Soldada da PM tira a vida de seu filho, e também a sua logo em seguida, a família conta que a soldada sofria de depressão

A PM de São Paulo está de luto, pelo ocorrido com a soldada Gabriele Soares Lima, efetivo da 2.ª Cia do 5BPMM.

Gabriele estava de folga em sua residência, no bairro Vila Medeiros, na Zona Norte de São Paulo, quando efetuou disparo contra a cabeça de seu bebê de apenas 9 meses, Murillo Soares Lima.

Logo em seguida, ela atentou contra sua própria vida. Os disparos chamaram a atenção dos vizinhos, sua tia que mora no andar de baixo, correu para ver o que estava acontecendo, mas já era tarde demais.

De acordo com informações de familiares, Gabriele, sofria uma profunda depressão que se agravou após o término do relacionamento.

A Policial foi encontrada já sem sinais vitais, deitada em sua cama com o filho nos braços.

Assista a reportagem: