencialmente em horário comercial; serviço de segurança 24 (vinte e quatro) horas por dia; gerador de emergência de energia elétrica, com partida automática ou manual, para manutenção de todos os serviços essenciais; restaurante(s) integrado(s) ao complexo do hotel, vedada a prestação de serviços em locais diversos; cozinha instalada nas dependências do hotel; serviço de camareira, com substituição de roupas de cama, a cada troca de hóspedes ou pelo menos a cada semana ou quando houver necessidade; rigoroso controle de acesso aos apartamentos, visando à segurança dos hóspedes; e refeições inclusas, sendo elas café da manhã, almoço e jantar.

Apartamentos

Já os apartamentos devem abrigar de uma a duas pessoas; dispor de acesso à Internet banda larga, por meio de sistema wi-fi; ter local apropriado para a guarda de roupas e objetos pessoais; ser equipado com aparelho de ar condicionado, cofre para guarda de valores e frigobar; ter linha telefônica para chamadas internas e externas (custo por conta do usuário); dispor de sistema de TV a cabo ou satélite; possuir sistema de fechadura privativa; e dispor de toalete privativo, equipado com ducha e lavatório aquecido.

Segundo a chefe da Divisão de Gestão do SUAS, Vivian Cancellara Picini, “dados cruzados entre Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde e Vigilância Socioassistencial da Secid, as 50 vagas já teriam ocupação quase que imediata, devido ao número de casos na cidade que acometem famílias mais vulneráveis com idosos na composição familiar”.

O secretário da Cidadania, Paulo Henrique Soranz, detalha que “o objetivo principal é promover o distanciamento social dos idosos mais vulneráveis ao contágio pelo novo coronavírus. Muitos deles não possuem local adequado para se isolar, quando alguém de sua família apresenta sintomas da Covid-19, pois muitos vivem em moradias pequenas e ou precárias, o que impossibilita o isolamento necessário para esta população que possui maior risco de agravamento se adquirir a doença”, concluiu.

Os hotéis interessados deverão entregar as propostas até o dia 2 de julho, através do e-mail dgsuas@sorocaba.sp.gov.br .

Já o edital completo com a lista da documentação necessária para o credenciamento pode ser acessado neste link clicando na edição número 2526 de 24 de junho de 2020.

SorocabaniceS
the authorSorocabaniceS