Adolescente contou o caso para a polícia

A jovem Leah Cordice, de 20 anos, foi condenada a 30 meses de prisão após se relacionar sexualmente e engravidar de um menino de 13 de quem cuidava em Windsor, na Inglaterra.

A babá e o adolescente teriam feito sexo em, pelo menos, cinco situações. O caso veio a tona em julho de 2018, após o rapaz revelar o caso para a polícia.

Em janeiro de 2017 Leah casou com seu então namorado e teve um filho. Após um exame de DNA, ficou comprovado que a criança é, na verdade, filha da vítima, que hoje tem 16 anos.

No julgamento, a defesa alegou que a jovem na época tinha apenas 17 anos e era imatura. A juíza afirmou que o rapaz hoje sofre com “inseguranças crônicas” devido ao trauma.

Leah foi classificada como agressora sexual e condenada a 30 meses de prisão. A criança foi levada para um abrigo.