Picolé quase todo mundo gosta. Coxinha também. Então como não pensaram antes em um picolé de coxinha? Pois é, mas essa ideia agora já saiu do papel graças a um professor de dança da cidade de Jaú, no interior de São Paulo.

Prestes a completar 18 anos, Maisa ganha emoji exclusivo do …
Como sua academia está fechada por causa da quarentena do coronavírus, Clayton Quintiliano foi obrigado a dar um jeito de conseguir uma grana extra. E foi aí que ele teve a ideia de recriar uma receita de família: o picolé de coxinha! As informações e as fotos são da página “Tem Coisas Que Só Acontecem Em Jaú-Sp”.

O quitute é frito e recheado de frango, como uma coxinha comum. Mas seu formato é o de um picolé, inclusive com o palito. Segundo a publicação, a produção do picolé é totalmente familiar, estão envolvidos no processo o Clayton e a sua esposa. Veja abaixo algumas fotos.