Brasil

Polícia encerra festa batizada de ‘Pandemia Fest’ com 39 pessoas

Segundo a SSP-BA, guarnições da PM e da prefeitura encontraram 39 pessoas de Salvador dentro de casa alugada em Vilas do Atlântico.

Uma festa batizada de “Pandemia Fest”, que era realizada em Vilas do Atlântico, bairro de classe alta de Lauro de Freitas, cidade da região metropolitana de Salvador, foi encerrada pela Polícia Militar e fiscais da prefeitura, na noite de terça-feira (2). A cidade atualmente tem toque de recolher das 20h às 5h, como medida contra a propagação do coronavírus.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a festa acontecia em uma casa alugada, na Rua de Tramandaí. Ao todo, 22 homens e 17 mulheres, moradores do subúrbio ferroviário de Salvador, participavam do evento, com som alto e uso de bebida alcoólica.

Com a chegada das equipes de fiscalização, o grupo consentiu com o encerramento da festa e deixou o local.

O major Everton Monteiro, comandante da 52ª Companhia independente de Polícia Militar (52ª CIPM), eles receberam denúncia sobre a festa e foram ao local. Ainda segundo o major, o dono do imóvel será notificado pela prefeitura.

Esta foi a quinta festa na cidade que precisou ser encerrada pela polícia, durante a pandemia do coronavírus. Em 3 de maio, mais de 100 pessoas foram flagradas em um evento realizado no bairro de Vida Nova.

Duas semanas depois, uma festa tipo “rave” foi encerrada pela polícia no bairro de Ipitanga. No local estavam aproximadamente 70 jovens.

No dia 24 de maio, uma festa com 35 pessoas, incluindo uma adolescente, foi encerrada pela polícia em Vilas do Atlântico. Um dia depois, também em Vilas do Atlântico, uma festa particular com 11 pessoas foi encerrada por policiais militares na rua Praia de Tambaú.

SorocabaniceS
the authorSorocabaniceS